A Irmã Célia Faria, Religiosa de Maria Imaculada, falou no programa ECCLESIA sobre a saída da congregação do Convento da Esperança e da importância de zelar pela imagem do Santo Cristo. 

As Religiosas de Maria Imaculada saem do Convento da Esperança no fim do mês de maio, onde estavam há mais de 60 anos, e despedem-se do Santo Cristo num ano sem festa, devido à pandemia Covid-19, “ficando um vazio”.

Partilhar:
Share