Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Nov
11
Seg
Lusofonia: Fundação Fé e Cooperação dinamiza campanha solidária de Natal
Nov 11 2019_Jan 6 2020 todo o dia

«Um Natal para todos» é o objetivo da organização católica para o desenvolvimento

Lisboa, 12 nov 2019 (Ecclesia) – A Fundação católica Fé e Cooperação (FEC) começou a dinamizar a sua campanha de Natal ‘Presentes Solidários’, 11 no total, que contribuem para “mudar a vida de milhares de comunidades nos oito países lusófonos”, até 6 de janeiro.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a FEC informa que têm 11 presentes solidários para o Natal 2019, entre os 6 euros e os 250 euros, que vão apoiar comunidades em “todos os países lusófonos”.

O catálogo tem mesas e cadeiras para escolas afetadas pelo Ciclone Idai em Moçambique, refeições diárias para crianças acolhidas na Casa Bambran, na Guiné-Bissau, sacos de cimento para a construção de cinco salas de aula em três aldeias, em Angola, e aulas de mecânica para jovens do Centro de Acolhimento Irmãos Unidos, em Cabo Verde.

No sítio online www.presentessolidarios.pt existem também cadeiras de rodas e canadianas para idosos do lar D. Simoa Godinho, em São Tomé e Príncipe, kits para a prevenção da dengue para as comunidades de Santarém, na região amazónica do Brasil.

“Entre muitas outras propostas verdadeiramente transformadoras” estão ainda bolsas de voluntário para a formação dos voluntários portugueses que partem em missões internacionais ou um par de sapatilhas e uma mochila para crianças e jovens da região de Padiae, em Timor-Leste.

A Fundação católica Fé e Cooperação realça que a campanha ‘Presentes Solidários’ traduz o slogan ‘Dar a Duplicar!’, ou seja, os presentes são postais de Natal que se enviam “a um familiar ou amigo” – por email ou para uma morada – e, simultaneamente, é enviado o “bem concreto” para a comunidade lusófona.

Na edição de 2018, a organização angariou 2271 presentes solidários que apoiaram “mais de 3750 crianças e jovens nos países lusófonos”, ao longo deste ano.

Criada em 1990, a FEC é uma organização não-governamental para o desenvolvimento com mais de 25 projetos em Angola, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal.

O organismo da Conferência Episcopal Portuguesa tem como missão promover “o desenvolvimento humano integral”, com a visão de construir uma sociedade onde “cada pessoa possa viver com dignidade e justiça”.

CB/OC

Dez
1
Dom
Advento/Natal: Sector do Algarve propõe construção de «presépio» em relação com a família
Dez 1_Dez 24 todo o dia

Faro, 01 dez2019 (Ecclesia) – O Sector da Catequese da Infância e Adolescência da Diocese do Algarve propõe a construção de um “presépio”, que “tenha relação com a família”, na caminhada Advento-Natal, entre hoje e 12 de janeiro de 2020.

“A construção da casa como sinónimo de lar que se prepara para que Jesus nasça é um bonito exemplo de como poderemos levar as famílias a encontrarem nesta caminhada de advento o seu lugar especial e habitual”, explica a organização, indicando que a fachada da casa, ou a sua estrutura, “ainda que artificial deve contemplar, como em todas as casas, portas e janelas”.

‘A família à luz do Evangelho de Jesus Cristo’ é o tema da campanha Advento/Natal 2019 do Secretariado da Catequese da Diocese do Algarve.

A proposta que começa no primeiro Domingo do Advento, o novo tempo litúrgico que a Igreja Católica começa a viver este ano 1 de dezembro, tem por base nove palavras e nove símbolos: Estrutura da casa; porta; jardim; berço; pai/mãe/filho (Natal); mensagens no berço; palavra Paz no berço; oferta de alimentos no dia de Reis e vela.

“Salvação, acolhimento, espera, sinal, envolver, levantar-se, paz, entrar” e “Ele é a Luz das nações”, são as nove palavras que correspondem a cada símbolo e que vão ser apresentadas na Missa de cada domingo desde o início do Advento até ao Batismo do Senhor, a 12 de janeiro de 2020, dando também destaque ao Natal (25 dezembro); ao dia da Sagrada Família (29 dezembro), ao Dia Mundial da Paz (1 de janeiro) e à Epifania, o Dia de Reis (5 janeiro).

O Sector da Catequese da Infância e Adolescência assinala que o “momento mais propício” para o gesto da campanha poderá ser antes do cântico de entrada, ou substituindo o ato penitencial, ou ainda no momento “pós-comunhão”.

Da dinâmica consta também uma oração para cada semana do Advento para ser rezada em família, em casa, por exemplo ao jantar, até ao Natal “junto de uma coroa de Advento”, e a partir do Natal, “junto ao presépio”.

A campanha tem por base o programa pastoral diocesano para o ano pastoral 2019/2020 que coloca “a família no centro” e desafia “cada comunidade a caminhar a partir dos sinais que cada domingo a Palavra aponta”.

Segundo o jornal ‘Folha do Domingo’, a Diocese do Algarve conta com cerca de 1000 catequistas nas cerca de 80 paróquias para a formação de cerca de 9000 crianças e adolescentes.

O Advento é um período de quatro domingos que antecedem o tempo litúrgico do Natal.

CB

Vida Consagrada: Ordem dos Pregadores dedica «mês da Paz» à Índia
Dez 1 2019_Jan 1 2020 todo o dia

Do primeiro Domingo do Advento ao Dia Mundial da Paz

Roma, 12 jul 2019 (Ecclesia) – O mestre da Ordem dos Pregadores convida a concentrar as atenções do ‘Mês Dominicano da Paz’ 2019, com “um foco particular na paz em relação à juventude”, com quem “muitos” religiosos trabalham, após o Sínodo dos Bispos 2018.

“Enquanto as formas de violência prevalecem em tantos níveis na vasta e complexa sociedade indiana, o foco será combater a violência, sob a forma de privação e abuso, contra crianças, mulheres e ‘tribais’ (povos indígenas), lutas em que muitos Dominicanos estão presentes”, explica frei Bruno Cadoré.

Na mensagem às comunidades, o mestre geral dos Pregadores informa que vão “concentrar a atenção” em dois projetos da ordem religiosa: O projeto Dominicano Bloom para crianças de rua em Nagpur e o projeto da Família Dominicana que treina “a abordar o abuso sexual infantil”.

O ‘Mês Dominicano da Paz’ 2019, que vai dedicar a “atenção à Índia” vai começar no primeiro domingo do Advento, dia 1 de dezembro, e termina no Dia Mundial da Paz, a 1 de janeiro de 2020.

Em setembro ou outubro, acrescenta, vão ser partilhadas “mais informações e materiais” sobre a Índia e sobre os Dominicanos neste país para “ajudá-los com conteúdo para oração, pregação, consciencialização e atividades; É pedido às comunidades que nomeiem um coordenador para este mês do pacificador, a programação de um programa e a partilha de “ideias sobre maneiras úteis e criativas de destacar essa abordagem”.

Frei Bruno Cadoré contextualiza que a ideia desta iniciativa foi gerada para “promover a solidariedade dominicana” a nível global, com os irmãos e irmãs que estão a tentar “trazer esperança em situações de violência e guerra”.

Os Dominicanos centraram os esforços do seu mês da paz em 2017 na Colômbia, América Latina, “onde após 50 anos de guerra civil um acordo de paz ofereceu novas esperanças”, e no ano passado na República Democrática do Congo, África, “um país que vive há décadas guerras devastadoras com contínuos massacres e violações dos direitos humanos”.

“Os desafios na RDC ainda são enormes e o caminho para a paz real será longo, os irmãos e as irmãs dominicanas estão a capacitar as pessoas para se tornarem agentes de desenvolvimento sustentável e da paz”, explica o mestre geral, recordando que o mês da paz coincidiu com as “tão esperadas” eleições gerais a 30 de dezembro de 2018.

Sobre a situação na Colômbia, o religioso refere que, “infelizmente, a situação continua muito frágil” e os assinala que os dominicanos e dominicanos, “entre muitas outras ações, continuam a desempenhar papel fundamental no fortalecimento Acordo de Paz”, na mediação entre o Governo e a guerrilha, no “apoio às famílias vítimas dos massacres”, “numa cultura de respeito pelos direitos humanos”.

Neste momento a Ordem dos Pregadores está reunida em Capítulo Geral eletivo, até ao dia 4 de agosto, em Biên Hòa, no Vietname.

De Portugal, participam frei José Nunes e frei Filipe Rodrigues, e este sábado, 13 de julho, os capitulares vão escolher o seu novo Mestre Geral para um mandato de nove anos.

CB

Dez
15
Dom
Braga: Presépio ao vivo de Priscos ajuda na inclusão de reclusos
Dez 15 todo o dia

Braga, 25 nov 2019 (Ecclesia) – O projeto «Mais Natal Priscos» daquela paróquia da Arquidiocese de Braga dá trabalho há 5 anos a reclusos do Estabelecimento Prisional da cidade e vai estar patente ao público de 15 de dezembro a 12 de janeiro.

No âmbito de um protocolo assinado entre a paróquia e a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), o padre João Torres, responsável pelo projecto «Mais Natal Priscos» e pároco de Priscos, considera que se trata de uma iniciativa inovadora “para dar mais dignidade à vida dos reclusos”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A reintegração social de reclusos “necessita de mais recursos humanos, tecnológicos, mais programas e, sobretudo mais financiamento para que os reclusos consigam refletir sobre a vida no geral, mas essencialmente acerca dos motivos que os levaram a cometer crimes e repensar nos objetivos para o futuro”.

No «Presépio ao Vivo de Priscos», os reclusos cumprem um horário de trabalho entre as 08h30 e as 17h00 e são acompanhados por um guarda prisional.

O sacerdote anunciou que os dividendos tirados da solidariedade dos visitantes do Presépio ao Vivo e «a ajuda preciosa» da Câmara de Braga, através do Orçamento Participativo suportam o pagamento aos reclusos, para compensar o trabalho prestado por cada um, na proporção do esforço despendido e em função do número de dias de trabalho.

São cerca de 800 os participantes que dão vida a uma história sempre antiga e sempre nova.

É um espaço com cerca de 30.000 m2 de ocupação e com mais de 90 cenários, com referência às culturas egípcia, judaica, romana, assíria, grega e babilónica.

“Não faltam muitos dos ofícios que existiam no tempo de Jesus: os ferreiros a forjarem e a temperar o ferro, o sapateiro a concertar sandálias rompidas, serradores que cortam lenha, camponeses a organizarem as ferramentas de trabalho, a tecedeira no tear a jogar fios de lã, o oleiro a moldar o barro, a padeira a amassar a farinha, entre tantos outros cenários da época, e, claro, a família de Nazaré a ser família diante das sombras do seu tempo…”, lê-se

LFS

Igreja/Natal: Fernando Santos na inauguração dos Presépios de Garfe
Dez 15 todo o dia

Braga, 15 dez 2019 (Ecclesia) – O treinador da Seleção Portuguesa de Futebol, Fernando Santos, vai participar hoje na inauguração da «Garfe – Aldeia dos Presépios», na Arquidiocese de Braga.

A presente edição apresentará duas dezenas de presépios instalados em diversos lugares desta freguesia do concelho da Póvoa de Lanhoso, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Na ocasião, abrirá também ao público uma grande exposição de presépios com 2600 exemplares, sendo “apontada como a maior do país”.

Fernando Santos é o convidado especial desta 18.ª edição e, segundo o pároco de Garfe, o padre Luís Manuel Peixoto Fernandes, ele irá, “como cristão convicto e exemplar”, falar do Natal e da sua representação nos dias de hoje.

O Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, também deverá marcar presença neste evento.

O programa termina com a visita oficial aos 20 presépios, os quais poderão ser apreciados até ao dia 5 de janeiro de 2020.

LFS

Igreja/Natal: Grupo de jovens «Fé e Obras» faz o «Presépio Vivo de Poiares»
Dez 15 todo o dia

Porto, 27 nov 2019 (Ecclesia) – O grupo de jovens «Fé e Obras» promove mais uma edição do «Presépio Vivo de Poiares» nos dias 08, 15 e 22 de dezembro e 05 de janeiro que terá lugar na antiga Escola Primária de Poiares (Peso da Régua), Diocese do Porto.

As várias sessões (08, 15 e 22 de dezembro e 05 de janeiro) decorrem sempre entre as 15h30 e as 17h30, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O objetivo deste presépio vivo, visa “colocar Jesus menino no centro do natal de cada um”.

Ali concretiza-se o “mistério cristão” que se desenvolve “num ambiente de alegria” e este presépio mostra “a relação que existe entre Cristo que nasce” e das pessoas que o acolhem de “braços abertos”.

O presépio mostra “todas as cenas bíblicas que antecedem o nascimento do Menino e também o que lhe sucede com a representação de várias cenas e ambientes típicos da época e a participação de mais de uma centena de figurantes”.

LFS

Natal: «Luz da Paz de Belém» chega a Santarém
Dez 15 todo o dia

Iniciativa mobiliza escuteiros em todo o paísLisboa, 15 dez 2019 (Ecclesia) – A Luz da Paz de Belém vai chegar a Portugal, este domingo, vinda da Áustria, para ser partilhada por milhares de pessoas até à véspera do Natal, em todo o território nacional.

Sob o mote “Serviço, o amor em ação”,” mais de 70 mil escuteiros são “desafiados a recolher a Luz da Paz de Belém nas cerimónias locais e a partilhar a chama com lares e centros de dia, centros de saúde e de cuidados continuados, corporações de bombeiros, Cruz Vermelha e hospitais, com as Forças de Segurança e instituições de comunicação social das suas localidades”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O texto explica que depois de recolhida na Gruta da Basílica da Natividade, em Belém por uma criança austríaca, a Luz da Paz de Belém é partilhada em Viena por representantes de dezenas de países.

A chama é trazida para Portugal, por uma delegação de escuteiros do Corpo Nacional de Escutas, chegando, este ano, à Igreja de Santa Clara, em Santarém.

Esta iniciativa teve início em 1986, pelas mãos da Austrian Broadcasting Company, como parte de uma ação de caridade para ajudar crianças em dificuldades na Áustria e países vizinhos.

Desde 1989 que tem sido concretizada em cooperação entre Escuteiros e Guias de vários países, o que permite que a Luz seja partilhada pela Europa e fora dela, ganhando, assim, um âmbito global.

OC

Igreja/Família: Celebração da bênção de grávidas na Sé de Braga
Dez 15@11:30

Braga, 12 Dez 2019 (Ecclesia) – O Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, preside no próximo domingo, dia 15 de dezembro, na catedral, a uma celebração de bênção de grávidas, integrada na Eucaristia das 11h30.

A escolha desta data prende-se com o facto do III Domingo de Advento ser o mais próximo da Festa de Nossa Senhora do Ó ou Nossa Senhora da Expectação, que se celebra a 18 de dezembro.

A Arquidiocese de Braga convida todas as grávidas e os pais dos bebés que aguardam o nascimento, assim como outros familiares, a marcarem presença nesta celebração que já é uma tradição da Igreja de Braga.

O presidente da Associação Famílias, Carlos Aguiar Gomes, um dos principais impulsionadores do ritual da bênção de grávidas na Arquidiocese de Braga, adianta que nesta celebração será benzida uma imagem da Senhora do Ó para ficar ao culto na Catedral.

Trata-se de uma réplica de uma imagem do século XVIII, mais pequena, que está no Museu da Sé.

LFS

Igreja/Natal: «Peças de fôlego» em concerto natalício na Sé de Lisboa
Dez 15@15:00

Lisboa, 10 Dez 2019 (Ecclesia) – O Coro Regina Coeli de Lisboa e o Ensemble da Banda da Armada vão interpretar duas “peças de fôlego”, dia 15 deste mês, às 15h00, na Sé de Lisboa, «Lauda per la Nativitá del Signore» e o «Gloria».

A primeira (“Lauda per la Nativitá del Signore”) é um marco da música sacra europeia, da autoria do compositor italiano Otorrino Respighi, conhecido pelas suas obras orquestrais e poemas sinfónicos, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA

O «Gloria» de John Rutter, que embora tendo um texto litúrgico, foi imaginado como uma peça de concerto.

Rutter baseou a sua composição em vários cânticos gregorianos que utilizam este texto e divide a peça em três secções, numa estrutura análoga à de uma sinfonia.

Uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Lisboa e a Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC)

LFS

Publicações: Lançamento da obra «Coletânea de Estudos Antonianos»
Dez 15@15:00

Lisboa, 11 Dez 2019 (Ecclesia) – A obra «Coletânea de Estudos Antonianos» de Henrique Pinto Rema vai ser lançada, dia 15 deste mês, às 15h00, no Museu de Lisboa – Santo António.

Com apresentação de Maria de Lurdes Sirgado Ganho, a obra «Coletânea de Estudos Antonianos» tem prefácio de Guilherme d´ Oliveira Martins, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta obra é a primeira publicação editada pelo Centro de Estudos de Investigação de Santo António do Museu de Lisboa – Santo António que reúne os principais artigos escritos pelo “mais importante investigador antoniano português”, Henrique Pinto Rema.

LFS

Igreja/Música: Concerto de Natal da Academia de Música de Santa Cecília
Dez 15@21:00

Lisboa, 14 nov 2019 (Ecclesia) – A Basílica do Palácio Nacional de Mafra vai acolher, dias 14 e 15 de dezembro, às 21h00, o 3º Concerto de Natal da Academia de Música de Santa Cecília (Lisboa).

Neste concerto participa um coro “constituído por 250 crianças e jovens dos 10 aos 17 anos e uma orquestra de cordas de alunos da escola, a soprano Ana Paula Russo e ainda o conjunto, único no mundo, dos seis órgãos da Basílica de Mafra”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

No programa estão representados vários compositores nacionais e estrangeiros, destacando-se a obra «Seus braços dão Vida ao mundo», sobre um poema de José Régio, da autoria da jovem Francisca Pizarro, aluna finalista do Curso Secundário de Composição da Academia de Música de Santa Cecília.

Este evento assume especial importância não apenas pela singularidade do conjunto dos seis órgãos do Palácio Nacional de Mafra, mas também pelo elevado número de jovens músicos envolvidos.

A Academia de Música de Santa Cecília é uma escola de ensino integrado de música, com um modelo de ensino que, pela sua estrutura e qualidade, potencia o prosseguimento de estudos a nível superior nas mais variadas áreas, musicais ou outras.

LFS

Dez
16
Seg
Coimbra: Cáritas diocesana promove campanha «Natal Solidário»
Dez 16 todo o dia

Coimbra, 04 Dez 2019 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Coimbra, através do seu Centro de Apoio Social (CAS), está a promover a campanha «Natal Solidário 2019», que este ano decorre até ao dia 16 de dezembro.

Esta iniciativa anual é “já uma tradição do CAS”, que pretende, desta forma, angariar “bens para rechear os cabazes de Natal que serão entregues a cerca de 200 famílias em situação de carência económica”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Em 2018, a Cáritas Diocesana de Coimbra conseguiu angariar “produtos suficientes para compor cabazes que chegaram a 205 famílias”.

A generosidade da comunidade permitiu apoiar no total 645 pessoas, destacando as 260 crianças que receberam um presente, lê-se na nota

Os cabazes serão compostos por diversos bens, como: açúcar, farinha, azeite, óleo, atum, salsichas, feijão/grão, produtos hortícolas, leite, bolachas, cereais, queijo, compota/mel, bolo-rei, bacalhau e produtos de higiene.

A pensar nos mais novos, a Cáritas Diocesana de Coimbra também recebe brinquedos/presentes para colocar nos cabazes das famílias com filhos.

LFS

Igreja/Natal: Bispo do Funchal vai presidir a «Missas do Parto»
Dez 16@6:00

Funchal,  Madeira, 11 Dez 2019 (Ecclesia) – O Bispo do Funchal, D. Nuno Brás, vai presidir a nove «Missas do Parto», uma tradição tão enraizada entre o povo e que marca a preparação do Natal na Madeira.

Este vai ser “o primeiro contato” de D. Nuno Brás com esta tradição daquela ilha, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

No dia 15 deste mês, pelas 06h00, o bispo vai presidir na Paróquia do Curral das Freiras; no dia seguinte e à mesma hora vai estar na Paróquia da Encarnação e a 17 deste mês na Paróquia de São Martinho.

A Paróquia do Campanário recebe o bispo dia 18 deste mês; a celebração na Paróquia de Santo Amaro, às 06h30, é no dia 19 de dezembro.

As três últimas missas do parto deste ano presididas por D. Nuno Brás são na Paróquia da Nazaré, Paróquia do Imaculado Coração de Maria e Paróquia da Sé (respetivamente).

LFS

Dez
17
Ter
Igreja/Natal: «Click To Pray» propõe campanha de oração
Dez 17 todo o dia

Lisboa, 12 Dez 2019 (Ecclesia) – A plataforma oficial de oração da Rede Mundial de Oração do Papa, «Click To Pray», propõe, de 17 de dezembro a 1 de janeiro, uma campanha de oração para o Advento e para o Natal baseada no seu itinerário espiritual: o Caminho do Coração.

Para que o Advento e o Natal não sejam apenas tempos litúrgicos que se repetem no calendário, «Click To Pray», propõe o “percurso diário para a novena e oitava de Natal”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta proposta será partilhada e rezada nos sete idiomas do Click To Pray (português, inglês, italiano, francês, espanhol, alemão e chinês) e ao participar nesta campanha os utilizadores “rezam com mais de dois milhões de pessoas em todos o mundo”.

Englobando a novena e a oitava de Natal, a campanha «Do Advento ao Natal – um Caminho do Coração» propõe diariamente um conjunto de imagens e uma reflexão apresentada a partir de citações bíblicas e de frases do Papa Francisco.

O percurso encontra-se dividido em duas fases: o Caminho do Coração do Advento e o Caminho do Coração do Natal.

A Rede Mundial de Oração do Papa (RMOP) é uma obra pontifícia confiada à Companhia de Jesus (Jesuítas), com um diretor mundial nomeado pelo Papa.

A RMOP é difundida em Portugal pelo Secretariado Nacional do Apostolado da Oração, a obra da Província Portuguesa da Companhia de Jesus, e tem como diretor o padre António Valério.

LFS

Igreja/Natal: Bispo do Funchal vai presidir a «Missas do Parto»
Dez 17@6:00

Funchal,  Madeira, 11 Dez 2019 (Ecclesia) – O Bispo do Funchal, D. Nuno Brás, vai presidir a nove «Missas do Parto», uma tradição tão enraizada entre o povo e que marca a preparação do Natal na Madeira.

Este vai ser “o primeiro contato” de D. Nuno Brás com esta tradição daquela ilha, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

No dia 15 deste mês, pelas 06h00, o bispo vai presidir na Paróquia do Curral das Freiras; no dia seguinte e à mesma hora vai estar na Paróquia da Encarnação e a 17 deste mês na Paróquia de São Martinho.

A Paróquia do Campanário recebe o bispo dia 18 deste mês; a celebração na Paróquia de Santo Amaro, às 06h30, é no dia 19 de dezembro.

As três últimas missas do parto deste ano presididas por D. Nuno Brás são na Paróquia da Nazaré, Paróquia do Imaculado Coração de Maria e Paróquia da Sé (respetivamente).

LFS