Foto Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Faro, 27 fev 2019 (Ecclesia) – As Paróquias de Albufeira, Boliqueime, Ferreiras e Paderne, na Diocese do Algarve, vão dinamizar uma formação dedicada à proposta pedagógica da Igreja sobre o amor e a sexualidade, reforçar esses fundamentos nos cristãos, dia 8 de junho.

“O que nos levou a pensar nisto foi a oportunidade da temática e este grassar da ideologia do género em tudo o que vemos – escolas, redes sociais – e percebermos que o povo de Deus que nos está confiado não tinha argumentos para poder mostrar a perspetiva cristã da sua vida, intimidade e sexualidade”, explicou o padre Pedro Manuel ao jornal ‘Folha do Domingo’.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, o pároco de Boliqueime, Ferreiras e Paderne observa que neste e noutros assuntos da vida social “as pessoas vão absorvendo tudo” e lamenta que não tenham “opinião própria”, nem saibam “combater aquilo que está errado”.

A próxima ação de formação sobre o amor e a sexualidade que as quatro paróquias – Albufeira, Boliqueime, Ferreiras e Paderne – algarvias decidiram implementar vai realizar-se dia 8 de junho desta vez nas Ferreiras.

“Achamos que a Igreja está um pouco parada, um pouco apática e não dá uma resposta concreta”, disse, por sua vez, o pároco de Albufeira, o padre Flávio Martins, sobre terem avançado com esta formação, que teve o primeiro encontro no dia 9 deste mês.

No encontro realizado no Centro Pastoral Beato Vicente, em Albufeira, o padre Pedro Manuel, realçou que na sociedade atual é-se “habitualmente surpreendidos” por novas questões quanto “ao amor tão banalizado e tão facilmente usado” como substantivo e como forma de estar no meio do mundo.

“Se o caráter nos define enquanto pessoas, o amor define-nos enquanto seres em relação e, sobretudo, enquanto cristãos. É nesta perspetiva humana, que comunga da fé, que pretendemos que este dia decorra”, salientou, divulga o jornal ‘Folha do Domingo’.

CB

Partilhar:
Share