Calendário

Mar
27
Sex
Igreja/Cultura: Vaticano aposta em festival internacional de teatro para refletir sobre «O Ser Humano do Futuro»
Mar 27_Mar 29 todo o dia

Evento vai decorrer em Roma entre 27 e 29 de março de 2020

Cidade do Vaticano, 29 mai 2019 (Ecclesia) – O Conselho Pontifício da Cultura, do Vaticano, em parceria com o Vicariato de Roma, vai promover na capital italiana um festival internacional de teatro dedicado ao tema ‘O Ser Humano do Futuro’.

De acordo com um comunicado do organismo da Santa Sé, enviado hoje à Agência ECCLESIA, a iniciativa decorre entre 27 e 29 de março de 2020 e resulta das reflexões que o Conselho Pontifício da Cultura tem feito sobre esta questão, nomeadamente durante a assembleia plenária que em 2017 dedicou ao tema ‘O futuro da humanidade’.

A intenção é mostrar “espetáculos centrados na relação entre o homem e as novas fronteiras científico-tecnológicas”, com a noção de que a relação entre o humano, a técnica e a ciência “adquiriram hoje novas e totalmente inesperadas implicações no plano ético, religioso, social e filosófico”.

“Das intervenções sobre o princípio e o fim da vida humana às alterações climáticas, da genética à inteligência artificial, passando pelas novas fronteiras científicas e tecnológicas, o ser humano é agora chamado a rever o seu papel no mundo”, refere o comunicado do dicastério da Santa Sé para a Cultura.

Que recorda no mesmo texto a tentação que tem marcado o Homem, de procurar “condicionar e dobrar de maneira irreversível as forças da natureza”, de “ultrapassar os seus próprios limites”, de “buscar a imortalidade” ou mesmo de “se tornar Deus”.

O festival internacional de teatro sobre ‘O Ser Humano do Futuro’ vai ser acolhido pela basílica de S. João de Latrão e por vários espaços ainda por definir, e pretende apresentar ao público trabalhos que expressem “em chave poética e artística” as temáticas que estão em cima da mesa, nas “mais diversas formas linguísticas”.

A Santa Sé abriu um concurso para a eleição dos trabalhos que irão depois integrar o certame, sendo que os interessados deverão enviar as suas obras para análise do júri até dia 15 de outubro, através do email festivalteatro@cultura.va.

Os trabalhos selecionados para apreciação serão anunciados depois a 15 de novembro e os melhores cinco terão oportunidade de integrar o cartaz o festival internacional e de ser apresentados ao público.

JCP

Mai
14
Qui
Vaticano: Papa marca encontro mundial pela Educação
Mai 14 todo o dia
Vaticano: Papa marca encontro mundial pela Educação

Cidade do Vaticano, 12 set 2109 (Ecclesia) – O Papa convocou hoje um encontro mundial de profissionais ligados ao ensino, marcado para 14 de maio de 2020, com o objetivo de promover um “pacto educativo global” centrado na fraternidade e proteção do planeta.

“É necessário encontrar – segundo uma sã antropologia – outros modos de compreender a economia, a política, o crescimento e o progresso”, assinala, em mensagem divulgada pela sala de imprensa da Santa Sé.

Francisco diz que a iniciativa quer “reavivar o compromisso em prol e com as gerações jovens, renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de escuta paciente, diálogo construtivo e compreensão mútua”.

O evento, que será realizado no auditório Paulo VI, do Vaticano, será precedido por uma série de seminários temáticos, em várias instituições, para acompanhar a preparação do encontro.

O convite é dirigido a quem trabalha no campo da educação, em todos os níveis da lecionação e da pesquisa, aos jovens e a personalidades públicas que ocupem, a nível mundial, lugares de responsabilidade.

OC

Ensino: Papa convoca encontro para promover «pacto educativo global»

Mai
24
Dom
Itália: Papa Francisco vai visitar a Diocese de Acerra
Mai 24 todo o dia

A 24 de maio, no quinto aniversário da Encíclica «Laudato si»

Foto: Ansa

Cidade do Vaticano, 08 fev 2020 (Ecclesia) – O Papa Francisco vai visitar a Diocese italiana de Acerra, “no centro das regiões poluídas entre Nápoles e Caserta”, a 24 de maio, no quinto aniversário da sua Encíclica ‘Laudato si – sobre o cuidado da casa comum’.

“A presença do Papa Francisco em nossas terras, e em particular na nossa Diocese de Acerra, é uma graça especial. O Papa vem ouvir, com os bispos, especialmente das dioceses mais afetadas pela poluição, o sofrimento da nossa gente e para recordar as outras ‘Terras de Fogo’ existente na Itália”, disse o bispo Antonio Di Donna, divulga o sítio online ‘Vatican News’.

No sítio na internet da Diocese de Acerra, o prelado bispo destaca que a visita pastoral do Papa é um “evento histórico”: “Uma injeção de confiança e esperança para as famílias, de modo especial para as crianças e jovens atingidos por doenças”.

“Dará nova vida ao caminho que as dioceses da Conferência Episcopal da Campânia já estão seguindo para educar os cristãos, adultos e crianças para a justiça, a paz e a salvaguarda da criação”, desenvolveu, assinalando que no quinto aniversário da encíclica ‘Laudato si – sobre o cuidado da casa comum’, vão poder “verificar” o acolhimento do “documento profético” do Papa Francisco.

Para o bispo Antonio Di Donna, visita papal “é um forte apelo às instituições” para que “finalmente a verdade possa ser estabelecida” nos territórios e “seja garantido um verdadeiro desenvolvimento”, que coloque no centro o homem, o seu desenvolvimento integral, compatível com a vocação agrícola, arqueológica e turística fundamental e original da região.

O ‘Vatican News’ contextualiza que a agricultura já foi colocada diversas em quarentena pelo governo italiano devido à contaminação do solo e do lençol freático provocada pelas lixeiras e pela queima de detritos e produtos tóxicos, na zona delimitada pela região da Campânia – entre as Cidades de Nápoles e Caserta, por isso conhecida como ‘Terra do Fogo’.

CB

Mai
31
Dom
Vaticano: Papa vai visitar Malta a 31 de maio, dia de Pentecostes
Mai 31 todo o dia

Viagem acontece 10 anos depois da viagem de Bento XVI

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 10 fev 2020 (Ecclesia) – O Papa Francisco vai visitar as ilhas de Malta e Gozo a 31 de maio, anunciou hoje o Vaticano.

A visita de um dia, domingo de Pentecostes, acontece a convite da Presidência da República e da Igreja Católica no arquipélago.

Em 2019, o Papa Francisco recebeu no Vaticano Marie-Louise Coleiro Preca, presidente de Malta, onde foram abordados temas como as migrações no Mediterrâneo, a cooperação para o desenvolvimento e o diálogo inter-religioso.

O programa detalhado será divulgado futuramente, indica a sala de imprensa da Santa Sé.

O logótipo da visita a Malta mostra as mãos a apontar para uma cruz de um navio à mercê das ondas.

“As mãos representam um sinal de boas-vindas do cristão ao seu próximo e de ajuda àqueles que estão em dificuldade, abandonados à sua sorte, lembrando a história dramática do naufrágio do apóstolo Paulo na ilha de Malta”, explica o portal ‘Vatican News’.

Já este ano, em duas das audiências públicas semanais, o Papa ressaltou a hospitalidade do povo maltês, ao falar do naufrágio que levou São Paulo a desembarcar na ilha.

O último pontífice a ter visitado Malta, um dos países com maior percentagem de católicos na Europa, tinha sido Bento XVI, em abril de 2010.

São João Paulo II esteve no arquipélago em 1990 e 2001.

OC

Nov
21
Sáb
Vaticano: Encontro sobre «Economia de Francisco» em Assis
Nov 21 todo o dia

Lisboa, 02 mar 2020 (Ecclesia) – A organização do evento «Economia de Francisco», convocado pelo Papa para a cidade italiana de Assis, anunciou que o encontro vai realizar-se a 21 de novembro.

O encontro é organizado pela Diocese de Assis, pelo Instituto Seráfico, pelo Município de Assis e pela Economia de Comunhão, em colaboração com as famílias franciscanas e o Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral (Santa Sé).

O portal de notícias do Vaticano adianta que o Papa Francisco estará em Assis no dia 21 de novembro para se encontrar com jovens que, alguns dias antes, participarão em momentos de diálogo e laboratórios sobre a economia.

A iniciativa deveria decorrer nos dias 26 a 28 de março, mas o impacto da epidemia do COVID-19, a nova estirpe do coronavírus, tornou impossível a reunião de mais de dois mil jovens com menos de 35 anos, provenientes de 115 países, incluindo Portugal.

LFS

Economia de Francisco: «A nossa energia será redobrada com o adiamento» – Ricardo Zózimo