Cidade do Vaticano, 20 mai 2019 (Ecclesia) – A equipa de futebol feminino do Vaticano estreia-se a 26 deste mês num jogo amigável contra a equipa da Roma (Itália).

A equipa é dirigida por Susan Volpini, secretária da Associação «Donne in Vaticano» e treinada por Gianfranco Guadagnoli, e 60% das jogadoras são funcionárias do Vaticano, ou esposas e filhas de funcionários, lê-se no portal de notícias VaticanNews.

Com camisola amarela e calção branco, as jogadoras têm apenas experiência amadora neste desporto o que as obriga a “intensos treinos antes de entrar em campo”, realça.

O torneio de futebol masculino no Vaticano “realiza-se há 47 anos” e o impulsionador da equipa feminina, Danilo Zennari (trabalha no Vaticano há 22 anos) refere que desde essa época o “número de funcionárias mulheres mais do que duplicou”.

No ano passado, por ocasião da Festa para a Família, foi organizada a primeira partida de futebol feminino e “foi um sucesso”, explica Danilo Zennari.

O papel do desporto é o “de romper estereótipos e demonstrar exatamente o oposto do que as pessoas costumam pensar”, afirma.

A equipa do Vaticano já foi convidada por uma equipa austríaca que este ano celebra os seus 25 anos de atividade e vai participar num torneio em Viena e pela primeira vez sairá dos muros do Vaticano.

LFS

Partilhar:
Share