Calendário

Jan
26
Qua
Aveiro: Paróquia da Vera Cruz promove a exibição do filme «A metamorfose dos pássaros»
Jan 26@20:45

Aveiro, 18 Jan 2022 (Ecclesia) – O setor de dinamização cultural da Paróquia da Vera Cruz, em Aveiro, promove a exibição, dia 26 deste mês, às 20h45, no Teatro Aveirense, do filme «A metamorfose dos pássaros».

Para além da exibição do filme de Catarina Vasconcelos, realiza-se também uma apresentação temática ao filme feita por Pedro Duarte (produção) e o padre jesuíta Paulo Duarte.

A entrada é gratuita, seguindo-se as regras vigentes no Teatro Aveirense.

LFS

Publicações: Apresentação do livro «Folhas do Caminho» de Walter Osswald
Jan 26@21:00

Aveiro, 17 Jan 2022 (Ecclesia) – A obra «Folhas do Caminho» da autoria de Walter Osswald vai ser apresentada dia 26 deste mês, às 21h00, no Auditório da Casa da Comunidade Sustentável, em Aveiro.

O livro do reputado professor e médico vai ser apresentado por João Diogo Loureiro, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

LFS

Jan
29
Sáb
Aveiro: Paróquia da Vera-Cruz lança projeto cultural “Comunid’arte” 
Jan 29@17:30_18:30

Aveiro, 20 jan 2022 (Ecclesia) –  A paróquia da Vera-Cruz, na diocese de Aveiro, através do seu projeto cultural “Comunid’arte”, apresenta o primeiro momento através de uma performance de dança “Visão Hildegard” no dia 29 de janeiro, pelas 17h30, na Igreja das Barrocas.

O projeto “Comunid’arte” pretende “criar uma agenda cultural e iniciativas regulares ao longo de um ano, através da utilização dos templos e espaços religiosos da Paróquia, apresentando nos mesmos uma programação e mediação cultural destinada ao serviço da comunidade e marcando a presença da Igreja e Paróquia da Vera Cruz”, refere nota enviada à Agência ECCLESIA.

“Comunid’arte”, “acrónimo de Comunidade e Arte” defende a “abertura de portas à comunidade e visitantes”, uma “caminhada conjunta através da arte e da cultura”, a “renovação da vivência através da contemporaneidade”, a “inclusão e elevação da herança e patrimónios material e imaterial” e a “criação conjunta e comunitária de experiências de informação e recreação”.

O comunicado informa que os eventos irão das “danças ao teatro, das tertúlias poéticas e literárias às exposições de artes plásticas, passando pelo cinema e concertos musicais e até mesmo instalações artísticas”, com uma periodicidade bimestral, nos meses de janeiro, março, maio, julho, agosto, outubro e dezembro.

SN

Fev
12
Sáb
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Fev 12 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Escutismo: Aveiro recebe encontro de formação do ADRO
Fev 12@9:30_Fev 13@16:30

Aveiro,13 jan 2022 (Ecclesia) – O segundo evento do ADRO, espaço de Animação da Fé no Escutismo, organizado em parceria com a Junta Regional de Aveiro, acontece nos dias 12 e 13 de fevereiro de 2022, no Seminário de Santa Joana Princesa, em Aveiro, com o tema “Levanta-te e Anda”.

“O segundo evento do ADRO será uma atividade de fim de semana com propostas de formação, experiências e vivências em torno da animação da fé e vivência da espiritualidade no Corpo Nacional de Escutas (CNE)”, divulga o sítio online.

“Levanta-te e Anda” é o tema do encontro para “dirigentes, candidatos a dirigente (aspirantes ou noviços) e caminheiros/companheiros/aeronautas do CNE” dividido em propostas de “palestras, oficinas, exposições e partilha de ferramentas e boas práticas, tertúlias, painéis de reflexão e debate, atividades, espaços de acolhimento e acompanhamento, momentos e espaços de oração e de celebração”.

As inscrições podem ser feitas até dia 23 de janeiro e os lugares são limitados.

SN

Fev
13
Dom
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Fev 13 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Fev
18
Sex
Igreja/Cultura: Dioceses de Aveiro, Guarda, Lamego e Viseu promovem exposição itinerante
Fev 18 todo o dia

Lisboa, 06 jul 2021 (Ecclesia) – As Dioceses de Aveiro, da Guarda, de Lamego e Viseu vão inaugurar a exposição itinerária ‘Diálogos. Na beleza das obras contemplamos a beleza do criador’, pelas 18h00 desta sexta-feira, que abre ao público no dia seguinte, 10 de julho.

“As obras selecionadas permitem compreender a temática que estrutura a exposição: A complexidade e interesse dos diálogos que se desenvolvem entre o artista e os materiais que utiliza para a criação de obras de arte, são fruto da criação de Deus”, lê-se na nota de imprensa enviada hoje à Agência ECCLESIA.

As quatro dioceses – Aveiro, Guarda, Lamego e Viseu – partilham 50 peças de diversas tipologias artísticas, como a pintura, a escultura, a azulejaria e a ourivesaria, dos períodos medieval, moderno e contemporâneo, “provocando o cruzamento de diferentes propostas estilísticas e iconográficas”.

A exposição temporária ‘Diálogos. Na beleza das obras contemplamos a beleza do criador’ vai ser inaugurada esta sexta-feira, pelas 18h00, no Museu Diocesano de Lamego, e, por causa dos condicionalismos da pandemia Covid-19, abre ao público no sábado, dia 10.

“A realização desta iniciativa em parceria das quatro dioceses ocasiona a ampliação do acesso à fruição dos bens culturais da Igreja, bem como a troca de experiências e o confronto de especificidades e identidades entre o património deste vasto território, no quadro de uma mesma Igreja”, acrescenta a nota enviada pelo Departamento da Pastoral do Turismo da Diocese de Lamego.

As dioceses assinalam que a “a salvaguarda do património” está sempre associada estes projetos, promovida pelas intervenções de conservação e restauro das obras que vão ser expostas, uma oportunidade para “possibilitar a fruição a um público muito alargado de obras que na sua maioria não se encontram ao culto”, até outubro de 2022.

A nova exposição é itinerante e, depois de Lamego onde permanece até 15 de outubro, vai poder ser visitada na Casa da Cultura de Ílhavo, em Aveiro, de 22 de outubro a 04 de fevereiro de 2022.

A Diocese de Viseu, nomeadamente o Museu da Misericórdia, recebe esta mostra de 18 de fevereiro a 17 de junho do próximo ano e estes ‘Diálogos. Na beleza das obras contemplamos a beleza do criador’ terminam o périplo no Museu Diocesano da Guarda, entre 24 de junho e 18 de outubro de 2022.

CB/PR

Mar
5
Sáb
Aveiro: Diocese promove encontros de discernimento vocacional
Mar 5@9:30_18:00

Aveiro, 04 nov 2021 (Ecclesia) – O Serviço de Vocações, Acolhimento e Formação Espiritual da Diocese de Aveiro vai promover três encontros de discernimento vocacional para jovens – rapazes ou raparigas – a partir dos 17 anos, no seminário.

A Diocese de Aveiro informa que os encontros vão realizar-se no próximo dia 27 de novembro, e a 5 de março e 4 de junho de 2022, entre as 9h30 e as 18h00, no seminário.

‘Encontro Cais’ é o nome dos encontros de discernimento vocacional para jovens a partir dos 17 anos, que desejam “aprofundar a sua vocação”, vão decorrer sob a orientação do padre João Alves.

‘Amarra-te pra ir mais longe’ é o convite do Serviço de Vocações, Acolhimento e Formação Espiritual e as inscrições para o primeiro encontro já estão a decorrer, até dia 25 de novembro, por email para sdv@diocese-aveiro.pt ou através de um formulário online.

A Diocese de Aveiro informa ainda que estes eventos têm um valor associado de 10 euros, mas “a dificuldade de pagar não é impeditiva de participar no encontro”.

O Serviço de Vocações, Acolhimento e Formação Espiritual da Diocese de Aveiro pretende ser “um meio para ajudar todos os diocesanos a ter consciência da sua vida como vocação, como resposta ao Amor de Deus”, e foi apresentado publicamente, no dia 18 de abril deste ano.

A Igreja Católica em Portugal está a celebrar a sua Semana anual dos Seminários, até 7 de novembro, com o tema ‘para estarem com Ele e para os enviar a proclamar’, inspirado numa passagem do Evangelho de São Marcos.

O bispo de Aveiro disse que o testemunho, “mais do que nunca”, é “forma de atração vocacional”, numa mensagem para a Semana dos Seminários 2021, que se inicia este domingo.

“Falar desta semana é, sobretudo, ocasião para tomarmos consciência da realidade atual, que, em alguns casos, não deixa de ser preocupante, dado o reduzido número de seminaristas. O contexto cultural, cujo influxo não está ausente do meio dos próprios cristãos, e particularmente dos jovens, ajuda a compreender a crise das vocações sacerdotais”, escreveu D. António Moiteiro.

CB

 

Mar
19
Sáb
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Mar 19 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Mar
20
Dom
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Mar 20 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Mar
26
Sáb
Aveiro: Departamento de Pastoral Juvenil realiza «FÉ’stival»
Mar 26 todo o dia

Aveiro, 17 jan 2022 (Ecclesia) – O Departamento de Pastoral Juvenil de Aveiro (DPJA) vai realizar o VII ‘FÉ’stival’, o festival diocesano de canção mensagem, com o tema ‘Levanta-te’, no dia 26 de março.

“Estamos fechados em casa no sofá há tempo de mais! Está na altura de afinar as guitarras, pegar nas baquetas e aquecer as vozes. Está na altura de nos levantarmos e cantarmos esta fé que nos move”, destaca o DPJA.

O Departamento de Pastoral Juvenil de Aveiro convida a juventude, “a sós ou com os amigos”, a criar uma música com o tema ‘Levanta-te’, para o festival diocesano de canção mensagem.

A sétima edição do ‘FÉ’stival’ vai realizar-se no dia 26 de março, as inscrições estão a decorrer até dia 12 de fevereiro, o regulamento está online, e os participantes têm de entregar a música para o concurso até 5 de março.

CB

Abr
23
Sáb
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Abr 23 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Abr
24
Dom
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Abr 24 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Mai
14
Sáb
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Mai 14 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Mai
15
Dom
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Mai 15 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB