Faro, 18 set 2020 (Ecclesia) – A Diocese do Algarve vai apresentar o programa pastoral 2020/2021 numa Assembleia Diocesana transmitida online, e com uma participação presencial reduzida, a partir das 10h00, deste sábado, 19 de setembro, na igreja de São Pedro do Mar, em Quarteira.

‘Recomeçar a partir de Cristo – «Tende coragem: não tenhais medo!» (Mc 6, 50)’ é o tema do novo ano pastoral 2020/2021 na Diocese do Algarve que tem como objetivo geral “reedificar as comunidades cristãs a partir do essencial da vida em Cristo e fazer delas expressão de Fraternidade, Esperança e Caridade nas dificuldades da sociedade atual”.

O jornal diocesano ‘Folha do Domingo’ informa que a “edificação da comunidade” e a “evangelização e transmissão da fé” são as duas prioridades pastorais para o novo ano.

“Reconstruir e reorganizar as comunidades cristãs nos vários âmbitos pastorais, tendo presente que o tempo pandémico não só nos impôs grandes e graves alterações, como evidenciou a carência de adequação do nosso estilo pastoral face à situação presente e futura. É importante que as comunidades cristãs paroquiais se detenham num olhar e ação profundas naquilo que é necessário refazer”, lê-se sobre a primeira prioridade.

A prioridade da “evangelização e transmissão da fé” tem quatro áreas em destaque: “A transmissão da fé e as novas gerações”, os “meios digitais”, a “caridade fraterna” e a “liturgia e espiritualidade”.

O Programa Pastoral 2020/2021 da Diocese do Algarve sobre a caridade fraterna assinala que é “urgente” que as comunidades cristãs, nos seus organismos próprios, “reflitam e se deem conta de como esta pandemia está a afetar a vida das pessoas que vivem na área da Paróquia”.

“É necessário que, onde ainda não existam, se desenvolvam de um modo organizado redes no Serviço da Caridade que acompanhem e encontrem possibilidades de solução para as situações difíceis que muitos atravessarão. Do mesmo modo, é importante que se estabeleçam relações sinceras com as várias entidades que trabalham neste campo”, concretiza.

A Diocese do Algarve estava a preparar um novo triénio pastoral, até 2023, mas a pandemia do novo coronavírus Covid-19 alterou os seus planos e explica na introdução ao programa 2020/2021 que “considerou adequado adiar, por um ano, a entrada no novo Triénio Pastoral para dedicar especial atenção àquilo que são as necessidades da sociedade e da Igreja algarvia nos próximos meses, àquilo que efetivamente é possível e seguro realizar”.

A assembleia da Diocese do Algarve este sábado vai ser transmitida em direto na página do jornal ‘Folha do Domingo’ na rede social Facebook.

CB

Partilhar:
Share