Lisboa, 06 jul 2020 (Ecclesia) – O cardeal português D. José Tolentino de Mendonça, arquivista e bibliotecário do Vaticano, e o primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Jorge Bom Jesus, são duas das personalidades homenageadas no Dia Nacional do Mutualismo, que se celebra a 8 de julho.

A sessão evocativa, organizada pela União das Mutualidades Portuguesas (UMP), vai decorrer pelas 10h00, em sistema de videoconferência, com transmissão no canal de YouTube ‘Mutualidades Portuguesas’.

O cardeal madeirense vai ser distinguido pela União das Mutualidades Portuguesas com o Prémio Mutualismo e Solidariedade Internacional.

“É uma personalidade incontornável do nosso tempo, um pensador extraordinário, um verdadeiro humanista, que preza o heroísmo das vidas simples, que sabe escutar e fazer pontes”, considera o presidente da UMP, Luís Alberto Silva, em comunicado enviado hoje à Agência Ecclesia.

O responsável destaca que D. José Tolentino Mendonça “é uma voz portuguesa admirada e respeitada no mundo, que representa valores fundamentais do Mutualismo como a solidariedade, igualdade, cidadania e a inclusão”.

A UMP vai distinguir ainda, com o Prémio Mutualismo e Solidariedade, o primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Jorge Bom Jesus, que “encara o modelo mutualista português como uma fonte de inspiração para o desenvolvimento económico e social do país”.

O Prémio Cidadania e Solidariedade será atribuído a Joaquim Pinto Moreira, presidente da Câmara Municipal de Espinho.

OC

Partilhar:
Share