Calendário

Out
25
Dom
Algarve: Diocese vai dinamizar ‘Semana Conviva’ online
Out 25_Out 31 todo o dia

Foto Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Faro, 09 set 2020 (Ecclesia) – O diretor espiritual do Movimento dos Convívios Fraternos (MCF) na Diocese do Algarve anunciou uma ‘Semana Conviva’, de 25 a 31 de outubro, aos 42 convivas que participaram no encontro nacional este ano realizado online e nas Igrejas locais.

O padre António de Freitas explicou que a ‘Semana Conviva’ vai ser promovida sobretudo através dos meios digitais “com pequenos testemunhos, pequenas partilhas e um momento de oração” mas pode incluir um encontro presencial, com “uma eucaristia, uma vigília ou uma adoração”, informa o jornal diocesano ‘Folha do Domingo’.

O movimento juvenil dos Convívios Fraternos promoveu o 47.º encontro nacional, com o tema “#Ao Encontro”, no sábado, dia 5 de setembro, este ano em formato online mas com um programa que incluia uma Eucaristia presencial nas dioceses.

Foto Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O diretor espiritual do Movimento dos Convívios Fraternos (MCF) na Diocese do Algarve questionou os 42 convivas que participaram na Missa na igreja das Ferreiras ondem “andam os outros convivas” das suas paróquias ou que fizeram o encontro com eles e incentivou-os a “irem procurar quem afastou do movimento”.

“Vamos à procura dos outros. Este tempo de pandemia não pode anular a nossa preocupação de ir ao encontro uns dos outros”, afirmou o padre António de Freitas.

“Jesus pede que profetizemos, que anunciemos o seu amor aos outros. A cada um de nós Jesus pede este movimento de irmos ao encontro dos outros”, acrescentou.

O sacerdote incentivou os convivas a realizarem nas suas paróquias um encontro mensal “para adorar Jesus na Eucaristia, para partilhar algum tema da vida ou da palavra de Deus” e para colocarem “à consideração dos outros as dificuldades na vida da fé”.

Neste contexto, o diretor espiritual do MCF na Diocese do Algarve pediu também que em cada paróquia os convivas criem “uma rede de contactos para que seja mais fácil partilharem com todos os outros o que vai acontecendo”.

“Que possamos levar daqui a coragem, o entusiasmo e a força para nos começarmos a relançar. Não podemos continuar a viver cada um no seu sítio com os medos, as fugas. Lancemo-nos para a frente. Cristo está connosco e conta connosco”, desenvolveu o padre António de Freitas, realçando que a comunidade, a eucaristia e a oração “são fundamentais na vida de um cristão e de um conviva”.

Foto Samuel Mendonça/Folha do Domingo

“Sem oração, eucaristia e comunidade perdemo-nos. Ninguém sozinho consegue fazer bem o caminho”, observou o diretor espiritual do Movimento dos Convívios Fraternos na Diocese do Algarve, divulga o jornal diocesano ‘Folha do Domingo’.

Os Convívios Fraternos nasceram a 17 de maio de 1968, em Castelo Branco, da visão pastoral do padre Valente de Matos; A Conferência Episcopal Portuguesa aprovou os estatutos do movimento a 1 de março de 2010.

O movimento juvenil católico dirige-se a adolescentes e jovens a partir dos 16 anos a quem proporciona um retiro de três dias, em três etapas: No encontro com Deus, no encontro intrapessoal e com os outros que estão a viver a mesma experiência.

CB

Out
28
Qua
Franciscanos: Oito encontros sobre a encíclica «Fratelli Tutti»
Out 28 todo o dia

Torres Vedras, 19 Out 2020 (Ecclesia) – Os oito capítulos da nova encíclica do Papa Francisco, «Fratelli Tutti», vão ser comentados em oito encontros, no Convento do Varatojo dos Franciscanos, em Torres Vedras (Patriarcado de Lisboa).

A leitura documentada da encíclica é feita por frei Hermínio Araújo, OFM, guardião do Convento de Santo António do Varatojo e realiza-se todas as quartas-feiras de 28 de outubro a 16 de dezembro, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Devido à pandemia, a organização pede às pessoas que se inscrevem no evento para o espaço estar preparado.

LFS

Algarve: Acolhimento de novos alunos e bênção do traje no início do ano académico
Out 28@21:00

Foto Jornal Folha do Domingo (arquivo)

Faro, 20 out 2020 (Ecclesia) – A Capelania da Universidade do Algarve (UAlg) vai dinamizar a Missa de abertura do ano académico 2020/2021 desta instituição de Ensino Superior às 21h00 do próximo dia 28, na igreja matriz de São Pedro, em Faro.

O jornal diocesano ‘Folha do Domingo’ informa que a Eucaristia com bênção do traje dos estudantes universitários e acolhimento aos novos alunos da academia vai ser presidida pelo cónego Carlos César Chantre, capelão da Capelania da UAlg.

No contexto da atual pandemia do coronavírus Covid-19, a organização adianta que é “obrigatório o uso de máscara” na Missa que conta com uma “participação presencial limitada” na igreja matriz de São Pedro, em Faro, no dia 28 de outubro.

O jornal da Diocese do Algarve ‘Folha do Domingo’ informa ainda que vai transmitir a celebração, que começa às 21h00, na sua página na rede social Facebook.

CB

Educação Cristã: «Tenho uma deficiência. Catequese, onde estás?» é tema para encontro online
Out 28@21:00_23:00

Lisboa, 21 out 2020 (Ecclesia) – O Serviço Pastoral a Pessoa com Deficiência (SPPD) vai promover um encontro online sobre o tema da catequese.

«Tenho uma deficiência. Catequese, onde estás?» é a pergunta para para o diálogo entre os participantes, a partir da a presentação de duas experiências, a de uma catequista, Ana Faria, da Diocese de Coimbra, e a de um pai, Fernando Ferreira Pinto.

O encontro é realizado em parceria com a Agência ECCLESIA e moderado pelo jornalista Paulo Rocha.

D. José Traquina, presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana encerra o encontro, que vai decorrer na plataforma zoom.

O encontro é aberto a todos, sendo necessário preencher o formulário de inscrição, disponível da página da internet do  SPPD.

O debate sobre a catequese para pessoas com deficiência é o terceiro encontro promovido pelo Serviço Pastoral a Pessoa com Deficiência, no contexto da pandemia Covid-19: o primeiro decorreu no dia 18 de junho, sobre o tema “Pessoas com deficiência e Covid-19: cuidadas ou esquecidas?”; depois, a 22 de julho, o segundo tema foi “Férias 2020 e Pessoas extraordinárias – Como viver este tempo de (des)confinamento?”.

PR

Out
29
Qui
Missões: Ciclo de conferências «A falta que um rosto faz!» desafia a pensar no «valor do outro»
Out 29@21:00_22:00

Lisboa, 29 set 2020 (Ecclesia) – A Igreja católica assinala o mês de outubro missionário e convida à participação de um ciclo de conferências, «A falta que um rosto faz!», onde o cardeal José Tolentino Mendonça e o bispo de Lamego irão participar.

“Neste momento de pandemia que vivemos, a tempestade que vivemos é inesperada e realmente estamos a sentir a falta e proximidade do rosto do outro. É uma oportunidade para repensar que sem o outro não fazemos sentido, deixamos de ter sentido. É em redação com o outro que ganhamos valor”, explica à Agência ECCLESIA o padre Simão Pedro, presidente dos Animadores Missionários dos Institutos Missionários Ad Gentes, ANIMAG, que está a organizar o mês que a Igreja católica dedica às missões.

A primeira conferência, na noite de 1 de outubro, vai ter como orador D. António Couto, bispo de Lamego, que vai partir da mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Missões 2020, e “refletir sobre a transformação «de “eu” para “eis-me aqui!”»”.

No dia 8, a encenadora Matilde Trocado vai refletir sobre «As Expressões de Proximidade”.

A especialista em Intervenção Social, Rita Valadas é a conferencista convidada da sessão seguinte, no dia 15, para refletir sobre o tema «O outro diante de mim».

O professor da Universidade Católica, Juan Ambrósio, será o convidado na sessão no dia 22 dedicada a «Desmascarar a missão».

O ciclo de conferências termina na noite de 29 de outubro, com o cardeal, teólogo e poeta, D. José Tolentino Mendonça, que convida a refletir sobre «As palavras da missão».

As conferências realizam-se todas as quintas-feiras, às 21 horas, sendo a participação “aberta e gratuita, mediante inscrição prévia, até 31 de setembro”, explica a organização.

Esta iniciativa resulta de uma parceria dos Institutos Missionários Adgentes (IMAG) e dos ANIMAG (Animadores dos Institutos Missionários Adgentes), em colaboração com as Obras Missionárias Pontifícias (OMP).

O Guião Missionário 2020/2021 apresenta, nas suas sugestões, uma reflexão sobre economia e ecologia, a partir do pensamento do Papa.

“Pensar na origem do que consumimos diariamente, na relação com os companheiros de missão e comunidade que integramos, como integramos todo este estilo de vida nas atividades pastorais são algumas das dimensões a ter em conta, quando se quer experimentar vida e missão integradas”, pode ler-se.

A celebração do Dia Mundial das Missões acontece anualmente no terceiro domingo de outubro (18 de outubro, em 2020); os donativos recolhidos nas missas destinam-se a apoiar o trabalho das OMP.

Na sua mensagem para o 94.º Dia Mundial das Missões, o Papa assume que a pandemia de Covid-19 deve ser um “desafio também para a missão da Igreja”.

“Desafia-nos a doença, a tribulação, o medo, o isolamento. Interpela-nos a pobreza de quem morre sozinho, de quem está abandonado a si mesmo, de quem perde o emprego e o salário, de quem não tem abrigo e comida”, escreve Francisco, num texto com o título ‘Eis-me aqui, envia-me’.

OC/LS

Solidariedade: Sessão de esclarecimento dos «Leigos para o Desenvolvimento» em Lisboa.
Out 29@21:00

Lisboa, 19 Out 2020 (Ecclesia) – Os «Leigos para o Desenvolvimento» vão realizar, dia 29 deste mês, uma sessão de esclarecimento sobre a sua proposta de voluntariado nacional e internacional, no Centro Universitário Padre António Vieira, às 21h00, em Lisboa.

Com o lema «Os teus likes não mudam nada. Mas o teu tempo pode transformar o mundo!», esta sessão têm como objetivo “apresentar os projetos dos Leigos para o Desenvolvimento, traçar o perfil do voluntário e o plano de formação para a missão”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

No total vão ser realizadas 6 sessões de apresentação em vários pontos do país – Braga, Coimbra, Évora, Lisboa, Porto e pela primeira vez uma sessão online – e destinam-se a jovens interessados numa experiência missionária em África e em Portugal, com idades compreendidas entre os 21 e os 45 anos, pelo período mínimo de um ano.

Além disso, há sempre a possibilidade “de trocar experiências com voluntários que chegaram de missão, colocar questões e pedir esclarecimentos” sobre os Leigos para o Desenvolvimento, a missão e os projetos desenvolvidos pela associação.

Os Leigos para o Desenvolvimento são uma ONGD católica, que trabalha há mais de 30 anos em prol do desenvolvimento integral e integrado em países de expressão portuguesa.

Atualmente conta com projetos em Angola, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, atuando preferencialmente na área da Formação e Educação, da Dinamização e Organização Comunitária, Empreendedorismo e Empregabilidade, Capacitação de Agentes Locais, Promoção do Voluntariado e Pastoral.

LFS

Portugal: Faculdade de Teologia promove jornada prática, numa edição online
Out 29@21:30

Lisboa, 24 ago 2020 (Ecclesia) – A Faculdade de Teologia (FT), da Universidade Católica Portuguesa (UCP), vai promover a Jornada de Teologia Prática 2020, sobre ‘o apelo do essencial’, uma edição online de 8 de outubro a 19 de novembro.

A Jornada de Teologia Prática começa com o tema ‘música na demandada do essencial’, a 8 de outubro, e termina no dia 19 de novembro com ‘regressar a casa’, uma edição através dos meios digitais que se realizar todas as quintas-feiras, a partir das 21h30.

A partir do tema geral ‘o apelo do essencial’, a iniciativa promovida pela Faculdade de Teologia vai desenvolver-se diversos temas como: O tempo oportuno – o evangelho da crise (15 outubro); ‘uma Igreja pobre, para os pobres’ (22 outubro), ‘o elogio da ascese’ (29 outubro); ‘uma ecologia do essencial’ (5 novembro); ‘regressar à palavra’ (12 novembro).

Na informação divulgada online, a organização informa que as inscrições, também através dos meios digitais, começam a 7 de setembro.

A Jornada de Teologia Prática 2020 tem a coordenação científica e organização dos professores Alfredo Teixeira e João Eleutério (FT-Lisboa) e Luís Miguel Figueiredo Rodrigues (FT–Braga).

A 10.ª edição do encontro de reflexão, que se ia realizar presencialmente em Braga e Lisboa, no mês de março, foi adiada por causa da pandemia Covid-19.

CB

UCP: Jornada de Teologia Prática sobre «O Apelo do Essencial»
Out 29@21:30

Lisboa, 11 Set 2020 (Ecclesia) – Este ano, a X Jornada de Teologia Prática tem como tema «O Apelo do Essencial» e decorre todas as quintas-feiras, pelas 21h30, entre 08 de outubro e 19 de novembro, em ambiente digital.

As inscrições para esta iniciativa da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa (UCP) já estão a decorrer e pode ser concretizada até 6 de outubro de 2020, mediante a submissão de formulário online, disponível na página do evento.

No contexto de crise que vive, a Jornada de Teologia Prática assume, nesta décima edição, uma forma de “comunicação diferente, privilegiando o ambiente digital”, no canal YouTube da Faculdade de Teologia, lê-se.

Os coordenadores da iniciativa são os professores Alfredo Teixeira e João Eleutério (FT-Lisboa) e Luís M. Figueiredo Rodrigues (FT-Braga).

LFS

Out
30
Sex
Fátima: Escola do Santuário propõe retiro sobre confiança neste tempo de pandemia
Out 30_Nov 1 todo o dia

Foto: Santuário de Fátima

Fátima, 19 Out 2020 (Ecclesia) – A Escola do Santuário de Fátima propõe, para o fim-de-semana de 30 de outubro a 1 de novembro, o retiro “Não tenhais medo”, sobre a questão da confiança a partir da prática da vidente Lúcia de Jesus.

O encontro que se realiza na Casa de Retiros de Nossa Senhora das Dores abre possibilidades de “renovação pessoal da confiança, sob o olhar da Senhora de Fátima e na luz da sua Mensagem”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Através da “partilha de experiências e do silêncio orante”, o encontro parte de uma abordagem sobre “a fragilidade humana, que a atual pandemia agudizou”, para apontar “possibilidades de renovação pessoal da confiança, sob o olhar da Senhora de Fátima e na luz da sua mensagem”.

A proposta estabelece um paralelo entre as “tribulações” da vida de Lúcia e as “interrogações existenciais” que este tempo levanta, para, a partir do exemplo da “confiança filial” que a vidente praticou ao longo de um itinerário de vida, apontar “um caminho interior de procura do sentido da vida no horizonte de Deus”, realça a nota

O retiro tem início às 19h00 de sexta-feira, com a receção e acolhimento e termina às 15h00 de domingo, com a Missa, na Basílica da Santíssima Trindade.

LFS

Out
31
Sáb
Aveiro: ORBIS lança campanha «Costuro, e reinvento o meu futuro!»
Out 31 todo o dia

Aveiro, 19 out 2020 (Ecclesia) – A ORBIS – Cooperação e Desenvolvimento lançou a campanha «Costuro, e reinvento o meu futuro!» para apoiar as mães moçambicanas através de um curso de costura.

Esta Organização Não Governamental para Desenvolvimento (ONGD), que surgiu do amadurecimento do serviço de voluntariado missionário promovido e organizado pela Diocese de Aveiro, está a angariar donativos para apoiar aquelas populações e potenciar o trabalho e apoio que é feito in loco pelas Irmãs Palotinas e alargar a ajudar a mais famílias que se encontram em situações de fome e desespero, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Os donativos podem ser efetuados para a conta da ORBIS, com o IBAN PT50 0033 0000 45394224319 05.

Para referência, o curso de costura, os materiais necessários e a deslocação das mamãs são cerca de 8500 meticais (99€); um fardo de roupa e calçado para vender custa 3500 meticais (40€); um cabaz de produtos alimentares essenciais custa 1000 meticais (11€).

LFS

Leiria-Fátima: Jovens começam ano pastoral com animação do encontro «cuméquié?»
Out 31@15:30

Leira, 14 out 2020 (Ecclesia) – O Serviço da Pastoral Juvenil da Diocese de Leiria-Fátima vai iniciar o novo ano pastoral 2020/2021 com a iniciativa ‘CUMÉQUIÉ?’, a partir das 15h30 do próximo dia 31 de outubro, no seminário.

“Se já conheces o formato, sabes que te espera uma tarde de encontros e descobertas, com muita animação à mistura. Se não conheces… de que estás à espera? Este foi mesmo feito a pensar em ti”, afirma a Pastoral Juvenil de Leiria-Fátima.

Na informação enviada hoje à Agência ECCLESIA, pelo Gabinete de Informação e Comunicação da Diocese de Leiria-Fátima, o Serviço da Pastoral Juvenil destaca que quem acha que já sabe “a missa de cor e salteado” sobre este encontro “talvez” fique surpreendido com o que ainda tem “para descobrir”.

A iniciativa ‘CUMÉQUIÉ?’ para jovens sozinhos ou em grupo, com “mais de 15 anos”, começa com o acolhimento, a partir das 15h30, do dia 31 de outubro, no Seminário de Leiria, e do programa constam diversas atividades, o jantar (19h30) e a Eucaristia/Shemá, às 20h30.

A organização informa que as inscrições terminam no próximo dia 26 mas podem “ser encerradas antes”, dependendo do número de inscritos.

O Serviço da Pastoral Juvenil da Diocese de Leiria-Fátima garante o “cumprimento de todas as normas e orientações” da DGS – Direção-geral de Saúde, em relação à pandemia Covid-19, e pede a “colaboração e atenção” dos participantes para detalhes como não ser permitida a realização de jantar partilhado, e a quem quiser pode ser fornecido o jantar “mediante o pagamento de 3,00€”, para além do uso obrigatório “de máscara durante toda a atividade”.

CB/OC

Publicações: Lançamento da Revista «Reflexão Cristã» dedicada à economista Manuela Silva
Out 31@15:30

Foto Agência ECCLESIA

Lisboa, 27 Out 2020 (Ecclesia) – O Centro de Reflexão Cristã (CRC) está a celebrar 45 anos e este sábado, 31 de outubro, às 15h30, terá lugar na igreja do Convento de São Domingos, em Lisboa, uma celebração de ação de graças e o lançamento do número duplo da revista «Reflexão Cristã» dedicado à economista Manuela Silva.

“Tal como anunciado em janeiro, por ocasião do tributo a Manuela Silva, o número duplo da revista Reflexão Cristã é dedicado à economista, fundadora do Centro de Reflexão Cristã (CRC), falecida em outubro do ano passado”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O número atual abre com um texto de D. Manuel Clemente, patriarca de Lisboa e conta com textos de José Leitão, Fernando Gomes da Silva, Guilherme d’Oliveira Martins, Isabel Allegro de Magalhães, Carlos Farinha Rodrigues, Rita Veiga, Jorge Braga de Macedo, Maria Luísa Ribeiro Ferreira, Pedro Vaz Patto, Maria Regina Tavares da Silva, Maria do Rosário Carneiro, Ana Cardoso e Inês Espada Vieira, bem como com os depoimentos de Jorge Miranda e de José Mattoso, lê-se.

A revista conta ainda com uma recensão ao livro «Resiliência, Criatividade e Beleza», escrita por João Miguel Almeida, e com uma biografia de Manuela Silva.

É também reeditado um texto da sua autoria, “Um convite à leitura do Livro de Job”.

A fechar, reproduzem-se os primeiros estatutos do CRC e apresentam-se os nomes dos sócios fundadores.

A celebração será concelebrada por frei Bento Domingues, o.p., pelo padre Peter Stilwell e por frei Filipe Rodrigues, o.p e serão respeitadas todas as normas de saúde em vigor e devido às restrições de circulação entre concelhos haverá transmissão em direto através do canal de Youtube do CRC.

LFS

Nov
1
Dom
Aveiro: Celebração de Todos os Santos e Fiéis Defuntos sem missas nos cemitérios
Nov 1_Nov 2 todo o dia

Foto Agência ECCLESIA/LFS – Cemitério

Aveiro, 07 Out 2020 (Ecclesia) – O Conselho de Arciprestes da Diocese de Aveiro decidiu que a celebração de Todos os Santos e Fiéis Defuntos não terá missas nos cemitérios.

O conselho, constituído pelos arciprestes, vigário geral e responsáveis dos diversos setores pastorais (do seminário à liturgia, da pastoral juvenil à pastoral social), e presidido pelo Bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, esteve reunido no dia 01 deste mês e decidiu também em relação aos dias de Todos os Santos e Fiéis Defuntos, respetivamente, 1 e 2 de novembro, que “as celebrações de domingo serão nas Igreja, embora, quem tenha espaços largos e suficientes e respeitando as normas da DGS, as distâncias determinadas, o uso de máscaras e a desinfeção das mãos, o possa fazer ao ar livre”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Os sacerdotes devem “ir aos cemitérios, rezar pelos defuntos da sua paróquia, mas sem determinar a hora” e as indicações emanadas da reunião devem ser “comunicadas a toda a Diocese”, realça o documento.

Como a Igreja “não tem autoridade sobre os cemitérios”, por isso “a sua abertura ou não depende das autoridades civis, neste caso as Juntas de Freguesia ou as Câmaras Municipais”, completa.

LFS

Braga: Evitar os aglomerados na celebração dos Fiéis Defuntos e revitalizar as “coisas esquecidas”
Nov 1_Nov 2 todo o dia

Braga, 13 out 2020 (Ecclesia) – O Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, escreveu, esta terça-feira, uma mensagem por ocasião da celebração dos Fiéis Defuntos onde pede que “o aglomerado de familiares à volta das sepulturas deverá ser substituído pela revitalização de coisas já esquecidas”

A mensagem do Arcebispo de Braga afirma que a circunstância actual deve ser aproveitada para se refletir “mais profundamente” e refere a redescoberta da família “como Igreja doméstica” para falar da oração – como da caridade – como uma forma de “revitalizar” a devoção, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

D. Jorge Ortiga diz que a ligação aos entes falecidos “passa pela oração, na eucaristia e na vida pessoal e familiar, pelas esmolas e por todas as experiências de caridade” – mais valiosas “que todas as flores, círios ou sepulturas ornamentadas”, alertando também para as “alminhas” que hoje estão abandonadas e que esta é uma oportunidade para as recuperar, “restituindo o significado que sempre tiveram: o convite à oração”.

O Arcebispo de Braga estabelece, na mensagem, o cancelamento das celebrações comunitárias nos cemitérios – assim como relembra a proibição de procissões e romagens –, mas pede aos sacerdotes que, sem aviso prévio, se desloquem aos cemitérios para que, “pessoalmente e como pastores das comunidades, rezem por todas as pessoas falecidas”.

Para D. Jorge Ortiga, todo o mês de Novembro “deveria ser aproveitado para frequentes visitas aos cemitérios”, sempre a evitar os aglomerados, “com a consciencialização de que, com eles, teremos de percorrer um caminho de santidade”.

A vida “deve ser encarada como um projeto de santidade” e que “estes momentos de alguma anormalidade” devem ajudar a ultrapassar a questão da “preponderância do culto dos mortos sobre a vocação à santidade” que os dois primeiros dias de Novembro “deveriam sublinhar”. Por outras palavras, “celebrar os mortos terá de ser sempre um apelo à santidade”.

“A pandemia, perante a vulnerabilidade e precariedade da vida, convida-nos a redescobrir o sentido da vida e a nossa ligação aos entes falecidos”, escreveu.

LFS

Coimbra: Última sessão «Diálogos com António 2020» sobre «Ninguém fica para trás»
Nov 1 todo o dia

Coimbra, 13 out 2020 (Ecclesia) – A revista Mensageiro de Santo António, em coordenação com a Comissão do Jubileu 2020 dos Mártires de Marrocos e da Vocação Franciscana de Santo António, promove o último diálogo, dia 01 de novembro, sobre o tema «Ninguém fica para trás».

Esta iniciativa, com início às 16h00, realiza-se na Sala do Capítulo do Mosteiro de Santa Cruz, em Coimbra, “com distanciamento físico (lugares limitados) e via videoconferência com transmissão nas redes sociais”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Carlos João Diogo; Filipa Pires Almeida; frei Domingos Celebrin e D. Luíz Fernando Lisboa são os oradores desta sessão com moderação de Sónia Neves, jornalista da Agência ECCLESIA.

Ao longo do diálogo, os conferencistas vão refletir sobre «Quem são os pobres na Bíblia? Dia Mundial do Pobre»; «As raízes da pobreza e da desigualdade»; «A pandemia apanhou-nos de surpresa como um ladrão – e agravou a pobreza e as desigualdades»; «Trabalho / Emprego / Dignidade / Fratelli Tutti» e «Passos a caminho da utopia: a erradicação da pobreza».

LFS