O Verão é propício ao lazer, à degustação da gastronomia genuína, ao conhecimento das gentes, da história e do património, e a Diocese de Bragança-Miranda convida-o a uma visita pela região transmontana.

Em ano pastoral mariano sugerimos um roteiro pelo património religioso das Unidades Pastorais: Senhora do Amparo (Mirandela), Senhora da Assunção (Vila Flor) e Bartolomeu dos Mártires (Alfândega da Fé).

 

Senhora da Encarnação

Situada na zona nobre de Mirandela, a Igreja da Senhora da Encarnação (sécs. XVII e XX) destaca-se pela imponência da sua torre bem como pelo património que a envolve, nomeadamente o Palácio dos Távoras e uma estátua dedicada a S. João Paulo II. A vista sobre a cidade e o rio Tua são magníficas.

O culto é diário (18h00), excepto à 4.ª feira; domingo às 11h30.

 

Imaculado Coração de Maria

O Santuário dos Cerejais (1961), conhecido como “Fátima do Nordeste” e defensor da Mensagem de Fátima é procurado para turismo religioso e da natureza, nomeadamente por ocasião das amendoeiras em flor.

No seu interior existe uma imagem do Imaculado Coração de Maria concebida por José Ferreira Thedim (o escultor da imagem de N Sra de Fátima, venerada na capelinha das Aparições); vitrais de Luís Quico, e na Capela da Santidade repousam em arca-relicário as relíquias dos santos pastorinhos de Fátima, Francisco e Jacinta; de S. João Paulo II; do Beato Bartolomeu dos Mártires; da Beata Alexandrina de Balasar; de Santa Teresa de Calcutá e da Beata Maria do Divino Coração.

Tem merecido a visita de vários cardeais, bispos e inúmeros fiéis. Recentemente reconhecido como Santuário diocesano dispõe de alojamento local.

Culto dominical: 11h00 e 14h30.

 

Senhora da Assunção

De 6 a 15 de agosto, são muitos os devotos que sobem o monte de Vilas Boas (Vila Flor), para participar nas celebrações em honra da Senhora da Assunção, titular daquele que é o maior Santuário diocesano (séc. XIX).

Programa completo da romaria em: https://www.facebook.com/SantuarioNossaSenhoraDeAssuncao/

 

Bruno Luis Rodrigues
 

Partilhar:
Share