Foto DR

Coimbra, 25 Mar 2021 (Ecclesia) – A Junta Regional de Coimbra do Corpo Nacional de Escutas (CNE) vai organizar, a 16 e 30 de abril e 14 de maio, a 2ª convenção regional que pretende dotar os dirigentes adultos de maiores competências “na missão de educação de crianças e jovens escuteiros”.

Estes voluntários adultos juntam-se numa plataforma online para reforçar os seus conhecimentos “na área da pedagogia, animação da fé e gestão dos agrupamentos”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Com a suspensão das atividades presenciais, a Junta Regional de Coimbra aproveita o momento de formação para “despertar os chefes dos escuteiros para a importância do seu desenvolvimento contínuo”, refere.

O CNE é uma associação de educação não-formal cuja finalidade é a formação integral de crianças e jovens de ambos os géneros tornando-os em cidadãos ativos, sempre com o apoio de voluntários adultos, que baseiam a sua ação num programa educativo adaptado aos desafios da nova era e nas finalidades e princípios do método escutista concebido por Baden-Powell.

A Região de Coimbra conta com cerca de 3 mil e 500 associados, espalhados por 57 agrupamentos que ocupam uma área geográfica compreendida entre a Figueira da Foz e Oliveira do Hospital, e da Mealhada a Pombal e Ferreira do Zêzere.

LFS

Partilhar:
Share