Quando:
23 Abril, 2022 todo o dia
2022-04-23T00:00:00+01:00
2022-04-24T00:00:00+01:00

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Partilhar:
Share