DR

Lisboa, 29 jul 2019 (Ecclesia) – O livro «Igreja da Sagrada Família de Paço de Arcos: 50 anos de arquitetura religiosa moderna (1959-2019)», sob coordenação do arquiteto João Alves da Cunha, vai ser lançado no dia 24 de Agosto.

O lançamento vai decorrer na igreja de Paço de Arcos, em Oeiras, às 16h00, numa altura em que se assinalam os 50 anos da criação da paróquia.

Um comunicado enviado à Agência ECCLESIA dá conta que a publicação se trata da primeira de três monografias propostas sobre as três igrejas modernas de referência, a igreja de Paço d’Arcos, e as igrejas lisboetas do Sagrado Coração de Jesus (arquitetos Nuno Teotónio Pereira e Nuno Portas, 1970) e S. Jorge de Arroios (arquitetos Alzina Menezes e Erich Corsépius, 1972), construídas no contexto do Movimento de Renovação da Arte Religiosa (MRAR).

“Este movimento, fundado em 1953, juntou arquitetos, artistas plásticos e historiadores como Nuno Teotónio Pereira, João de Almeida, Nuno Portas, Diogo Lino Pimentel, Luiz Cunha, Madalena Cabral, Maria José de Mendonça, António Freitas Leal, Manuel Cargaleiro, José Escada, Eduardo Nery e Vitorino Nemésio”, pode ler-se.

A par da explicação histórica e “do contexto do edifício”, a publicação vai apresentar “um registo fotográfico contemporâneo produzido especificamente para esta iniciativa” reunindo “material inédito” do arquivo pessoal do arquiteto João de Almeida, bem como “do arquivo do Secretariado das Novas Igrejas do Patriarcado, do arquivo da Paróquia de Paço d’Arcos e do Arquivo da Câmara Municipal de Oeiras”.

A obra vai apresentar um “breve resumo na língua inglesa”, indica o comunicado.

LS

Partilhar:
Share