Quando:
28 Dezembro, 2021_2 Janeiro, 2022 todo o dia
2021-12-28T00:00:00+00:00
2022-01-03T00:00:00+00:00

Comunidade anunciou encontro de final de ano, em formato online, e celebração presencial em Turim, adiada para julho de 2022

Taizé, França, 27 dez 2021 (Ecclesia) – Os monges de Taizé vão dinamizar o Encontro Europeu de Jovens em duas etapas, por causa da pandemia, com celebração online, a partir de terça-feira, desde Turim, e participação presencial na cidade italiana, em julho de 2022.

“Com as novas restrições ligadas à evolução da pandemia, infelizmente não será possível viver o Encontro Europeu em Turim como tínhamos imaginado”, lê-se no sítio online da comunidade ecuménica.

Os monges lamentam “não poder acolher” em Turim quem já tinha organizado a sua viagem para o no final deste ano, e agradecem às Igrejas e aos habitantes da cidade italiana “todos os esforços nos últimos meses”.

De 28 de dezembro a 1 de janeiro de 2022 vai ser realizado um encontro online, com as transmissões a serem realizadas desde Turim, “com alguns irmãos e jovens da região”, e podem ser acompanhadas no canal da comunidade no Youtube.

O encontro online começa com a oração da noite, a partir das 20h30 (menos uma em Lisboa).

Segundo o programa em todas as manhãs há introdução bíblica e durante a tarde ateliês temáticos transmitidos em direto da cidade italiana: ‘«Era estrangeiro e acolheste-me»: ser solidários com o mundo dos migrantes’ (15h15) e ‘Agir juntos para cuidar da nossa casa comum’ (17h30).

Depois, o Encontro Europeu de Taizé, “excecionalmente”, vai ter uma segunda etapa no verão de 2022, de 7 a 10 de julho.

A comunidade ecuménica adianta que as Igrejas de Turim convidam os jovens europeus a participarem na “nova etapa da Peregrinação de Confiança através da Terra”.

“Os participantes serão acolhidos pelas famílias e paróquias da região e vão reunir-se para orações, tempos de partilha e ateliês temáticos”, explicam, salientando que vai ser possível visitar o Santo Sudário.

O encontro europeu de Taizé em Turim, o sétimo promovido pela comunidade ecuménica na Itália, já tinha sido adiado por um ano, por causa da pandemia Covid-19; Ia ter lugar no final de 2020 e início deste ano.

O encontro anual faz parte da ‘Peregrinação de Confiança através da Terra’, promovida pelos monges há mais de 40 anos, e conta com momentos de oração nas paróquias da cidade de acolhimento e reflexão em temas como o diálogo entre povos, a paz, a fé e o compromisso social.

No seu sítio online, a comunidade, a cerca de 360 quilómetros de Paris, congrega uma centena de monges, de várias Igrejas cristãs e de mais de 30 países, já divulgou as datas para diversos encontros em Taizé em 2022.

Foi fundada a 20 de agosto de 1940, por Roger Schutz, pastor protestante suíço, e começou por acolher perseguidos políticos, judeus e mais tarde prisioneiros alemães.

CB/OC

Partilhar:
Share