A Casa das Candeias, em Fátima, abre a porta ao programa Ecclesia para, com a irmã Ângela Coelho, encontrarmos a menina de sete anos que viu Nossa Senhora em 1917. Jacinta Marto, a menina alegre, que gostava de dançar, de jogar ao botão e às cartas, foi desde cedo sensível ao sofrimento dos outros, mesmo antes das Aparições.
Na semana em que se assinala o centenário da morte da Santa Jacinta, conversamos com a religiosa da Aliança de Santa Maria sobre a menina que, 100 anos depois, contagia outras crianças.

 

 

Partilhar:
Share