D. António Moiteiro disponibilizou a zona social da Casa Diocesana em Albergaria-a-Velha

Aveiro, 26 mar 2022 (Ecclesia) – O bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, colocou à disposição dos “irmãos ucranianos” a zona social da Casa Diocesana de Nossa Senhora do Socorro, em Albergaria-a-Velha, aumentando o apoio da diocese aos refugiados da Ucrânia.

“Pretendendo assim colaborar no auxílio aos deslocados da guerra que vivem momentos de grande sofrimento e vulnerabilidade”, explica a Diocese de Aveiro, numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta ação, de colocar à disposição dos “irmãos ucranianos a zona social” da Casa Diocesana de Nossa Senhora do Socorro, em Albergaria-a-Velha, foi realizada por D. António Moiteiro em articulação com o Alto Comissariado para as Migrações (ACM).

A Diocese de Aveiro assinala que “participa” na organização de recolhas de alimentos, medicamentos e outros bens para ajudar as pessoas Ucrânia, “numa verdadeira resposta solidária e comprometida”, através das suas paróquias, movimentos, instituições de apoio social e iniciativas conjuntas com a sociedade civil.

O bispo de Aveiro confiou ao Secretariado Diocesano da Pastoral Sócio Caritativa a missão de realizar “ações transversais para melhor coordenar o esforço diocesano no apoio aos refugiados da Ucrânia”, onde se destacam as parcerias em grupos de trabalho, “com mais de uma dezena de entidades”, com a Cáritas diocesana e nacional, a Igreja Ortodoxa em Aveiro.

A Diocese de Aveiro assinala também no seu sítio online foi criada uma página web específica para partilhar informações úteis no contexto da solidariedade com a Ucrânia.

CB

Partilhar:
Share