Padre Norberto Brum destaca desafio de «fazer com que os jovens participem» na Jornada Mundial da Juventude

Angra do Heroísmo, Açores, 24 set 2019 (Ecclesia) – O Comité Organizador Diocesano de Angra para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 2022, em Lisboa, vai reunir-se com os responsáveis juvenis de cada ilha açoriana.

“É um desafio assumido com esperança e coragem, mas com muita responsabilidade para fazer com que os jovens participem e seja um rosto físico da jornada na diocese com a responsabilidade de fazer aparecer um caminho para que toda a diocese se mobilize”, disse o padre Norberto Brum.

Segundo o sítio online diocesano ‘Igreja Açores’, o sacerdote pretende que cada paróquia eleja um delegado para participar numa jornada diocesana, onde vão refletir, debater e definir estratégias para dinamizar o período que antecede a JMJ, em abril de 2020, no Seminário de Angra.

“Será muito importante esse momento”, acrescentou o também responsável pela pastoral juvenil na diocese insular, revelando-se convencido que os jovens vão aderir.

O responsável pelo Comité Organizador Diocesano de Angra, para a Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2022, adiantou que o itinerário proposto pela organização passa pela possibilidade de todas as paróquias portuguesas participarem no encontro mundial.

Nos Açores, um trabalho de campo vai passar pelo levantamento de “tudo” o que se faz em termos de pastoral juvenil nas nove ilhas do arquipélago, divulga a diocese.

A próxima edição internacional da JMJ vai ter como tema ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’ (Lc 1, 39)”.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa São João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude, e realizam-se, anualmente, a nível local (diocesano) no Domingo de Ramos, alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos, numa grande cidade.

As edições internacionais destas jornadas promovidas pela Igreja Católica são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

CB/OC

Partilhar:
Share