Lisboa, 16 Out 2020 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja vai lançar, este domingo, uma plataforma virtual de comunicação, “dinâmica e acessível”, que vai ser dedicada, nesta primeira edição, ao tema do “património deslocado”.

A sua divulgação ocorre no Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja (18 de outubro) e a plataforma foi concebida “para encurtar distâncias, num tempo em que as actividades presenciais são limitadas”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

“«Património(s) Partilhado(s)» é uma iniciativa do Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja que tem por objetivo a partilha em rede de acervos de arte cristã, em contexto eclesial ou não, à guarda das mais diversas instituições”, refere a nota.

Neste momento, já aderiram à iniciativa: Patriarcado de Lisboa; Diocese de Beja; Diocese da Guarda; Diocese de Bragança-Miranda; Seminário Maior de Coimbra; Mosteiro de São Vicente de Fora; Consolata Museu | Fátima; Igreja e Torre dos Clérigos; Museu da Misericórdia do Porto; Rota do Românico; Museu Municipal de Faro; Museu Monográfico de Conímbriga; Museu Nacional de Machado de Castro; Museu Nacional Grão Vasco; Mosteiro de Santa Maria da Vitória – Batalha; Diocese de Angra e Museu da Polícia Judiciária.

LFS

Partilhar:
Share