Angra de Heroísmo, Açores, 11 abr 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Angra vai assinalar a Jornada Diocesana da Juventude 2019, nas diversas ilhas do Arquipélago dos Açores, com destaque para encontros na Terceira, São Miguel e Faial, entre os dias 13 e 14 de abril.

‘Ser + Igreja: todos em missão’ é o tema da Jornada Diocesana da Juventude na Diocese de Angra e na Ilha Terceira as atividades começam com uma Vigília de Oração, este sábado, na Paróquia das Quatro Ribeiras, organizada pelo grupo de jovens ‘Oásis da Esperança’.

No dia 14, Domingo de Ramos, o encontro continua na Ribeirinha, orientado pelo Grupo de Jovens Mensageiros da Palavra’, e do programa constam workshops destinados à promoção de voluntariado (15h30), depois da conferência a ‘Importância do voluntariado’ pela socióloga Tânia Ferreira, às 15h00, o concurso de Dança, Música e Teatro, compromisso dos grupos e a celebração Eucarística.

O Serviço da Pastoral Juvenil da Ilha Terceira informa que a atividade “é aberta a todos os grupos de jovens da ilha que atingem as três dezenas”, divulga o sítio online diocesano ‘Igreja Açores’.

Na Ouvidoria de Ponta Delgada, na Ilha de São Miguel, os jovens vão celebrar a ‘Noite Mundial da Juventude 2019’, entre as 17h00 e as 24h00, de 13 de abril, na Covoada.

A Equipa da Pastoral Juvenil e Vocacional destina esta iniciativa, sobretudo, aos grupos de jovens, grupos do 10.º ano de Catequese, aos agrupamentos de Escuteiros; Cada paróquia, na celebração da Via-Sacra tem “o compromisso de apresentar uma estação”.

Na Ilha do Faial, a Jornada Diocesana da Juventude começa também este sábado, com “uma vigília com fogo de conselho”, com os escuteiros, às 20h00, na igreja do Carmo, na Horta.

“A realidade desta ilha, e julgo que de todas as ilhas mais pequenas, com menos jovens, faz com que não envolvamos apenas os grupos de jovens mas tenhamos uma especial atenção a todos os jovens que já participam noutros movimentos da Igreja”, contextualizou o padre Nelson Pereira.

As atividades continuam no domingo, dia 14, com a procissão e bênção de Ramos, com jovens de diferentes movimentos de apostolado, às 15h00, na mesma igreja.

“O objetivo é agregar todos os jovens numa grande parceria com o CNE e com outros movimentos. Conseguimos assim congregar muitos jovens para celebrar a sua fé, especialmente nestes dias”, acrescentou o sacerdote do Serviço da Pastoral Juvenil da ilha do Faial.

As Jornadas Diocesanas da Juventude são celebradas mundialmente nas dioceses católicas no Domingo de Ramos, ou numa data próxima, e a cada dois ou três anos realiza-se um encontro de jovens, de âmbito internacional numa grande cidade, que vai chegar a Lisboa em 2022; Já se realizaram 14 edições em quatro continentes.

O acontecimento religioso e cultural que reúne jovens de todo o mundo durante uma semana que nasceu por iniciativa de São João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

CB

Partilhar:
Share