Solidariedade dos portugueses permitiu recolher 2146 toneladas de alimentos

Foto: Lusa

Lisboa, 03 dez 2018 (Ecclesia) – O Banco Alimentar contra a Fome recolheu 2146 toneladas de alimentos, no âmbito da sua campanha solidária mais recente em todo o país, bens que vão beneficiar cerca de 400 mil pessoas em situação de carência comprovada.

Em declarações à Rádio Renascença, a presidente daquele organismo destacou “uma campanha muito bem-sucedida”, através da qual  “uma vez mais, os portugueses quiseram partilhar com quem têm mais carências”.

“É um gesto com sentido redobrado nesta altura natalícia. Há mais famílias em situações de sobre-endividamento e muitas pessoas deixaram de ter o subsídio de desemprego. Voltou-se a registar um acréscimo dos pedidos de apoio, de uma forma moderada”, frisou Isabel Jonet.

De acordo com o Banco Alimentar contra a Fome, os alimentos angariados entre sábado e domingo, em mais de dois mil supermercados em território nacional, com o apoio de cerca de 40 mil voluntários, vão ser canalizados através de 2600 instituições de solidariedade social.

Os números deste ano estão em linha com a quantidade de alimentos angariados em 2017, em que foram também doadas mais de 2 mil toneladas de alimentos.

O Banco Alimentar contra a Fome recorda que a campanha solidária prossegue até dia 9 de dezembro, através da internet, por intermédio do canal alimentestaideia.pt, ou com vales (Ajuda Vale) que estão disponíveis nos estabelecimentos comerciais espalhados pelo país.

JCP

Partilhar:
Share