Lisboa, 03 mar  2021 (Ecclesia) – A primeira iniciativa de 2021 promovida pela «Economia de Francisco Portugal» vai decorrer entre hoje e 5 de maio e o valor das inscrições reverte para a Unidade de Cuidados Paliativos da Fundação Franciscana Domus Fraternitas, em Braga.

O curso «A Economia de Francisco: o Santo, o Papa e Nós» tem como objetivo aprofundar este modelo de economia e as sessões realizam-se, através da plataforma Zoom, entre as 21h15 e as 22h45, semanalmente, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A vida e o pensamento de São Francisco de Assis (1º módulo); o pensamento social da Igreja, com destaque para as últimas encíclicas do Papa Francisco (2º módulo) e testemunhos de quem já vive este caminho de trabalhar pelo bem comum: organizações, empresas, famílias e indivíduos (3º módulo) são os pilares deste curso.

O primeiro módulo realiza-se em duas sessões (03 e 10 de março) onde o padre franciscano Hermínio Araújo dá a conhecer São Francisco e os seus escritos.

Margarida Alvim (17 de março) fala sobre a encíclica «Laudato Si»; o sacerdote jesuíta José Frazão (24 de março) reflete sobre o documento do Papa Francisco «Fratelli Tutti» e o chefe de redação da Agência ECCLESIA, Octávio Carmo, faz, no dia 07 de abril, uma síntese do pensamento social cristão.

O terceiro módulo (14 de abril a 05 de maio) conta com intervenções de participantes da «Economia de Francisco» que testemunham sobre “Da teoria à prática: O que já está a ser feito?”.

O curso tem um custo de 15 euros e de 7,5 euros para estudantes e pessoas em situação de desemprego.

O valor reverte para a Unidade de Cuidados Paliativos da Fundação Franciscana Domus Fraternitas, em Braga.

As inscrições estão abertas até dia 3 de março através deste formulário.

LFS

Partilhar:
Share