Celebrações comunitárias estão de volta a partir de 30 de maio

 

Fátima, 26 mai 2020 (ECCLESIA) –O reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, lançou hoje um convite aos peregrinos, através de uma mensagem em vídeo, para que regressem à Cova da Iria, no recomeço das cerimónias com a presença de fiéis.

As celebrações com peregrinos estão de volta a partir deste sábado e vão ser repartidas entre a Basílica da Santíssima Trindade e o recinto de oração.

O padre Carlos Cabecinhas fala do regresso das celebrações comunitárias ao Santuário e de “um tempo novo”, que deve ser vivido com segurança e responsabilidade.

“Será necessário respeitar procedimentos e observar o recomendável distanciamento físico mesmo no recinto”, alerta o responsável, lembrando o uso obrigatório de máscara nos espaços fechados.

O Santuário de Fátima quer “garantir a participação do maior número de peregrinos em perfeitas condições de segurança e respeito pelas regras de desconfinamento”, refere um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

Este santuário mariano vai concentrar na Basílica da Santíssima Trindade a maioria das celebrações eucarísticas do programa oficial, de segunda a domingo, à exceção da Missa das 11h00 que, até 26 de outubro, vai ser sempre celebrada no recinto de oração

A transferência das principais celebrações do programa oficial para a Basílica da Santíssima Trindade e para o recinto de oração “obedeceu a um critério de responsabilidade, que o Santuário tem vindo a adotar neste contexto de pandemia”.

As celebrações na Capelinha das Aparições também serão retomadas.

Para esta reabertura gradual, o Santuário de Fátima definiu estritas medidas de prevenção do contágio da Covid-19, com indicações e recomendações relativas à higienização dos espaços, higiene pessoal, etiqueta respiratória, distanciamento físico, monitorização dos sintomas e proteção individual, junto dos seus colaboradores e nos diversos espaços informativos ao peregrino de que dispõe.

Dentro dos espaços fechados é obrigatório o uso de máscara e a prévia higienização das mãos.

Nestes espaços, e durante as celebrações, a máscara só deverá ser retirada no momento da Comunhão, que continuará a ser dada na mão.

A Bênção dos Veículos também sofre uma mudança: a partir do dia 31 de maio será feita semanalmente ao domingo no parque 12, ao lado do Centro Pastoral de Paulo VI, às 12h45 e 17h00.

LFS/OC
Notícia atualizada às 12h50

Partilhar:
Share