Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Dez
19
Qui
Coimbra: Livro «Duzentos e setenta e um» assinala 271 anos do Seminário com momentos do presente
Dez 19@20:00

Obra com 34 fotografias mostra o «coração da diocese» num «processo de requalificação»

Coimbra, 14 dez 2019 (Ecclesia) – O Seminário Maior de Coimbra vai apresentar o livro “Duzentos e setenta um”, para assinalar os 271 do lançamento da primeira pedra da construção da casa, com fotografias que mostram o seminário na atualidade a ganhar «novas configurações.

“Trata-se de um registo fotográfico de Hugo Costa Marques com 34 fotos. Um fotógrafo que convidámos a ‘viver’ connosco durante alguns meses, a conhecer a nossa realidade. Quisemos ser vistos por um olhar diferente, uma objetiva que não fosse a nossa”, afirma o reitor do Seminário Maior de Coimbra.

O padre Nuno Santos refere também que as fotos são comentadas “por pessoas que cruzam estes espaços diariamente”, onde realizam “atividades da pastoral”.

Para o reitor do Seminário de Coimbra, a obra oferece uma “pequena viagem visual relida por quem arriscou ‘comentar’ cada foto”, unindo “o espaço à espiritualidade, a foto à vida, a casa à identidade, a terra ao céu”, e de uma forma breve, uma “espécie de tweet”.

Para o padre Nuno Santos, o livro “Duzentos e setenta e um” é uma “oportunidade para registar um momento desta casa, um ‘presente’, espaços que entretanto irão ganhar novas configurações”.

“Queremos neste registo deixar transparecer a vida que se vive hoje neste casa, a luz que entra por estas janelas, o silêncio que se ouve nestes corredores, a beleza que se descobre a cada esquina, a música que dá vida a este espaço, a riqueza cultural e espiritual que suporta este edifício, a fé que alimenta e que marca todo este ritmo”, afirma o reitor do seminário na introdução à obra.

No texto que apresenta as 34 fotografias e suas legendas, para assinalar o lançamento da primeira pedra da casa, que aconteceu no dia 16 de julho de 1748, o padre Nuno Santos sublinha que, 271 anos depois, estão “muito empenhados no processo de requalificação” do Seminário Maior de Coimbra

“Animados pelo desafio e entusiasmo do nosso Bispo, D. Virgílio Antunes, queremos melhorar as condições existentes para continuarmos a cumprir a nossa missão de ‘coração da Diocese’, de lugar de discernimento vocacional, de espaço de formação espiritual e teológica, de lugar de acolhimento para quem ‘passa’ e quer encontrar-se com Deus”, acrescenta o reitor do Seminário de Coimbra.

O livro-fotografia vai ser apresentado no dia 19 de dezembro, quinta-feira, no Seminário Maior de Coimbra, pelas 20h00, durante o jantar de Natal; a edição terá 500 exemplares e pode ser adquirida essencialmente no Seminário, presencialmente ou encomendando.

PR