Lisboa, 15 mar 2019 (Ecclesia) – Para comemorar os 500 anos da “Igreja dos Italianos” de Lisboa (Igreja do Loreto), a exposição itinerante «Tecer a Esperança» vai estar patente ao público, de 16 de março a 19 de maio deste ano, no Museu de São Roque, em Lisboa.

Esta edição consagrada a Nossa Senhora de Loreto (a quem é dedicada a igreja fundada por mercadores italianos em 1518) é organizada pela Superintendência de Arqueologia, Belas Artes e Paisagem para as províncias de Frosinone, Latina e Rieti (Itália), em colaboração com o Parque Arqueológico do Coliseu (Itália), a Embaixada de Itália em Lisboa, o Instituto Italiano de Cultura de Lisboa e a Santa Casa da Misericórdia, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta exposição tem “vindo a apresentar, desde há cerca de dois anos, algumas criações artístico-artesanais de extraordinária execução destinadas a vestir as imagens de madeira presentes nos altares de várias igrejas italianas”.

“Trata-se de vestes que vão mudando de acordo com o calendário litúrgico e que assumem um aspeto ainda mais rico e magnífico por ocasião de certas datas e festividades, quando as imagens são levadas em procissão pelas ruas das aldeias”, sublinha o comunicado.

O título da exposição «Tecer a Esperança», quase idealmente, evoca a ideia de “tecer”, de “entrelaçar”, e também a de “esperança”, fundindo-as como que numa unidade espiritual e imaterial.

LFS

Partilhar:
Share