Braga, 26 mai 2020 (ECCLESIA) – O peditório das Eucaristias deste domingo de Pentecostes na Arquidiocese de Braga vai destinar-se “integralmente às paróquias”, para responder às necessidades provocadas pela pandemia de Covid-19.

O peditório na Solenidade de Pentecostes, que “habitualmente reverte em favor dos Movimentos e Obras de Apostolado”, este ano tem uma finalidade diferente devido ao COVID-19, lê-se no site da Arquidiocese de Braga.

A mesma nota refere também que a celebração da Missa com a participação dos fiéis é retomada, em Portugal a partir do dia 30 de maio e nesse sentido, a partir do dia 1 de junho, cessam as transmissões em direto das Eucaristias desde o Paço Arquiepiscopal.

No dia 28 de maio é o último dia em que a Eucaristia é transmitida em direto da Capela do Paço Arquiepiscopal e D. Jorge Ortiga apela “à participação comunitária dos fiéis nas igrejas e capelas da Arquidiocese, onde o povo de Deus celebra a Eucaristia e os demais sacramentos”.

Este fim-de-semana conta ainda com celebrações presididas pelo Arcebispo de Braga e transmitidas em direto nos canais habituais do YouTube e do Facebook da Arquidiocese de Braga, como a Eucaristia de abertura da Noite UP’S, 29 de maio, sexta-feira às 21h30, na Basílica dos Congregados.

No dia 30 de maio, às 15h30, também naquela basílica, preside à Vigília de Pentecostes.

D. Jorge Ortiga preside, a 31 de maio, às 11h30, na Sé de Braga, à Eucaristia da Solenidade de Pentecostes.

LFS

Partilhar:
Share