Aveiro, 22 out 2021 (Ecclesia) – A Diocese de Aveiro inaugura hoje a exposição itinerária ‘Diálogos. Na beleza das obras contemplamos a beleza do criador’, pelas 17h00, na Casa da Cultura de Ílhavo, onde pode ser visitada até 4 de fevereiro de 2022.

“As obras selecionadas permitem compreender a temática que estrutura a exposição: A complexidade e interesse dos diálogos que se desenvolvem entre o artista e os materiais que utiliza para a criação de obras de arte, são fruto da criação de Deus”, lê-se na nota de imprensa da exposição enviada à Agência ECCLESIA.

A exposição ‘Diálogos. Na beleza das obras contemplamos a beleza do criador’ resulta de um trabalho conjunto das Dioceses de Aveiro, da Guarda, de Lamego e Viseu que partilham 50 peças de diversas tipologias artísticas, como a pintura, a escultura, a azulejaria e a ourivesaria, dos períodos medieval, moderno e contemporâneo, “provocando o cruzamento de diferentes propostas estilísticas e iconográficas”.

A exposição temporária interdiocesana é inaugurada esta sexta-feira, pelas 17h00, na Diocese de Aveiro, na Casa da Cultura de Ílhavo, e pode ser visitada até 4 de fevereiro de 2022; Depois de ter estado no Museu Diocesano de Lamego.

“A realização desta iniciativa em parceria das quatro dioceses ocasiona a ampliação do acesso à fruição dos bens culturais da Igreja, bem como a troca de experiências e o confronto de especificidades e identidades entre o património deste vasto território, no quadro de uma mesma Igreja”, acrescenta a nota.

As dioceses assinalam que a “a salvaguarda do património” está sempre associada estes projetos, promovida pelas intervenções de conservação e restauro das obras que vão ser expostas, uma oportunidade para “possibilitar a fruição a um público muito alargado de obras que na sua maioria não se encontram ao culto”, até outubro de 2022.

Depois de Aveiro, a Diocese de Viseu recebe esta mostra de 18 de fevereiro a 17 de junho do próximo ano, no Museu da Misericórdia, e os ‘Diálogos. Na beleza das obras contemplamos a beleza do criador’ terminam o périplo no Museu Diocesano da Guarda, entre 24 de junho e 18 de outubro de 2022.

CB/PR

 

Partilhar:
Share