Contingente luso vai ter um restaurante português e «cozinhar pratos típicos»

Foto 2019wsj

Lisboa, 18 jul 2019 (Ecclesia) – O Corpo Nacional de Escutas (CNE) informa que 784 portugueses vão participar no 24.º Acampamento Mundial do Escuteiros – World Scout Jamboree -, entre 22 de julho e 2 de agosto, na Virgína Ocidental, Estados Unidos da América.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o CNE destaca que o contingente de Portugal vai, “pela primeira vez, ter um restaurante” onde, todos os dias, “uma equipa de voluntários vai cozinhar pratos típicos”.

Os 784 jovens e adultos da Federação Escutista de Portugal – Corpo Nacional de Escutas e pela Associação de Escoteiros de Portugal – vão viajar nos próximos dias para acampar “num dos maiores centros escutistas mundiais”.

A temática em destaque neste encontro mundial “é a sustentabilidade” e o Summit Bechtel Reserve, no Estado da Virgínia Ocidental, nos EUA, vai receber “ao todo 45 mil escuteiros”.

Um dos “pontos altos” do programa é o Dia das Culturas que é “dedicado à partilha e troca cultural” entre os participantes de 150 países.

Entre 22 de julho e 2 de agosto, os escuteiros católicos vão participar em oficinas e “explorar atividades” como skate, BTT, arborismo, mergulho, trilhos pedestres, slide, entre outras atividades físicas.

“Ao mesmo tempo, o Jamboree Mundial vai contar com o tradicional espaço de Fé e Crenças, onde os jovens podem crescer em tolerância”, acrescenta o CNE.

Este acampamento mundial, que se realiza de quatro em quatro anos, é uma “oportunidade única” para jovens, entre os 14 e os 18 anos, “explorarem novos horizontes e desenvolverem-se física e intelectualmente”.

Os participantes de todo o mundo celebram “o ideal de B-P” (Baden Powel) vivendo “o espírito escutista da fraternidade mundial”.

Neste contexto, o CNE realça que durante vários dias os escuteiros vão viver “aventuras inesquecíveis, constroem amizades e fazem pontes para o futuro, na construção de um mundo melhor”.

O Corpo Nacional de Escutas – Escutismo Católico Português, foi fundado em 27 de maio de 1923, e é a maior associação de juventude em Portugal, com cerca de 72 mil Escuteiros, distribuídos por cerca de 1030 Agrupamentos, em todas as regiões do país.

A associação de educação não-formal tem como finalidade “a formação integral de crianças e jovens de ambos os géneros” tornando-os em cidadãos ativos, “sempre com o apoio de voluntários e à luz do Evangelho de Jesus Cristo e segundo a doutrina da Igreja Católica Romana que a associação professa, assume e difunde”.

CB

Partilhar:
Share