Lisboa, 22 Jan 2020 (Ecclesia) – A Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Lisboa, vai acolher, dia 01 de fevereiro, a V Jornada de Liturgia, Arte e Arquitetura que tem como tema «Pensar a igreja. Projetar igrejas».

Após a sessão de abertura, marcada para as 09h45, com D. Manuel Clemente e João Luís Marques, dá-se início ao painel «Contextos», centrado no “Pensar a Igreja”, com quatro reflexões: Cónego António Janela, Helena Valentim, António Marujo e Hugo Casanova, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O painel «Formas» apresentará durante a parte da tarde o tema “Projetar Igrejas”, a partir da obra dos arquitetos Diogo Lino Pimentel, António Freitas Leal, António Flores Ribeiro e Luiz Cunha, de” grande relevância na arquitetura religiosa em Portugal”.

As intervenções vão estar a cargo de colaboradores e amigos dos quatro arquitetos.

A jornada é promovida por um grupo informal e voluntário de arquitetos, o «Átrio» que se dedica “à partilha, estudo e discussão da arquitetura, arte e liturgia”, lê-se

A organização propõe ainda, no dia 31 de janeiro, às 21h00, um programa complementar dedicado à apresentação do filme «A Espessura da Luz», sobre a Igreja de Olivais-Sul, na própria Igreja de Olivais Sul,

No dia 02 de fevereiro faz-se a apresentação do Livro «Nuno Portas: 18 Obras Partilhadas», às 16h30, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, ela própria um projeto de Nuno Portas e Nuno Teotónio Pereira.

A organização da Jornada conta com a colaboração do Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa (CEHR-UCP) e do Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo da Faculdade de Arquitectura do Porto (CEAU-FAUP) e ainda com o apoio da Comissão Nacional Portuguesa do ICOMOS, PRERICO, Escola Artística António Arroio e Ordem dos Arquitectos.

LFS

Partilhar:
Share