Quando:
29 Setembro, 2021@14:00_15:30
2021-09-29T14:00:00+01:00
2021-09-29T15:30:00+01:00

Foto DR

Lisboa, 27 Set 2021 (ECCLESIA) – A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (FAIS) vai organizar, dia 29 deste mês, entre as 14h00 e as 15h30, um webinar para aprofundar a questão dos Fulani na Nigéria

“Há mais de 20 anos que os pastores Fulani (principalmente muçulmanos) se mudaram do norte da Nigéria, deslocando agricultores na zona central do país (principalmente cristãos) das suas casas ancestrais”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A conferência é livre, mas requer um registo prévio e para aceder ao link ZOOM contacte por e-mail: press@acn-intl.org ou WhatsApp: +49 175 2399984

Segundo o programa, Mark von Riedemann, director de Advocacy e Relações Públicas da Fundação AIS e coordenador do Relatório 2021 sobre a Liberdade Religiosa no Mundo vai falar sobre a «Introdução sobre o conflito e a violência na Nigéria» e Wilfred C. Anagbe CMF, bispo Católico da Diocese de Makurdi, no estado de Benue, afetado diretamente pela crise humanitária e pelo conflito em curso – relatório sobre a situação em Makurdi, Gboko, Otukpo e Katsina Ala e Johan Viljoen, director do Denis Hurley Peace Institute da África do Sul, que procura aprofundar a questão da insurgência dos Fulani no sudeste da Nigéria para promover a paz, a democracia e a justiça vão falar sobre o «Relatório sobre a situação nos estados de benue e anambra», lê-se.

Esta violência atinge “quase todos os 36 estados da Nigéria”, testemunhados pela Igreja e “milhares de pessoas perderam a vida e os sobreviventes ficaram sem casas, desamparados e as crianças sem acesso à educação”.

O conflito que inclui questões relacionadas com “etnia, religião, cultura e terra, transformou-se numa espiral complexa de violência e morte”.

LFS

Partilhar:
Share