Quando:
1 Novembro, 2020_2 Novembro, 2020 todo o dia
2020-11-01T00:00:00+00:00
2020-11-03T00:00:00+00:00

Viseu, 09 Out 2020 (Ecclesia) – O Bispo de Viseu, D. António Luciano dos Santos, escreveu uma nota pastoral sobre a comemoração de Fiéis Defuntos na diocese onde convida as pessoas a rezar em sufrágio dos defuntos “participando na celebração da Eucaristia, na visita ao cemitério de forma privada, respeitando sempre as medidas profiláticas de saúde pública”.

O documento intitulado «Viver a Esperança na Vida Eterna» realça que com o aproximar dos dias 1 e 2 de novembro em que “muitas pessoas se deslocam aos cemitérios, especialmente durante as romagens e as celebrações de sufrágio dos fiéis defuntos, havemos por bem olhar para a comunidade com o bom senso pastoral, a virtude da prudência e da caridade”.

A Liturgia da Comemoração de Fiéis Defuntos, que tem “grande manifestação cristã na vida dos fiéis e da Igreja”, este ano em contexto de Pandemia de Covid-19 e vivendo em situação de contingência, “tendo presente as orientações sanitárias e das autoridades de saúde pública local, que não permitem ajuntamentos públicos com número elevado de pessoas”, convidam “a cumprir a lei tendo presente as Orientações da Direção Geral de Saúde e as Orientações Pastorais para a Diocese de Viseu”, realça.

D. António Luciano escreve que não estão autorizadas “procissões ou romagens aos cemitérios” e a “celebração da Eucaristia na Capela do Cemitério ou qualquer outra celebração comunitária de fé está proibida”.

O bispo de Viseu pede também aos padres para aproveitarem as homilias para “apresentar o verdadeiro valor e sentido da vida, o chamamento de todos à santidade, a beleza da vida eterna, a importância da oração de sufrágio pelos fiéis defuntos, o sentido pleno da morte, procurando educar e formar as pessoas e os cristãos para o verdadeiro sentido das exéquias, ajudando também os fiéis a fazerem de modo sadio e cristão o luto”.

LFS

Partilhar:
Share