Decisão vem de encontro aos princípios defendidos pelos Bispos Portugueses na sua última Nota Pastoral Após um ano dedicado às pessoas com deficiência, 2004 será o Ano Europeu da Educação através do Desporto, tema a que não serão alheias as grandes realizações que terão lugar no Velho Continente: os Jogos Olímpicos de Atenas e o Europeu de Futebol em Portugal Os objectivos que se pretendem alcançar com esta decisão visam uma maior cooperação entre o mundo do desporto e da educação, com a afirmação do papel chave da actividade desportiva como momento de agregação e de integração social, como meio de luta contra a discriminação e como incentivo à mobilidade internacional dos jovens. A Conferência Episcopal Portuguesa antecipou-se a esta reflexão com a publicação da Nota Pastoral “O Desporto ao serviço da construção da pessoa e do encontro dos povos”, publicada por ocasião do Euro 2004, em que fala deste evento como “uma festa dos povos, um encontro de culturas, um ocasião propícia para afirmarmos a nossa vocação de país hospitaleiro, aberto à colaboração com outras nações, que acolhe, que dialoga e que partilha”. O texto, ressalta a importância do desporto na formação integral do homem e o potencial do futebol, em particular, como instrumento de encontro, tolerância e convivência entre “os vários povos e culturas”. No decorrer de 2004, as organizações educacionais e desportivas, públicas e privadas, serão estimuladas a uma maior cooperação e a utilizar os valores transmitidos pelo desporto (cooperação, solidariedade e tolerância). Notícias relacionadas • O Desporto ao serviço da construção da pessoa e do encontro dos povos

Partilhar:
Share