Calendário

Jan
25
Seg
Viana do Castelo: Encontro sobre «Pandemia: Crise Litúrgica?»
Jan 25_Jan 29 todo o dia

Viana do Castelo, 11 Jan 2021 (Ecclesia) – O encontro de Pastoral Litúrgica da Diocese de Viana do Castelo, a realizar de 25 a 29 deste mês, tem como tema «Pandemia: Crise Litúrgica?».

A iniciativa diocesana que vai decorrer “totalmente em formato on-line” vai divulgar, durante esta semana, o programa do encontro «Pandemia: Crise Litúrgica?», realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Devido à pandemia do COVID-19, a Conferência Episcopal Portuguesa em sintonia com a Direção Geral de Saúde (DGS) têm normas para evitar o contágio e este encontro obedece às normas.

LFS

Jan
26
Ter
Educação: Escolas Católicas promovem formação sobre «liderança na pandemia»
Jan 26 todo o dia

Lisboa, 19 Jan 2021 (Ecclesia) – A Associação Portuguesa de Escolas Católicas (APEC) promove, a 26 de janeiro, uma formação online sobre «liderança ética em contexto escolar de pandemia».

Com início pelas 12h00 e sob orientação de Vítor Cotovio, psiquiatra, a iniciativa realiza-se com recurso à plataforma Zoom, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

“Esta formação insere-se no atual contexto pandémico que provocou uma significativa alteração dos estados emocionais dos membros das comunidades educativas gerando sentimentos de ordem diversa e de difícil gestão pessoal”, explica a organização em comunicado.

Para a APEC, as situações “de medo, insegurança, ansiedade, incerteza” atingem hoje as comunidades educativas e exigem a “identificação de modos de abordagem favorecedores de uma estabilidade emocional, no quadro de uma vida levada em esperança e confiança”.

As inscrições decorrem até ao próximo dia 23 de janeiro em formulário disponível Online.

LFS

Lisboa: Formação Permanente do Clero sobre «Ler a “Fratelli Tutti” no Ano “Laudato Si”»
Jan 26_Jan 27 todo o dia

Lisboa, 26 Jan 2021 (Ecclesia) – A Jornada de Formação Permanente do Clero do Patriarcado de Lisboa realiza-se hoje e quarta-feira, através da via digital, e tem como tema «Ler a Fratelli Tutti no Ano «Laudato Si».

«O que aconteceu à nossa Casa Comum nestes cinco anos?» é o tema da conferência desta manhã, às 11h00, por Francisco Ferreira e, uma hora depois, Luisa Schmidt falará sobre «Cuidar da Casa Comum depois da Pandemia».

Esta quarta-feira, o presidente da Caritas Internationalis, cardeal Luis António Tagle aborda o tema “Responder ao clamor da Terra e ao clamor dos pobres: somos todos irmãos” e as jornadas encerram com a conferência do cardeal Manuel Clemente sobre «Laudato Si e Fratelli Tutti: Indicações pastorais».

LFS

Jan
27
Qua
JMJ Lisboa 2023: Símbolos da Jornada Mundial da Juventude vão ser acolhidos na Sé de Lisboa, em janeiro
Jan 27 todo o dia

Cerimónia vai decorrer no dia 27, quando se assinalam dois anos do anúncio da escolha do Papa

Lisboa, 23 dez 2020 (Ecclesia) – Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ),  a cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora, vão ser acolhidos pelo Comité Organizador Local (COL) e pelas dioceses portuguesas numa celebração marcada para o próximo dia 27 de janeiro, na Sé de Lisboa.

Esta celebração, dois anos após o anúncio da escolha do Papa Francisco para a próxima Jornada Mundial da Juventude, que se realiza em Lisboa, é uma “data simbólica” deste “grande encontro de jovens”, realça um nota enviada à Agência ECCLESIA.

Para que as normas de segurança em vigor na data sejam cumpridas, vão estar presentes “apenas os representantes de cada diocese e os membros do COL”, mas a celebração vai ser transmitida “através das plataformas digitais”.

A cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani foram entregues à delegação portuguesa a 22 de novembro, domingo de Cristo Rei, numa celebração presidida pelo Papa Francisco, no Vaticano ,e desde que chegaram a Lisboa, os símbolos “têm permanecido na Sé e, assim que possível, vão iniciar a peregrinação prevista pelos PALOP, comunidades portuguesas, Espanha e dioceses nacionais”.

Para preparar a JMJ 2023, em Lisboa, as dioceses portuguesas, através dos Comités Organizadores Diocesanos (COD), promovem todos os meses, nos dias 23, atividades motivadoras para este evento mundial.

Em Lisboa, os «Leigos para o Desenvolvimento» preparam uma oração especial para este tempo, que olha, também, para a dimensão missionária que existe no Natal.

«Velam durante a noite: não dormem, mas fazem aquilo que Jesus nos pedirá várias vezes: vigiar (cf. Mt 25, 13; Mc 13, 35; Lc 21, 36) é o mote desta iniciativa que decorre às 21h00 e pode ser acompanhada nas páginas de Facebook do Serviço da Juventude do Patriarcado de Lisboa ou no canal de YouTube do Patriarcado de Lisboa.

O COD da Guarda prepara, para esta noite (21h00) a iniciativa «2 ou 3 a 23!» centrada na frase bíblica Mt (18,20) “onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no meio deles”.

Um testemunho que convida à oração: “Tu és a porta pela qual quero entrar na descoberta de Deus-Amor: na descoberta de que sou amado e chamado a amar”.

Em Coimbra, o COD vai promover, às 21h30, através das plataformas digitais, a partir da Sé Velha, uma atividade preparada pela equipa dos Convívios Fraternos da Diocese de Coimbra, uma «viagem» rumo à Jornada Mundial da Juventude 2023.

“Vamos voltar a viver e rezar com a JMJ no coração de cada um de nós”, referem os promotores da atividade na Diocese de Coimbra.

Na Ilha da Madeira, o COD vai realizar esta noite (20h00), na Igreja do Colégio (Funchal), a partilha da «Luz de Belém».

“Traz a tua tshirt JMJ e uma vela, e deixa que esta Luz ilumine o teu Natal”, solicita os organizadores.

LFS

 

UCP: Simpósio Luso-Brasileiro sobre «Religião, mobilidade e cidadania» em Braga
Jan 27_Jan 29 todo o dia

Braga, 26 Jan 2021 (Ecclesia) – Na Universidade Católica Portuguesa, Polo Regional de Braga, vai realizar-se, de 27 a 29 deste mês, o Simpósio Luso-Brasileiro sobre «Religião, Mobilidade e Cidadania».

Esta iniciativa é organizada pelo Centro de Investigação em Teologia e Estudos de Religião (CITER), o Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos (CEFH), ambos da Universidade Católica Portuguesa e o Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Ao longo dos três dias, vários investigadores vão refletir sobre «Religião, Mobilidade e Território: Urbanização e Metropolização»; «Religiões, Fronteiras e Hospitalidade»; «Religião e Cidadania: Entre o Particularismo e o Universalismo»; «Identidades Religiosas e Transnacionalidade» e «Práticas Culturais em Contexto de Diversificação Religiosa».

LFS

Catequese: Secretariado Nacional promove formação sobre o itinerário «Ser Catequista»
Jan 27@21:00_22:00

Lisboa, 14 jan 2021 (Ecclesia) – O Departamento de Catequese do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) está a promover uma formação de formadores sobre o itinerário “Ser catequista”, com participantes das várias dioceses de Portugal.

De acordo com um comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a formação promovida pelo SNEC, que decorre nas plataformas digitais, iniciou esta quarta-feira, dia 13 de janeiro, e termina no 24 de março, com sessões semanais.

Os temas da formação de formadores vão ser apresentados pelo padre Tiago Neto, Maria Luísa Boléo, padre José António Gonçalves, padre José Henrique Pedrosa, irmã Raúla Margarida Abreu, Isabel Oliveira, diácono Paulo Campino e Cristina Sá Carvalho

A formação termina com um fórum de reflexão e debate, no dia 24 de março, para “tirar dúvidas, fazer propostas, avaliar formação e materiais”.

Calendário e Formadores

13 janeiro – Introdução à formação inicial “Ser Catequista” – Padre Tiago Neto
20 janeiro – Catequese 1 – Maria Luísa Boléo
27 janeiro – Catequese 4 – Padre José António Gonçalves
03 fevereiro – Catequese 5 – Padre José Henrique Pedrosa e Irmã Raúla Margarida Abreu
10 fevereiro – Síntese das Catequeses 2, 3, 6 e 7 – Maria Luísa Boléo
17 fevereiro – Catequese 8 – Isabel Oliveira
24 fevereiro – Catequese 9 – Diácono Paulo Campino
03 março – Catequese 11 – Cristina Sá Carvalho
10 março – Síntese das Catequeses 10 e 12 – Maria Luísa Boléo
17 março – Pausa: propõe-se que os Secretariados mobilizem os formandos para uma tarefa catequética.
24 março – Fórum para reflexão e debate – Cristina Sá Carvalho

PR

Lisboa: Mesa redonda sobre a «Economia de Francisco» na Capela do Rato
Jan 27@21:30

Lisboa, 22 Jan 2021 (Ecclesia) – Na Capela do Rato, em Lisboa, vai realizar-se, dia 27 deste mês, às 21h30, através da plataforma Zoom, uma mesa redonda sobre a «Economia de Francisco».

Esta iniciativa conta com a participação de dois elementos no evento realizado em Assis, Itália, Rita Sacramento Monteiro e Francisco Maia e de dois gestores: José Theotónio e Paulo Lopes, refere o programa enviado à Agência ECCLESIA.

A conversa sobre “as pistas e os caminhos para uma economia mais humana e justa” conta também com a participação do franciscano frei Hermínio Araújo.

No início do mês de maio de 2019, o Papa Francisco, inspirado em São Francisco de Assis, dirigiu uma carta aos jovens de todo o mundo, desafiando-os a prepararem e a realizarem um encontro, tendo como grande propósito o lançamento de bases para uma transformação económica, mais centrada na Pessoa Humana, da mesma forma que virada para o cuidado do nosso planeta, a nossa “casa comum”.

Foi deste modo que o Papa propôs, aos jovens do século XXI, uma reflexão sobre a economia e toda a sociedade, à luz da mensagem de Francisco de Assis.

A adesão “foi imediata” e, durante um ano e meio, os jovens de todo o mundo prepararam com grande entusiasmo este Encontro, dando origem a uma plataforma mundial de reflexão onde reuniram variados contributos e linhas orientadoras de ação, para uma economia “mais humana” e um futuro mais sustentável.

Ao longo de três dias, de 19 a 21 de Novembro de 2020, os jovens participantes escutaram e interpelaram diversas personalidades do mundo Económico, da Filosofia, da Teologia, do mundo empresarial, assim como do ativismo cívico e social.

Para participar nesta iniciativa da Capela do Rato: Link para entrada na sessão zoom é: https://us02web.zoom.us/j/81469155308?pwd=T2g1R00zV1FYTnJzME93ZnR4UnY4UT09 e ID da reunião: 814 6915 5308 e Senha de acesso: 966193.

LFS

Jan
28
Qui
Igreja/Educação: «Scholas Occurrentes» organiza diálogo sobre «Vale tudo a pena ganhar?»
Jan 28@17:00

Lisboa, 26 Jan 2021 (Ecclesia) – A «Scholas Occurrentes», Organização Internacional de Direito Pontifício, através da sua área desportiva internacional, em parceria com a Câmara Municipal de Cascais (Portugal) organiza, dia 28 deste mês, uma conversa sobre futebol e valores entre duas personalidades do futebol internacional.

Os ex-jogadores de futebol Paulo Sousa (Portugal) e Gianluca Zambrotta (Itália) vão falar às 17h00 (Lisboa), 18h00 (Roma), em modo virtual e através da plataforma Zoom, sobre «Vale tudo para ganhar?», realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

“Como transmitir os valores do desporto no futebol de hoje?” é uma questão que os ex-jogadores vão responder em conjunto com treinadores de escolas de futebol, alunos e professores de Portugal e Itália.

Mario del Verme, coordenador do Scholas Sport Italia, e Edgardo Zanolli, coordenador do projeto da escola Milan Soccer, são os moderadores da conversa.

O encontro conta com o apoio da Federação Italiana de Futebol e do Instituto Italiano da Cultura de Lisboa.

O encontro que vai ser realizado em italiano, com tradução simultânea em português, necessita de registo prévio.

A ‘Scholas Occurrentes’ é uma Organização Internacional de Direito Pontifício que foi aprovada pelo Papa a 13 de agosto de 2013; está presente em 190 países nos cinco continentes e integra meio milhão de redes educativas.

Em Portugal, a Fundação Scholas Occurrentes tem sede em Cascais, na antiga escola Conde Ferreira, no centro histórico.

Arte, desporto e tecnologia são os pilares do programa educativo da Fundação ‘Scholas Occurrentes’ que utiliza a educação para promover mudanças sociais e nasceu em Buenos Aires, há cerca de 20 anos, por vontade do então arcebispo dessa cidade argentina, D. Jorge Mario Bergoglio, hoje Papa Francisco.

LFS

 

Igreja/formação: Missionários promovem ciclo de conferências «Ao entardecer…»
Jan 28@21:00

Lisboa, 20 Jan 2021 (Ecclesia) – Os Institutos Missionários Ad Gentes (IMAG) e os animadores dos IMAG promovem um novo ciclo de conferências, em janeiro, abril e julho, intitulado «Ao entardecer…».

A primeira conferência, dia 28 deste mês, às 21h00, através da plataforma Zoom, é sobre «Ao Entardecer…A Ousadia da Fragilidade» e tem como intervenientes Álvaro Ayres Pereira, diretor do Serviço de Infeciologia do Hospital de Santa Maria, e o irmão Vítor Lameiras, provincial da Ordem Hospitaleira dos Irmãos de São João de Deus, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta iniciativa foi pensada como espaço de reflexão e ação aberto a todos que desejem (re)pensar a missão nestes tempos de pandemia, nas áreas da saúde, da solidariedade social e da arte.

A abertura deste ciclo de conferências será feita pelo D. Armando Esteves Domingues, Presidente da Comissão Missão e Nova Evangelização.

“Ao entardecer, debruçado pela janela”, se colocava também Alberto Caeiro (heterónimo de Fernando pessoa) e também nós nos debruçamos atentos para ler o que vivemos hoje num horizonte mais amplo de serviço ao Deus que ama e cuida da humanidade, realça a nota.

As próximas sessões realizam-se a 29 de abril com o tema «Ao Entardecer…A cultura do encontro» e a 29 de julho sobre «Ao Entardecer… Retratar ou reinventar?».

LFS

Jan
29
Sex
Igreja/Formação: Carmelitas Descalços promovem workshop sobre música e espiritualidade
Jan 29_Jan 31 todo o dia

Porto, 06 Jan 2021 (Ecclesia) – A Ordem dos Carmelitas Descalços em Portugal promove, de 29 a 31 deste mês, no Convento de Avessadas (Marco de Canaveses – Porto) um workshop sobre música e espiritualidade que vai ser orientado pelo frei Francisco Braguês.

O Centro de Espiritualidade sediado no Convento de Avessadas foi inaugurado no ano 1984 e foi “pioneiro na oferta a toda a Igreja Portuguesa de um excelente espaço para retiros, em grupos e a título individual, semanas e encontros de espiritualidade, acolhimento a grupos pastorais das mais variadas entidades da Igreja, a peregrinações e outros eventos culturais”, lê-se no site da ordem.

A Ordem dos Carmelitas Descalços em Portugal encontrou neste centro “uma porta aberta para comunicar o rico património espiritual que recebeu dos seus fundadores e demais mestres de vida espiritual”.

LFS

Lisboa: Exposição «Diálogo na Sé» de Moita Macedo inaugurada por D. Manuel Clemente
Jan 29 todo o dia

Lisboa, 29 out 2020 (Ecclesia) – O Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, inaugurou a exposição «Diálogo na Sé» que está patente, de 26 de outubro a 29 de janeiro, no Tesouro da Sé de Lisboa.

A “Cruz de Cristo” é o elemento pictórico central na exposição de Moita Macedo e na inauguração D. Manuel Clemente disse que as obras expostas “dialogam com a exposição [permanente] da antiga Patriarcal e até de peças mais antigas” e “valorizam muito o conjunto”.

“É uma continuidade, porque Moita Macedo incorporou, na sua arte pictórica, elementos cristãos essenciais, sobretudo o mais essencial de todos, figurado de vários modos, que é a Cruz”, sublinhou D. Manuel Clemente, valorizando a escolha da Sé para o local de exposição das obras.

“Isto é um lugar de culto e, por isso, é um lugar da cultura”, salientou.

Para o curador da exposição, Santiago Macias, esta mostra é também “uma homenagem” que se presta a Moita Macedo, “num mês simbólico, quando cumpriria 90 anos” e pela data escolhida para a inauguração da exposição (dia seguinte ao aniversário de dedicação da Sé).

“Moita Macedo foi um grande pintor e um homem militante, a vários níveis, e teve sempre a concretização do sonho dos seus ideais como a meta última”, assegurou.

Das 29 obras selecionadas que estão expostas junto aos objetos do Tesouro da Sé e para além dos “Cristos”, destacam-se também “algumas imagens mais gestualistas” que pretendem estar “em confronto com aquilo que são os relicários e imagens sagradas que a Sé de Lisboa tem”, verificou o curador da exposição, lembrando “a forma apaixonada” com que Moita Macedo (1930-1983), tendo “uma existência muito curta”, se expressou não só pela pintura, mas também pela poesia, deixando uma “notável obra”.

LFS

Jan
30
Sáb
Covid-19: Catequese de Leiria com propostas para o confinamento
Jan 30 todo o dia

 

Leiria, 19 Jan 2021 (Ecclesia) – O Serviço Diocesano de Catequese de Leiria-Fátima considera que, neste período de confinamento devido à pandemia, não existe a “obrigatoriedade de cancelar os encontros presenciais de catequese”.

Os encontros de catequese “podem/devem manter-se sempre que os espaços e demais condições assim o permitirem” e o secretariado convida as comunidades e catequistas a apostarem “na via digital” como alternativa possível ao regime presencial, lê-se num comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

“No caso de não ser possível realizar os encontros presenciais, sejam feitos por via digital, apostando sempre num acompanhamento próximo das crianças ou adolescentes e suas famílias”, afirma.

O diretor do SDC de Leiria-Fátima, padre José Henrique Pedrosa, reforça a ideia “que os catecismos da infância têm sempre uma proposta, em cada catequese, chamada «Em Família» que, para além de uma síntese da catequese, procura envolver os pais na caminhada dos filhos” e que o cancelamento da mesma deve ser um último recurso.

“Em último caso, não havendo possibilidade de ser realizada presencialmente, nem por via digital, poderá ser cancelada”.

Neste caso, continuando com o princípio essencial de acompanhamento, “será bom que se possam enviar propostas para os catequizandos/famílias realizarem em casa, tendo em conta a caminhada catequética que o grupo está a viver, podendo privilegiar a escuta da Palavra, a oração pessoal e familiar”.

LFS

Braga: Encontro «Clique ao Toque» dedicado ao «diálogo entre a vida e a fé nos dispositivos digitais»
Jan 30@9:30_18:00

Lisboa, 11 dez 2020 (Ecclesia) – A Faculdade de Teologia e o Centro de Investigação em Teologia e Estudos de Religião, da Universidade Católica Portuguesa, estão a organizar o encontro ‘Clique ao Toque’ 2021, que vai ter duas sessões, a 30 de janeiro e 20 de fevereiro.

“Esta iniciativa assume que a educação religiosa, num contexto cultural fortemente influenciado pelos dispositivos eletrónicos articulados em rede, pode ser percebida como algo que radica no mais íntimo de cada indivíduo e que reconfigura a sua forma de ver e perceber o mundo, que dá um novo sentido”, explica a organização.

‘O diálogo entre a vida e a fé nos dispositivos digitais’ é o tema da 6ª edição do ‘Clique ao Toque’ que “foi pensado para ser presencial” mas, “no contexto de crise pandémica”, se a situação não o permitir as comunicações e os workshops vão privilegiar “o regime de videoconferência com recurso à Plataforma Zoom-Colibri”.

O encontro foi estruturado em duas sessões e vai realizar-se nos dias 30 de janeiro e 20 de fevereiro de 2021, entre as 09h30 e as 18h00.

Segundo a organização, nos workshops vão ser apresentadas “algumas práticas e propostas de utilização dos recursos digitais para a educação e evangelização”, e a formação é creditada pelo CCPFC.

Os coordenadores do evento são os professores Luís Figueiredo Rodrigues e Sónia Catarina da Silva Cruz, da Faculdade de Teologia que com o Centro de Investigação em Teologia e Estudos de Religião está a organizar o 6º ‘Clique ao Toque’, com o apoio do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC), da Conferência Episcopal Portuguesa

“Todas as informações” sobre este encontro podem ser consultadas online, bem como a realização da inscrição.

CB

Jan
31
Dom
Covid-19: Catequese de Leiria com propostas para o confinamento
Jan 31 todo o dia

 

Leiria, 19 Jan 2021 (Ecclesia) – O Serviço Diocesano de Catequese de Leiria-Fátima considera que, neste período de confinamento devido à pandemia, não existe a “obrigatoriedade de cancelar os encontros presenciais de catequese”.

Os encontros de catequese “podem/devem manter-se sempre que os espaços e demais condições assim o permitirem” e o secretariado convida as comunidades e catequistas a apostarem “na via digital” como alternativa possível ao regime presencial, lê-se num comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

“No caso de não ser possível realizar os encontros presenciais, sejam feitos por via digital, apostando sempre num acompanhamento próximo das crianças ou adolescentes e suas famílias”, afirma.

O diretor do SDC de Leiria-Fátima, padre José Henrique Pedrosa, reforça a ideia “que os catecismos da infância têm sempre uma proposta, em cada catequese, chamada «Em Família» que, para além de uma síntese da catequese, procura envolver os pais na caminhada dos filhos” e que o cancelamento da mesma deve ser um último recurso.

“Em último caso, não havendo possibilidade de ser realizada presencialmente, nem por via digital, poderá ser cancelada”.

Neste caso, continuando com o princípio essencial de acompanhamento, “será bom que se possam enviar propostas para os catequizandos/famílias realizarem em casa, tendo em conta a caminhada catequética que o grupo está a viver, podendo privilegiar a escuta da Palavra, a oração pessoal e familiar”.

LFS

Escutismo: CNE propõe «Muda o Chip» com a figura de São Paulo
Jan 31 todo o dia

Lisboa, 08 Jan 2021 (Ecclesia) – A Secretaria Nacional Pedagógica do Corpo Nacional de Escutas (CNE) apresentou a dinâmica do Patrono da IV Secção, São Paulo, que permitirá viver esta “grande figura ao longo do ano escutista”, de forma continuada permitindo um enriquecimento das Caminhadas/Campanhas/Missões e outros projetos.

Esta dinâmica «Muda o Chip!? Vai ter cinco fases: “Pensa no que queres mudar”, Assume uma contrariedade…”, “Une laços e muda o chip”, “Levanta-te e vai” e “Ora por ti, por quem te rodeia mas principalmente por quem mais precisa”, realça um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

A inscrição deverá ser realizada até 31 de janeiro, conforme as indicações da Equipa Nacional da IV Secção.

O CNE apela à participação nesta dinâmica que pretende proporcionar aos Caminheiros/Companheiros/Aeronautas momentos de reflexão individual e que os leva, “à semelhança de São Paulo, a mudarem o chip sempre que descobrirem que a direção está errada”, lê-se.

LFS