Encontros em Lisboa e Aveiro

Lisboa, 01 mai 2017 (Ecclesia) – A Juventude Operária Católica (JOC) realiza hoje dois encontros nacionais, em Aveiro e em Lisboa, sobre a forma como os estágios profissionais afetam a vida da juventude.

Esta realidade tem “ganho especial relevância na vida dos jovens, tornando-se cada vez mais uma imposição da sociedade na profissionalização dos jovens trabalhadores”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Segundo a organização, torna-se primordial “reduzir a pressão laboral sentida pelos jovens nos seus locais de trabalho, para que estes possam viver dignamente, construir os seus projetos de vida e cumprir a sua missão e serem felizes”.

“O que são os estágios profissionais?”; “Que benefícios e consequências negativas têm na vida dos jovens?” e “Conhecemos e conseguimos identificar casos concretos em que os estágios são abusivos e não cumprem a sua finalidade?” são algumas das questões que serão debatidas durante os dois encontros da JOC.

Os jovens participantes vão “através de algumas dinâmicas procurar encontrar à luz do Evangelho”, pistas de ação que possam “vir a transformar esta mesma realidade”, acrescenta a nota.

A Juventude Operária Católica tem em curso uma campanha nacional contra a pressão na vida dos jovens.

LFS

Partilhar:
Share