Agência ECCLESIA/MC – padre Vítor Feytor Pinto

A Igreja católica assinala hoje o Dia Mundial do Doente, uma condição que se quer transitória mas em que si, pode refundar vivências e olhares perante a vida. A maturidade e sabedoria de quem escutou e partilhou muito fizeram o padre Vítor Feytor Pinto viver os momentos de dificuldade com serenidade, apesar da dor e do sofrimento comum e natural ao ser humano, a paz vem da confiança e da certeza de se sentir nas mãos de Deus. Quase a completar 88 anos, o padre Vítor Feytor Pinto diz que tem dúvidas, mas a esperança que o céu o aguarde.

Partilhar:
Share