Calendário

Abr
15
Qui
Coimbra: Sessão do «Em Família às quintas» aborda o tema do luto
Abr 15@21:30

Coimbra, 13 abr 2021 (Ecclesia) – O Secretariado da Pastoral da Família da Diocese de Coimbra propõe o tema “Luto na Família”, dia 15 deste mês, às 21h30, no programa mensal «Em Família às quintas».

A iniciativa decorre online, através da rede social Facebook do secretariado, e vão ser abordados “diferentes lutos, neste tempo e fora deste tempo”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

“Vamos contar com o testemunho de duas pessoas com histórias diferentes: sobre a morte do marido e a morte de um filho”, lê-se.

Neste último ano, o mundo ficou marcado por uma pandemia que já deixou um rasto de sofrimento e morte “que não se pode ignorar” e “muitos dos funerais foram feitos à pressa, sem tempo para despedidas, sem abraços, sem comunidade…”

LFS

Abr
16
Sex
Coimbra: Dirigentes do Escutismo reforçam conhecimentos na missão de educar
Abr 16 todo o dia

Foto DR

Coimbra, 25 Mar 2021 (Ecclesia) – A Junta Regional de Coimbra do Corpo Nacional de Escutas (CNE) vai organizar, a 16 e 30 de abril e 14 de maio, a 2ª convenção regional que pretende dotar os dirigentes adultos de maiores competências “na missão de educação de crianças e jovens escuteiros”.

Estes voluntários adultos juntam-se numa plataforma online para reforçar os seus conhecimentos “na área da pedagogia, animação da fé e gestão dos agrupamentos”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Com a suspensão das atividades presenciais, a Junta Regional de Coimbra aproveita o momento de formação para “despertar os chefes dos escuteiros para a importância do seu desenvolvimento contínuo”, refere.

O CNE é uma associação de educação não-formal cuja finalidade é a formação integral de crianças e jovens de ambos os géneros tornando-os em cidadãos ativos, sempre com o apoio de voluntários adultos, que baseiam a sua ação num programa educativo adaptado aos desafios da nova era e nas finalidades e princípios do método escutista concebido por Baden-Powell.

A Região de Coimbra conta com cerca de 3 mil e 500 associados, espalhados por 57 agrupamentos que ocupam uma área geográfica compreendida entre a Figueira da Foz e Oliveira do Hospital, e da Mealhada a Pombal e Ferreira do Zêzere.

LFS

Abr
30
Sex
Coimbra: Dirigentes do Escutismo reforçam conhecimentos na missão de educar
Abr 30 todo o dia

Foto DR

Coimbra, 25 Mar 2021 (Ecclesia) – A Junta Regional de Coimbra do Corpo Nacional de Escutas (CNE) vai organizar, a 16 e 30 de abril e 14 de maio, a 2ª convenção regional que pretende dotar os dirigentes adultos de maiores competências “na missão de educação de crianças e jovens escuteiros”.

Estes voluntários adultos juntam-se numa plataforma online para reforçar os seus conhecimentos “na área da pedagogia, animação da fé e gestão dos agrupamentos”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Com a suspensão das atividades presenciais, a Junta Regional de Coimbra aproveita o momento de formação para “despertar os chefes dos escuteiros para a importância do seu desenvolvimento contínuo”, refere.

O CNE é uma associação de educação não-formal cuja finalidade é a formação integral de crianças e jovens de ambos os géneros tornando-os em cidadãos ativos, sempre com o apoio de voluntários adultos, que baseiam a sua ação num programa educativo adaptado aos desafios da nova era e nas finalidades e princípios do método escutista concebido por Baden-Powell.

A Região de Coimbra conta com cerca de 3 mil e 500 associados, espalhados por 57 agrupamentos que ocupam uma área geográfica compreendida entre a Figueira da Foz e Oliveira do Hospital, e da Mealhada a Pombal e Ferreira do Zêzere.

LFS

Mai
14
Sex
Coimbra: Dirigentes do Escutismo reforçam conhecimentos na missão de educar
Mai 14 todo o dia

Foto DR

Coimbra, 25 Mar 2021 (Ecclesia) – A Junta Regional de Coimbra do Corpo Nacional de Escutas (CNE) vai organizar, a 16 e 30 de abril e 14 de maio, a 2ª convenção regional que pretende dotar os dirigentes adultos de maiores competências “na missão de educação de crianças e jovens escuteiros”.

Estes voluntários adultos juntam-se numa plataforma online para reforçar os seus conhecimentos “na área da pedagogia, animação da fé e gestão dos agrupamentos”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Com a suspensão das atividades presenciais, a Junta Regional de Coimbra aproveita o momento de formação para “despertar os chefes dos escuteiros para a importância do seu desenvolvimento contínuo”, refere.

O CNE é uma associação de educação não-formal cuja finalidade é a formação integral de crianças e jovens de ambos os géneros tornando-os em cidadãos ativos, sempre com o apoio de voluntários adultos, que baseiam a sua ação num programa educativo adaptado aos desafios da nova era e nas finalidades e princípios do método escutista concebido por Baden-Powell.

A Região de Coimbra conta com cerca de 3 mil e 500 associados, espalhados por 57 agrupamentos que ocupam uma área geográfica compreendida entre a Figueira da Foz e Oliveira do Hospital, e da Mealhada a Pombal e Ferreira do Zêzere.

LFS

Mar
18
Sex
Media: «Correio de Coimbra» inicia celebrações do seu centenário
Mar 18@15:21_16:21

Coimbra, 18 Mar 2021 (Ecclesia) – O jornal «Correio de Coimbra» vai celebrar o seu centenário de 18 de março deste ano até à mesma data de 2022.

No texto de abertura da edição desta semana, D. Virgílio Antunes, Bispo de Coimbra, refere que esta é “uma data memorável” do jornal diocesano e que leva a refletir sobre “o seu lugar na vida da Igreja Diocesana e sobre o papel da comunicação social ao serviço do anúncio do Evangelho e da construção da comunidade cristã na unidade e na comunhão”, lê-se.

Enquanto se festeja os cem anos do jornal «Correio de Coimbra» e “damos graças a Deus pelos seus servidores, colaboradores e leitores, desde a sua fundação até ao presente”, D. Virgílio Antunes convoca a diocese “a crescer nas suas expressões de amor pela Igreja Diocesana, lendo o seu jornal”.

“Hoje, apesar da crise visível em algumas formas de comunicação, o panorama é alargado e há uma ampla cobertura do espaço da comunicação”, sublinha o responsável.

A edição desta semana conta com vários textos de opinião que fazem referência a esta data comemorativa.

LFS