D. António Moiteiro preside à Missa do Dia do Pai na igreja do Carmo

Foto: Vatican News

Aveiro, 19 mar 2020 (Ecclesia) – O bispo de Aveiro  pediu aos sacerdotes e fiéis da diocese que confiem hoje “à proteção de S. José os infetados pela Covid-19”.

“Celebramos a solenidade litúrgica de S. José, Patrono da Igreja e, perante os momentos dramáticos que estamos a viver, e sendo a confiança uma das dimensões mais profundas da fé, vamos confiar à proteção de S. José os infetados pela Covid-19 e implorar o seu patrocínio junto de Jesus e de Maria, sua esposa”, escreveu D. António Moiteiro aos “queridos sacerdotes e fiéis”.

Na carta enviada à Agência ECCLESIA, o bispo de Aveiro pede “a todos os sacerdotes” que celebrem hoje a Eucaristia, “sem participação de fiéis”, e tenham como “intenção a intercessão de S. José para o mundo, o país e a diocese”.

D. António Moiteiro preside esta tarde à Eucaristia, na igreja do Carmo, às 19h00, e aos domingos, às 10h00, na catedral, e as celebrações que vão ser transmitidas na página da Diocese de Aveiro na rede social Facebook.

Neste contexto, indica que vai fazer suas as palavras do Papa Francisco, no início do seu ministério há sete anos: “A vocação de guardião (de S. José) não diz respeito apenas a nós, cristãos, mas tem uma dimensão antecedente, que é simplesmente humana e diz respeito a todos”.

Desde a meia-noite que Portugal vive em Estado de emergência, como medida de prevenção do Covid-19, e, esta quarta-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS) informou que o número de infetados pelo novo coronavírus é de 642, com dois óbitos.

Para assinalar a solenidade litúrgica de S. José, a Comissão Episcopal do Laicado e Família (CELF), da Igreja Católica em Portugal, enviou uma mensagem a todos os pais convidando-os a “reinventar a convivência familiar”, face à realidade que se vive neste momento.

CB/OC

 

 

Partilhar:
Share