Quando:
13 Setembro, 2021 todo o dia
2021-09-13T00:00:00+01:00
2021-09-14T00:00:00+01:00

D. João Lavrador fala em «hora extremamente aliciante e exigente»

Foto: Lusa

Angra do Heroísmo, Açores, 29 jul 2021 (Ecclesia) – A Diocese de Angra vai refletir sobre a sinodalidade, nas jornadas teológico-pastorais 2021, que vão congregar sacerdotes e leigos, nos dias 13, 15 e 17 de setembro, em Angra, Madalena do Pico e Ponta Delgada, respetivamente.

“Dedicaremos as jornadas Teológico-Pastorais do início do ano à temática da sinodalidade na vida das comunidades cristãs a exigir uma refontalização pastoral”, explica o bispo de Angra, numa carta enviada aos sacerdotes.

Na missiva divulgada hoje pelo sítio ‘Igreja Açores’, D. João Lavrador afirma que “esta é uma hora extremamente aliciante e exigente”, que convoca para um “redobrado esforço de fidelidade a Jesus Cristo e de escuta evangélica do mundo”.

Como orador foi convidado o padre Sérgio Leal, da Diocese do Porto, que está a concluir o doutoramento em Teologia Pastoral com o tema da sinodalidade.

Os encontros para os leigos vão realizar-se nos mesmos dias, num horário diferente, de acordo com as condições possíveis face à realidade sanitária da região.

As jornadas teológico-pastorais marcam o início das atividades do novo ano na Diocese de Angra, a partir de setembro, e nesta ocasião vai ser também apresentado o plano pastoral.

A Diocese de Angra está a realizar uma “caminhada sinodal” há dois anos, depois de um primeiro ano dedicado a analisar a situação concreta do arquipélago “em termos económicos e sociais”, de avaliar a cultura e a inserção da Igreja na sociedade açoriana.

Neste ano pastoral centrou a sua atenção nas comunidades eclesiais, “interrogando-se sobre o perfil do presbítero” e sobre os desafios que se colocam à Igreja “para a missão e para uma melhor evangelização”, recorda o sítio online ‘Igreja Açores’.

A nível mundial, a Igreja Católica está a mobilizar-se para preparar o Sínodo dos Bispos, de 2023, que tem como título ‘Por uma Igreja Sinodal: comunhão, participação e missão’.

A abertura do percurso do Sínodo de 2023 acontece no Vaticano, sob a presidência do Papa, nos próximos dias 9 e 10 de outubro, e em cada diocese católica, a 17 de outubro, sob a presidência do respetivo bispo.

Estas celebrações dão início à “fase consultiva” da 16ª assembleia geral do Sínodo dos Bispos, a partir de um documento preparatório, um questionário e um vademécum com propostas de consulta em cada diocese.

CB/OC

Partilhar:
Share