Bragança, 01 mar 2019 (Ecclesia) – O bispo de Bragança-Miranda visitou os colaboradores e os beneficiários de várias valências da Cáritas Diocesana, esta quinta-feira, acompanhado pelo presidente da Cáritas Portuguesa, num ano pastoral onde se destaca o acompanhamento às organizações sociocaritativas.

“Foi um dia muito rico de partilha de ações realizadas com tanta criatividade e dedicação. O esforço que está a ser feito no envolvimento das paróquias é a demonstração que a Cáritas de Bragança-Miranda está a cumprir a sua missão principal e a colaborar na dimensão missionária que está inerente ao ser Igreja em qualquer situação”, afirmou o presidente da Cáritas Portuguesa.

Uma nota enviada hoje à Agência ECCLESIA, da Cáritas Portuguesa, informa que o bispo de Bragança-Miranda esteve com todas as crianças que frequentam a creche e o pré- escolar, os idosos do centro de dia e de convívio, bem como famílias em situação de carência económica e social.

D. José Cordeiro, acrescenta a nota, a todos “transmitiu a sua inata alegria mais acentuada pela transformação positiva” que se está a operar na sua Cáritas Diocesana.

No encontro foi feita uma avaliação do trabalho da Cáritas Diocesana de Bragança-Miranda, que em números, apoia 76 crianças em creche e 79 em pré-escolar; 15 idosos no centro de dia e dez no centro de convívio.

A organização caritativa apoia ainda mais de quatro mil agregados familiares (4145) em “situação de pobreza absoluta atendidos ao longo de 2018”.

Da visita pastoral desta quinta-feira assinala-se também a reunião de D. José Cordeiro com a direção da instituição, presidida pelo padre José Bento, e os responsáveis dos diferentes serviços.

“Foi referenciada como muito profícua a cooperação que se está a desenvolver com as paróquias, apesar de ser ter que chegar ainda a muitas outras, e as parecerias estabelecida com a pastoral penitenciária e a das Migrações”, adianta o presidente da Cáritas Portuguesa que ficou “agradavelmente surpreendido” pelo convite para o dia inédito.

“Aceitei-o com enorme alegria, pois vi nele uma demonstração de dar relevância ao trabalho animado pela comunhão que potencia a peculiaridade de cada Cáritas”, salienta Eugénio Fonseca.

A celebração da Eucaristia, “preparada pelas crianças”, foi o centro do dia dedicado pelo bispo de Bragança aos colaboradores da Cáritas Diocesana e aos beneficiários desta organização.

CB/PR

Partilhar:
Share