Guarda, 03 mai 2021 (Ecclesia) – A Festa do Senhor da Santa Cruz, em Aldeia do Bispo (Diocese da Guarda), que se celebra no primeiro domingo do mês de maio, teve “bastantes limitações”, mas as famílias daquela localidade colocaram “mais de 50 cruzes” naquela capela que a embelezam neste mês.

“No âmbito da dinâmica da Cruz, com a colaboração dos paroquianos, em espírito de oração, somos presenteados com mais de 50 cruzes de diferentes tamanhos, materiais e cores que embelezam, durante o mês de maio, a Capela da Santa Cruz”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Neste domingo, e pelo segundo ano consecutivo, os paroquianos celebraram a festa secular em louvor do Senhor da Santa Cruz com bastantes limitações, por causa da pandemia, apesar da atual fase de desconfinamento.

A missa foi presidida pelo Bispo da Guarda, D. Manuel da Rocha Felício, e foi transmitida em direto pela Rádio F, a que aderiram, para retransmissão em rede, outras rádio locais.

No programa ficou também, marcada para a Capela do Senhor da Santa Cruz, às 11h30 horas a missa dominical, no dia 30 de Maio, para encerrar a festa do ano corrente, com a esperança de se retomar a Festa e Romaria tradicional.

A exposição de cruzes feitas pelas pessoas de Aldeia do Bispo, no interior da Capela da Santa Cruz, pode ser visitada no domingo, dia 02 de maio, das 09h00 às 13h00 horas e das 16h00 às 19h00 horas.

A festa do Senhor da Santa Cruz é uma tradição secular em Aldeia do Bispo, remontando o primeiro registo a 1690.

“É a festa das merendas, da devoção, das procissões, das arrematações e também dos bailaricos populares”, lê-se na nota

Esta romaria de Aldeia do Bispo alarga-se às povoações vizinhas e à própria cidade da Guarda que, antigamente, comemorava o feriado municipal a 03 de maio, dia do Senhor da Santa Cruz.

LFS

Partilhar:
Share