Foto DR – Sé de Setúbal

Setúbal, 19 Jun 2020 (ECCLESIA) – O Bispo de Setúbal, D. José Ornelas, anunciou, hoje, em carta enviada aos padres, que a Missa Crismal, que não se realizou na Quinta-feira Santa devido à pandemia, terá lugar no dia 16 de julho, às 10h30, na Sé, no 45.º aniversário da criação da diocese.

Nessa ocasião vão ser celebrados também os jubileus sacerdotais do padre José Gomes Lopes Gusmão (50 anos) e do padre José Manuel de Morais Salgueiro Teixeira de Abreu (25 anos) e na celebração estarão apenas presentes os presbíteros e diáconos, podendo se fazer acompanhar por um paroquiano, preferencialmente um jovem, lê-se no site da Diocese de Setúbal

Na carta enviada aos presbíteros e diáconos, no Dia de Oração pela Santificação do Clero, o Bispo de Setúbal renova o seu compromisso apostólico com a Igreja diocesana, evocando os antecessores D. Manuel Martins e D. Gilberto Canavarro dos Reis.

Na primeira mensagem dirigida ao clero depois da eleição como presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. José Ornelas salienta que o serviço da presidência “não entra em concorrência com o serviço da Igreja de Setúbal, embora requeira um ajustamento de tempos e agendas”.

“É sendo Bispo de Setúbal, a partir daqui e com a vossa colaboração e oração, que poderei desempenhar com coerência o serviço que me é pedido entre os bispos das Igrejas irmãs em Portugal”, acrescenta.

LFS

Partilhar:
Share