Calendário

Jan
23
Dom
Açores: Igrejas celebram semana de oração pela unidade dos cristãos
Jan 23 todo o dia

«Somos interpelados para o diálogo com outras Igrejas Cristãs» – Monsenhor José Constância

Angra do Heroísmo, Açores, 08 jan 2022 (Ecclesia) – A Diocese de Angra incentivou as paróquias ao “espírito ecuménico” e vai assinalar a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022 com duas celebrações, nos dias 23 e 25, em Ponta Delgada e em Santa Cruz das Flores.

“Para nos ajudar a todos em diocese e agora ainda mais que na dimensão diocesana do Sínodo dos Bispos em 2023, somos interpelados para o diálogo com outras Igrejas Cristãs”, disse monsenhor José Constância, divulga o portal ‘Igreja Açores’.

Em nome do Serviço Diocesano para o Diálogo Ecuménico e Inter-Religioso de Angra, o sacerdote apelou ao “espírito ecuménico e em unidade” de todas as paróquias açorianas.

O sítio online da Diocese de Angra informa que se as condições sanitárias da pandemia Covid-19 permitirem a Diocese de Angra vai ter, pelo menos, duas celebrações na Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022, a 23 de janeiro, no Centro Pastoral Pio XII, em Ponta Delgada, e no dia 25, em Santa Cruz das Flores.

“Vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo” é a passagem do Evangelho de Mateus (Mt 2, 2) que serve de mote ao tema do Oitavário de oração 2022, que vai ser assinalado de 18 a 25 de janeiro, no hemisfério norte.

“Nunca como nestes tempos difíceis sentimos a necessidade de uma luz que vença as trevas, e essa luz, como proclamam os cristãos, se manifestou em Jesus Cristo para dar testemunho comum na terra onde Cristo viveu e ressuscitou”, lê-se nos materiais preparados pelo Conselho das Igrejas do Oriente Médio (MECC), com sede no Líbano.

Os cristãos do Oriente Médio explicam que oferecem estes recursos para o Oitavário de oração “conscientes de que o mundo partilha muitos dos problemas e dificuldades” que eles experimentam, e anseiam por “uma luz que aponte o caminho para o Salvador que pode vencer as trevas”, como a pandemia global Covid-19, “a permanente crise económica” e o fracasso das estruturas políticas, económicas e sociais “na proteção aos mais fracos e vulneráveis destacaram a necessidade global de uma luz que brilhe na escuridão”.

Os subsídios para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022 já estão disponíveis nos sítios online do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos (Santa Sé) e do Conselho Ecuménico de Igrejas.

CB

Jan
25
Ter
Açores: Igrejas celebram semana de oração pela unidade dos cristãos
Jan 25 todo o dia

«Somos interpelados para o diálogo com outras Igrejas Cristãs» – Monsenhor José Constância

Angra do Heroísmo, Açores, 08 jan 2022 (Ecclesia) – A Diocese de Angra incentivou as paróquias ao “espírito ecuménico” e vai assinalar a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022 com duas celebrações, nos dias 23 e 25, em Ponta Delgada e em Santa Cruz das Flores.

“Para nos ajudar a todos em diocese e agora ainda mais que na dimensão diocesana do Sínodo dos Bispos em 2023, somos interpelados para o diálogo com outras Igrejas Cristãs”, disse monsenhor José Constância, divulga o portal ‘Igreja Açores’.

Em nome do Serviço Diocesano para o Diálogo Ecuménico e Inter-Religioso de Angra, o sacerdote apelou ao “espírito ecuménico e em unidade” de todas as paróquias açorianas.

O sítio online da Diocese de Angra informa que se as condições sanitárias da pandemia Covid-19 permitirem a Diocese de Angra vai ter, pelo menos, duas celebrações na Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022, a 23 de janeiro, no Centro Pastoral Pio XII, em Ponta Delgada, e no dia 25, em Santa Cruz das Flores.

“Vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo” é a passagem do Evangelho de Mateus (Mt 2, 2) que serve de mote ao tema do Oitavário de oração 2022, que vai ser assinalado de 18 a 25 de janeiro, no hemisfério norte.

“Nunca como nestes tempos difíceis sentimos a necessidade de uma luz que vença as trevas, e essa luz, como proclamam os cristãos, se manifestou em Jesus Cristo para dar testemunho comum na terra onde Cristo viveu e ressuscitou”, lê-se nos materiais preparados pelo Conselho das Igrejas do Oriente Médio (MECC), com sede no Líbano.

Os cristãos do Oriente Médio explicam que oferecem estes recursos para o Oitavário de oração “conscientes de que o mundo partilha muitos dos problemas e dificuldades” que eles experimentam, e anseiam por “uma luz que aponte o caminho para o Salvador que pode vencer as trevas”, como a pandemia global Covid-19, “a permanente crise económica” e o fracasso das estruturas políticas, económicas e sociais “na proteção aos mais fracos e vulneráveis destacaram a necessidade global de uma luz que brilhe na escuridão”.

Os subsídios para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022 já estão disponíveis nos sítios online do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos (Santa Sé) e do Conselho Ecuménico de Igrejas.

CB