Calendário

Dez
9
Qui
Lisboa: Capela do Rato organiza ciclo de conferências sobre o caminho sinodal
Dez 9@21:30

Lisboa, 19 nov 2021 (Ecclesia) – A Capela do Rato, na cidade de Lisboa, organiza, no tempo litúrgico do Advento, um ciclo de conferências subordinado ao tema «Caminho Sinodal».

A primeira conferência realiza-se no dia 29 deste mês, às 21h30, com a participação de José Eduardo Borges de Pinho, professor emérito de Eclesiologia na Faculdade de Teologia da UCP, e vai oferecer “uma palavra segura e implicativa sobre a sinodalidade da vida da Igreja atual, com realismo e dimensão profética”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O Papa Francisco convoca toda a Igreja, a partir das comunidades cristãs locais, a concretizar “um caminho sinodal de escuta uns dos outros, com sinceridade e verdade, discernindo, entre dificuldades, resistências e oportunidades, o que o Espírito diz hoje à Igreja” e esta reflexão/discernimento, a partir das Igrejas locais, converge no Sínodo dos Bispos de 2023: «Para Uma Igreja Sinodal: comunhão, participação, missão», lê-se

No dia 9 de dezembro, também às 21h30, o padre José Frazão Correia, SJ, vai refletir sobre “a prática sinodal como experiência espiritual de discernimento comunitário”.

A sua espiritualidade inaciana vai ajudar a compreender e a traduzir na “vida pessoal e comunitária o desafio do Papa Francisco: «Que passos o Espírito nos convida a dar para crescer como Igreja sinodal?»”.

Por fim, no dia 13 de dezembro, às 21h30, a teóloga espanhola leiga Cristina Inogês-Sanz que integra a comissão metodológica criada pelo Papa Francisco vai falar sobre as “formas de concretizar o processo sinodal”.

As sessões vão ser transmitidas através da plataforma Zoom.

LFS

Dez
12
Dom
Publicações: Lançamento de obra póstuma de monsenhor Vítor Feytor Pinto
Dez 12@15:30

Lisboa, 07 Dez 2021 (Ecclesia) – A obra «Respostas em Família» de monsenhor Vítor Feytor Pinto vai ser lançada dia 12 de dezembro, pelas 15h30, na Igreja do Campo Grande, em Lisboa.

Com a chancela da PAULUS Editora, o livro reúne “um conjunto de artigos que o autor, falecido no passado mês de outubro, escreveu para a revista «Família Cristã», lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

A apresentação está cargo do pároco do Campo Grande, padre Hugo Gonçalves, e de Cláudia Sebastião, jornalista da revista «Família Cristã».

LFS

Igreja/Portugal: Faleceu o padre Vítor Feytor Pinto

 

Dez
13
Seg
Lisboa: Capela do Rato organiza ciclo de conferências sobre o caminho sinodal
Dez 13@21:30

Lisboa, 19 nov 2021 (Ecclesia) – A Capela do Rato, na cidade de Lisboa, organiza, no tempo litúrgico do Advento, um ciclo de conferências subordinado ao tema «Caminho Sinodal».

A primeira conferência realiza-se no dia 29 deste mês, às 21h30, com a participação de José Eduardo Borges de Pinho, professor emérito de Eclesiologia na Faculdade de Teologia da UCP, e vai oferecer “uma palavra segura e implicativa sobre a sinodalidade da vida da Igreja atual, com realismo e dimensão profética”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O Papa Francisco convoca toda a Igreja, a partir das comunidades cristãs locais, a concretizar “um caminho sinodal de escuta uns dos outros, com sinceridade e verdade, discernindo, entre dificuldades, resistências e oportunidades, o que o Espírito diz hoje à Igreja” e esta reflexão/discernimento, a partir das Igrejas locais, converge no Sínodo dos Bispos de 2023: «Para Uma Igreja Sinodal: comunhão, participação, missão», lê-se

No dia 9 de dezembro, também às 21h30, o padre José Frazão Correia, SJ, vai refletir sobre “a prática sinodal como experiência espiritual de discernimento comunitário”.

A sua espiritualidade inaciana vai ajudar a compreender e a traduzir na “vida pessoal e comunitária o desafio do Papa Francisco: «Que passos o Espírito nos convida a dar para crescer como Igreja sinodal?»”.

Por fim, no dia 13 de dezembro, às 21h30, a teóloga espanhola leiga Cristina Inogês-Sanz que integra a comissão metodológica criada pelo Papa Francisco vai falar sobre as “formas de concretizar o processo sinodal”.

As sessões vão ser transmitidas através da plataforma Zoom.

LFS

Dez
17
Sex
Lisboa: Festa de Natal da Comunidade Vida e Paz regressa à Cidade Universitária
Dez 17_Dez 19 todo o dia

Lisboa, 12 nov 2021 (Ecclesia) – A Festa de Natal da Comunidade Vida e Paz (CVP), do Patriarcado de Lisboa, vai voltar este ano à cantina da Cidade Universitária, de 17 a 19 de dezembro, reunindo pessoas em situação de sem-abrigo.

“As pessoas em situação de sem-abrigo ou em situação de vulnerabilidade social vão ter à sua disposição um conjunto de apoios e serviços, designadamente o acesso ao Instituto dos Registos e do Notariado, Segurança Social, Instituto do Emprego e Formação Profissional, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, cuidados médicos, barbeiro, duches, roupa, livros e alimentação”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA pela coordenação do evento.

Em 2020, a celebração decorreu em moldes diferentes, indo ao encontro das pessoas na rua, devido à situação provocada pela pandemia de Covid-19.

A festa de 2021 ainda vai ter “ainda bastantes limitações”: além da testagem, utilização de máscara e distância requeridas, o número de voluntários será reduzido, de forma a que seja possível atender o máximo de convidados.

A CVP destaca que são necessários vários apoios ao nível financeiro e material para “fazer chegar o Natal a todos aqueles que mais precisam”.

“A lista de necessidades vai desde bens alimentares, a artigos de higiene pessoal, roupa de homem (com especial incidência em roupa interior), álcool gel, máscaras e batas descartáveis”, indica a nota.

Quem quiser apoiar o evento poderá entrar em contacto com a organização, através do email secretariado@natal.cvidaepaz.pt.

As inscrições para voluntários na 33ª Festa de Natal com as Pessoas em Situação de Sem-abrigo estão abertas.

A CVP tem como missão “ir ao encontro e acolher pessoas em condição de sem-abrigo ou em situação de vulnerabilidade social, ajudando-as a recuperar a sua dignidade e a (re)construir o seu projeto de vida, através de uma ação integrada de prevenção, reabilitação e reinserção”.

OC

Dez
18
Sáb
Cultura: Paróquia de Paço d’Arcos realiza I Ciclo de Órgão
Dez 18@16:00_17:00

Lisboa, 15 nov 2021 (Ecclesia) – A paróquia de Paço d’Arcos, no Patriarcado de Lisboa, realiza o I Ciclo de Órgão, entre 20 de novembro e 19 de março.

O primeiro concerto vai contar com a participação do organista António Mota, organista no Santuário de Fátima desde 2020 e Professor Auxiliar convidado na Universidade de Aveiro, que vai executar obras de Carlos Seixas, de J. S. Bach, Brahms e Mendelssohn, segundo informação enviada à Agência ECCLESIA.

No dia 18 de dezembro o concerto estará a cargo do músico Sérgio Silva; no dia 15 de janeiro será o maestro Daniel Oliveira acompanhado por David Costa no oboé; no dia 19 de fevereiro será o músico Rui Paiva e o ciclo encerra a 19 de março com os músicos João Crisóstomo e Madalena Abrunhosa e o coro Solemmis.

Os concertos estão agendados para as 16h.

LS

Advento/Natal: Movimentos de jovens promovem concerto sobre São José
Dez 18@21:30_22:30

DR

Lisboa, 07 dez 2021 (Ecclesia) – Os Movimentos Católicos de Jovens de Lisboa promovem no dia 18 de dezembro, pelas 21h30, o tradicional concerto de Natal, na Igreja de Santos-o-Velho.

“Jovens da “Comunhão e Libertação”, do Centro Universitário Padre António Vieira (CUPAV), Equipas Jovens de Nossa Senhora e Jovens de Schoenstatt de Lisboa promovem concerto de Natal com o tema de São José, caminhar até ao presépio e preparar o Natal através da música”, como comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

A entrada é livre e os donativos revertem a favor do Apoio à Vida, no entanto é necessária a reserva de bilhetes.

SN

Dez
24
Sex
Lisboa: «Presépio na Cidade» volta à rua com o tema «Família, o Lugar»
Dez 24@10:53_11:53

Foto: presépio na Cidade

Lisboa, 07 dez 2021 (Ecclesia) – A iniciativa “Presépio na Cidade” volta à rua de Lisboa com o tema “Família, o Lugar”, um espaço “simples” de evangelização, com a recitação diária do terço, até dia 24 de dezembro.

“Este é o 22º ano deste projeto que ao longo do tempo, se foi tornando cada vez mais simples, sem nunca perder o seu objetivo de missão: Evangelizar! Esta simplicidade, cresce na sua profundidade, e os voluntários e tantos que ali passam e se detêm por momentos em silencio, em oração ou apenas para conversar”, pode ler-se no site do projeto.

Situado junto da Basílica dos Mártires, no coração da cidade de Lisboa, o Presépio na Cidade ocupa um “espaço de 12 metros quadrados” onde assistem a verdadeiros “milagres de conversão” os muitos voluntários até ao dia 24 de dezembro.

“No dia 18 de dezembro, na missa das 18h30 na Basílica, haverá a Bênção das Grávidas e seus bebés, um momento muito especial em que as mães sentem uma grande cumplicidade com Maria, grávida do seu Filho Jesus”, informa.

Todos os dias há a recitação do terço, pelas 18h30, onde os grupos são convidados a participar e animar, mediante inscrição para o endereço presepionacidade@gmail.com.

SN

Jan
8
Sáb
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Jan 8 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Jan
9
Dom
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Jan 9 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Jan
15
Sáb
Cultura: Paróquia de Paço d’Arcos realiza I Ciclo de Órgão
Jan 15@16:00_17:00

Lisboa, 15 nov 2021 (Ecclesia) – A paróquia de Paço d’Arcos, no Patriarcado de Lisboa, realiza o I Ciclo de Órgão, entre 20 de novembro e 19 de março.

O primeiro concerto vai contar com a participação do organista António Mota, organista no Santuário de Fátima desde 2020 e Professor Auxiliar convidado na Universidade de Aveiro, que vai executar obras de Carlos Seixas, de J. S. Bach, Brahms e Mendelssohn, segundo informação enviada à Agência ECCLESIA.

No dia 18 de dezembro o concerto estará a cargo do músico Sérgio Silva; no dia 15 de janeiro será o maestro Daniel Oliveira acompanhado por David Costa no oboé; no dia 19 de fevereiro será o músico Rui Paiva e o ciclo encerra a 19 de março com os músicos João Crisóstomo e Madalena Abrunhosa e o coro Solemmis.

Os concertos estão agendados para as 16h.

LS

Fev
12
Sáb
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Fev 12 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Fev
13
Dom
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Fev 13 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Fev
19
Sáb
Cultura: Paróquia de Paço d’Arcos realiza I Ciclo de Órgão
Fev 19@16:00_17:00

Lisboa, 15 nov 2021 (Ecclesia) – A paróquia de Paço d’Arcos, no Patriarcado de Lisboa, realiza o I Ciclo de Órgão, entre 20 de novembro e 19 de março.

O primeiro concerto vai contar com a participação do organista António Mota, organista no Santuário de Fátima desde 2020 e Professor Auxiliar convidado na Universidade de Aveiro, que vai executar obras de Carlos Seixas, de J. S. Bach, Brahms e Mendelssohn, segundo informação enviada à Agência ECCLESIA.

No dia 18 de dezembro o concerto estará a cargo do músico Sérgio Silva; no dia 15 de janeiro será o maestro Daniel Oliveira acompanhado por David Costa no oboé; no dia 19 de fevereiro será o músico Rui Paiva e o ciclo encerra a 19 de março com os músicos João Crisóstomo e Madalena Abrunhosa e o coro Solemmis.

Os concertos estão agendados para as 16h.

LS

Mar
19
Sáb
Portugal: Fundação «Fé e Cooperação» divulgou datas para formação de voluntários missionários
Mar 19 todo o dia

Foto FEC (arquivo 2019)

Lisboa, 16 set 2021 (Ecclesia) – A Fundação ‘Fé e Cooperação’ (FEC) divulgou as datas para as formações de voluntários missionários, que pretende realizar de forma presencial, a partir de janeiro de 2022, mas tem no ‘online’ um “plano B”, caso a pandemia agrave.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a FEC informa que este ano, devido à pandemia Covid-19,  vão “adotar alguns procedimentos mais específicos” para poderem realizar as sessões de formação de forma presencial.

A organização não-governamental para o desenvolvimento tem “sempre” a opção de realizar os encontros pelos meios digitais, um “plano B” caso a pandemia Covid-19 agrave e existam “impedimentos à realização presencial” destas sessões.

Segundo o programa, as sessões começam com a formação de formadores ‘e depois da missão?’, no dia 20 de novembro, em Fátima.

A formação para os voluntários missionários vai começar em janeiro de 2022, nos dias 8 e 9, sobre ‘Voluntariado Missionário e Espiritualidade’, em Lisboa.

A FEC vai dinamizar em Fátima as formações de fevereiro e março, respetivamente ‘Cooperação para o Desenvolvimento’ (12 e 13 de fevereiro), e ‘Missão, culturas e religiões’ (19 e 20 março).

A quarta sessão de formação é sobre ‘relações humanas e vida em grupo’, dias 23 e 24 de abril, em Leiria, e os voluntários missionários vão refletir sobre ‘desenvolvimento humano e dádiva cristã’ no último encontro, a 14 e 15 de maio, em Aveiro ou Coimbra.

A organização católica dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário, desde 2002, e contextualiza que o voluntariado missionário distingue-se do voluntariado internacional para a cooperação “principalmente pela sua génese cristã-católica”.

A FEC foi fundada a 13 de março de 1990, pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) e Federação Nacional dos Institutos Religiosos (FNIS) e desenvolve a sua missão em Portugal, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

CB

Cultura: Paróquia de Paço d’Arcos realiza I Ciclo de Órgão
Mar 19@16:00_17:00

Lisboa, 15 nov 2021 (Ecclesia) – A paróquia de Paço d’Arcos, no Patriarcado de Lisboa, realiza o I Ciclo de Órgão, entre 20 de novembro e 19 de março.

O primeiro concerto vai contar com a participação do organista António Mota, organista no Santuário de Fátima desde 2020 e Professor Auxiliar convidado na Universidade de Aveiro, que vai executar obras de Carlos Seixas, de J. S. Bach, Brahms e Mendelssohn, segundo informação enviada à Agência ECCLESIA.

No dia 18 de dezembro o concerto estará a cargo do músico Sérgio Silva; no dia 15 de janeiro será o maestro Daniel Oliveira acompanhado por David Costa no oboé; no dia 19 de fevereiro será o músico Rui Paiva e o ciclo encerra a 19 de março com os músicos João Crisóstomo e Madalena Abrunhosa e o coro Solemmis.

Os concertos estão agendados para as 16h.

LS