Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Mar
15
Sex
Pastoral Universitária: Estudantes da «Missão País» reúnem em «Missa de Ação de Graças»
Mar 15 todo o dia

Lisboa, 07 mar 2019 (Ecclesia) – O projeto católico ‘Missão País’ está a organizar Eucaristias para os seus estudantes universitários agradecerem “o Dom de Deus” e o que viveram durante a semana de missão, nas Diocese de Coimbra, Lisboa e Porto.

A primeira Missa está marcada para este domingo, dia 10 março, no Colégio Rainha Santa Isabel, na Diocese de Coimbra, e o programa, das 17h30 às 20h30, prevê a apresentação do Teatro ‘Missão País’.

Na próxima semana, é na igreja de São Domingos, no Patriarcado de Lisboa, que se vão reunir os missionários universitários num programa que inclui “adoração e Missa de ação de Graças”, respetivamente na sexta-feira e sábado, isto é, entre as 18h00, de 15 de março, até às 13h00 do dia seguinte.

A Sé do Porto recebe os seus estudantes para a ‘Missa de Ação de Graças Missão País’ a partir das 17h30 do domingo, dia 17 deste mês.

A ‘Missão País’ é um projeto católico de universitários que tem como objetivo “levar Jesus às Universidades e evangelizar Portugal” através do testemunho da fé, do serviço e da caridade.

‘E se conhecesses o dom de Deus’ foi o lema deste ano que mobilizou 3200 missionários em 55 missões.

As missões de cada faculdade são lideradas por uma equipa de chefes, responsáveis pelo projeto na sua faculdade e pelo grupo de 50 missionários, e ficam três anos em cada localidade.

A iniciativa do Movimento Apostólico de Schoenstatt, com o propósito de “inspirar gerações que vivam a fé Católica em Missão”, começou com 20 jovens missionários universitários em 2003; em 2015 foram 1800 os missionários organizados em 35 missões, realizadas a nível nacional.

Desde a sua criação já se realizaram 154 missões, segundo dados da Comissão Episcopal Laicado e Família, da Conferência Episcopal Portuguesa, de 2017.

CB

 

Portugal: A Missão País tem o poder de deixar um «legado de juventude católica»

Viana do Castelo: Ação de formação bíblica para professores de EMRC
Mar 15 todo o dia

Viana do Castelo, 14 mar 2019 (Ecclesia) – O Secretariado Diocesano da Educação Cristã (SDEC) de Viana do Castelo organiza, esta sexta-feira, uma ação de formação sobre «Os textos bíblicos no contexto da aula de EMRC».

A iniciativa, que espera “reunir cerca de 50 professores do grupo 290” pretende “ajudar os docentes a integrarem o texto Bíblico na sua prática”, disse ao site Educris Lígia Pereira do SDEC.

A formação inicia-se pelas 09h30 com uma “análise hermenêutica de textos bíblicos em contexto de aula de EMRC” e de tarde os trabalhos são orientados pelo padre Pablo Lima, com uma apresentação das “Últimas 7 palavras de Jesus Cristo” e possibilidade de “interpretação do texto Bíblico aos conteúdos e aprendizagens essenciais da disciplina”.

Para além dos docentes de EMRC, de tarde, juntam-se aos trabalhos “elementos da pastoral diocesana” numa partilha de abordagens hermenêuticas que “permite facilitar a distinção necessária na linguagem entre os diferentes campos da pastoral”, reforça a responsável.

A formação realiza-se no Instituto Católico de Viana do Castelo.

LFS

Mar
16
Sáb
Pastoral Universitária: Estudantes da «Missão País» reúnem em «Missa de Ação de Graças»
Mar 16 todo o dia

Lisboa, 07 mar 2019 (Ecclesia) – O projeto católico ‘Missão País’ está a organizar Eucaristias para os seus estudantes universitários agradecerem “o Dom de Deus” e o que viveram durante a semana de missão, nas Diocese de Coimbra, Lisboa e Porto.

A primeira Missa está marcada para este domingo, dia 10 março, no Colégio Rainha Santa Isabel, na Diocese de Coimbra, e o programa, das 17h30 às 20h30, prevê a apresentação do Teatro ‘Missão País’.

Na próxima semana, é na igreja de São Domingos, no Patriarcado de Lisboa, que se vão reunir os missionários universitários num programa que inclui “adoração e Missa de ação de Graças”, respetivamente na sexta-feira e sábado, isto é, entre as 18h00, de 15 de março, até às 13h00 do dia seguinte.

A Sé do Porto recebe os seus estudantes para a ‘Missa de Ação de Graças Missão País’ a partir das 17h30 do domingo, dia 17 deste mês.

A ‘Missão País’ é um projeto católico de universitários que tem como objetivo “levar Jesus às Universidades e evangelizar Portugal” através do testemunho da fé, do serviço e da caridade.

‘E se conhecesses o dom de Deus’ foi o lema deste ano que mobilizou 3200 missionários em 55 missões.

As missões de cada faculdade são lideradas por uma equipa de chefes, responsáveis pelo projeto na sua faculdade e pelo grupo de 50 missionários, e ficam três anos em cada localidade.

A iniciativa do Movimento Apostólico de Schoenstatt, com o propósito de “inspirar gerações que vivam a fé Católica em Missão”, começou com 20 jovens missionários universitários em 2003; em 2015 foram 1800 os missionários organizados em 35 missões, realizadas a nível nacional.

Desde a sua criação já se realizaram 154 missões, segundo dados da Comissão Episcopal Laicado e Família, da Conferência Episcopal Portuguesa, de 2017.

CB

 

Portugal: A Missão País tem o poder de deixar um «legado de juventude católica»

Publicações: Apresentação do livro-CD «As sete últimas palavras de Cristo na cruz»
Mar 16@11:30

Viana do Castelo, 13 mar 2019 (Ecclesia) – As meditações do padre Pablo Lima (sacerdote da Diocese de Viana do Castelo), a música de Franz Joseph Haydn, a interpretação do Quarteto Verazin e a voz do ator e encenador Miguel Guilherme integram o livro-CD «As sete últimas palavras de Cristo na cruz» que vai ser apresentado, às 11h30, dia 16 deste mês.

Esta obra tem a chancela da Paulus Editora e “estas Sete Últimas Palavras de Cristo na Cruz são duras como pedras, suaves como uma carícia, doces como o mel, amargas como uma lágrima, breves como um suspiro, longas como o madeiro… E elas são as derradeiras Palavras da Liberdade”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

«Estas Sete Palavras são as Últimas. “The last but not the least”. As Últimas; mas, em ordem de importância, as primeiras. Porque no Calvário ficou tudo dito, porque quem quiser aprender o Evangelho basta que aprenda estas Palavras, a partir das quais todo o Novo Testamento foi escrito, porque um Homem quando está para morrer não diz banalidades, e mesmo o que parece banal torna-se eloquente por causa dessa hora derradeira», escreve o padre Pablo Lima na apresentação.

LFS

Mar
17
Dom
Pastoral Universitária: Estudantes da «Missão País» reúnem em «Missa de Ação de Graças»
Mar 17 todo o dia

Lisboa, 07 mar 2019 (Ecclesia) – O projeto católico ‘Missão País’ está a organizar Eucaristias para os seus estudantes universitários agradecerem “o Dom de Deus” e o que viveram durante a semana de missão, nas Diocese de Coimbra, Lisboa e Porto.

A primeira Missa está marcada para este domingo, dia 10 março, no Colégio Rainha Santa Isabel, na Diocese de Coimbra, e o programa, das 17h30 às 20h30, prevê a apresentação do Teatro ‘Missão País’.

Na próxima semana, é na igreja de São Domingos, no Patriarcado de Lisboa, que se vão reunir os missionários universitários num programa que inclui “adoração e Missa de ação de Graças”, respetivamente na sexta-feira e sábado, isto é, entre as 18h00, de 15 de março, até às 13h00 do dia seguinte.

A Sé do Porto recebe os seus estudantes para a ‘Missa de Ação de Graças Missão País’ a partir das 17h30 do domingo, dia 17 deste mês.

A ‘Missão País’ é um projeto católico de universitários que tem como objetivo “levar Jesus às Universidades e evangelizar Portugal” através do testemunho da fé, do serviço e da caridade.

‘E se conhecesses o dom de Deus’ foi o lema deste ano que mobilizou 3200 missionários em 55 missões.

As missões de cada faculdade são lideradas por uma equipa de chefes, responsáveis pelo projeto na sua faculdade e pelo grupo de 50 missionários, e ficam três anos em cada localidade.

A iniciativa do Movimento Apostólico de Schoenstatt, com o propósito de “inspirar gerações que vivam a fé Católica em Missão”, começou com 20 jovens missionários universitários em 2003; em 2015 foram 1800 os missionários organizados em 35 missões, realizadas a nível nacional.

Desde a sua criação já se realizaram 154 missões, segundo dados da Comissão Episcopal Laicado e Família, da Conferência Episcopal Portuguesa, de 2017.

CB

 

Portugal: A Missão País tem o poder de deixar um «legado de juventude católica»

Mar
18
Seg
Coimbra: Recordar José Dias da Silva e conversar sobre Doutrina Social da Igreja
Mar 18@21:30

Coimbra, 15 mar 2019 (Ecclesia) – A Comunidade de Acolhimento Cristão João XXIII e o Instituto Universitário Justiça e Paz (IUJP) de Coimbra estão a realizar conversas sobre Doutrina Social da Igreja sendo a próxima a 18 deste mês.

O padre José Manuel Pereira de Almeida e Álvaro Laborinho Lúcio são os oradores neste colóquio, que se realiza no auditório do IUJP, às 21h30, e tem como tema «Destino universal dos bens», realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A última conversa sobre Doutrina Social da Igreja, dia 15 de abril, tem como tema a «Opção pelos pobres» sendo a reflexão feita por Teresa Vasconcelos e Sérgio Aires., lê-se na nota.

As tertúlias anteriores realizaram-se a 21 de janeiro e 11 de fevereiro e tiveram como temas «Dignidade da Pessoa» e «Bem comum».

Esta iniciativa serve para recordar o papel do leigo de Coimbra, José Dias da Silva, (1942-2013) na divulgação da Doutrina Social da Igreja.

LFS

Mar
19
Ter
Coimbra: Visita pastoral de D. Virgílio Antunes à Paróquia de São José
Mar 19_Mar 24 todo o dia

Coimbra, 20 mar 2019 (Ecclesia) – A Paróquia de São José, em Coimbra, acolhe em visita pastoral, de 19 a 24 deste mês, D. Virgílio Antunes.

Ao longo destes dias, D. Virgílio Antunes vai visitar algumas instituições localizadas nesta paróquia da cidade de Coimbra: “APAV – vítimas de violência”; “Centro Acolhimento João Paulo II – com ação a nível da pobreza e exclusão social”; “Encontro com os jovens da paróquia numa altura em que Portugal se prepara para as JMJ” e  as “Escolas Secundárias Infanta Dona Maria e Avelar Brotero”, lê-se no programa enviado à Agência ECCLESIA.

A terminar a visita pastoral à Diocese de Coimbra, iniciada em Novembro de 2012, D. Virgílio Antunes vai ao encontro da comunidade de São José, “a maior paróquia da Diocese, situada num território com cerca de 40 000 habitantes e com um número habitual de participantes nas missas dominicais próximo dos 2000”.

A paróquia de São José, criada a 16 de julho de 1932, é constituída por uma grande comunidade de cristãos que realizam a sua vocação cristã no serviço à Igreja e ao próximo e oferece uma enorme diversidade de celebrações litúrgicas e serviços de vivência da fé, num programa intenso, organizado e criativo, que prima pela qualidade e profundidade da mensagem e ação.

LFS

Mar
21
Qui
Coimbra: Cáritas diocesana vai apoiar refugiados e imigrantes com solidariedade de peditório público
Mar 21_Mar 24 todo o dia

Coimbra, 12 mar 2019 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Coimbra vai ajudar os imigrantes, através do Centro de Acolhimento João Paulo II, com o valor que vai angariar no peditório público, entre 21 e 24 de março, na Semana Nacional Cáritas 2019.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a instituição “apela à cooperação de toda a população”, através do seu contributo, para que se alcance “um verdadeiro desenvolvimento humano, alicerçado na defesa do bem comum e na construção de uma cultura de paz”.

“Abraçar todos aqueles que tiveram de abandonar o seu lar por estarem à mercê de fatores estruturais e contingentes – os Imigrantes”, é propósito da Cáritas Diocesana de Coimbra com a solidariedade angariada no peditório público, entre 21 e 24 deste mês.

A instituição caritativa Católica explica que se vai associar ao Centro de Acolhimento João Paulo II, na Paróquia de São José em Coimbra, “colaborando e potenciando” um trabalho que já está a ser feito no terreno junto desta população, “com reconhecido mérito”, através do Projeto ‘Apoio Imigrante’, revertendo para este Centro a totalidade da quantia angariada.

A Cáritas Diocesana de Coimbra e o centro têm apoiado pessoas que deixam “famílias e países à procura de melhores condições”, como os casos recentes de imigrantes da Venezuela, que, “desde 2015, se tem deparado com uma crise económica profunda”.

‘Juntos numa só família humana’ é o tema da Semana Nacional Cáritas 2019, que começa no próximo dia 17 de março, e do programa faz parte um peditório nacional, que se realiza com a colaboração de voluntários, para diversos projetos sociais.

A Cáritas Diocesana de Coimbra informa ainda que no peditório público de 2018 angariaram mais de 16 mil euros (16.484,15€) para apoiar estudantes universitários com “notória carência económica”, através da “participação ativa” de 340 voluntários, em 48 superfícies comerciais e mercados, em 15 concelhos da diocese.

Neste contexto, contabiliza que no atual ano letivo (2018/2019) foram atribuídas 16 bolsas de estudo, no valor de 11.908,83€, e restam 4.842,79€.

CB

Coimbra: Conferências quaresmais sobre o acolhimento
Mar 21@21:00

Coimbra, 28 fev 2019 (Ecclesia) – O arciprestado de Coimbra Urbana promove, durante o tempo da Quaresma, reflexões sobre o tema bíblico «Acolhei-vos uns aos outros» que se realizam no salão de São José, às 21h00, naquela cidade.

A primeira conferência quaresmal, dia 14 de março, tem como tema «Acolher na comunidade cristã» e vai ser proferida pelo padre Amaro Gonçalo, da Diocese do Porto, sendo o segundo encontro (21 março) subordinado ao tema «Acolher o descartado» com entrevistas a Marta Neves (Associação Ergue-Te); Justina Dias (Equipamento Farol – Cáritas) e Ana Figueiredo (Associação Saúde em Português), refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

«Acolher o idoso» é o tema das entrevistas a Marisol Simões e Armando Garcia (Centro de acolhimento João Paulo II) e a Cristina Correia (Conferências Vicentinas de Coimbra) no dia 28 de março e o bispo emérito de Viseu, D. Ilídio Leandro, profere, dia 04 de abril, uma conferência sobre «Acolher a diferença em família».

No dia 11 de abril, D. Virgílio Antunes, bispo de Coimbra, preside à celebração do perdão, na Sé Nova de Coimbra.

LFS

Mar
23
Sáb
Jesuítas: Colóquio sobre «O que guardas no coração?»
Mar 23 todo o dia

Coimbra, 20 mar 2019 (Ecclesia) – O Centro Universitário Manuel da Nóbrega (CUMN), em Coimbra, organiza o encontro «Fé e Cultura», dia 23 de março, que tem como tema «O que guardas no coração?».

Esta atividade do centro que é orientado pelos padres jesuítas e destinado a todos os estudantes realiza-se no auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra e vai ser “um dia de conversas para desintoxicar em três atos: Centrar, Consertar e Concentrar”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

O programa procura “ajudar a focar no essencial, conhecer exemplos práticos de como descomplicar, promover a dimensão espiritual da vida e ir ao encontro da verdadeira identidade para guardar no coração o que for, de facto, preci(o)so”, acrescenta a nota.

Álvaro Laborinho Lúcio, Paula Moura Pinheiro, Jacinto Lucas Pires, Kiko Martins, Eduardo Sá, Luis Patrício e Amélia Souto Moura são alguns dos oradores desta iniciativa.

O encontro «Fé e Cultura» destina-se a um público vasto (crente, não crente e em busca) que com “abertura de coração deseje entrar em diálogo com os contributos dos vários convidados”.

LFS

Coimbra: Cáritas diocesana organiza uma caminhada pelos migrantes do mundo
Mar 23@20:30_22:00

Coimbra, 18 mar 2019 (Ecclesia) – Enquadrado na celebração da Semana Nacional Cáritas (17 a 24 deste mês), o organismo da Diocese de Coimbra vai promover, dia 23 de março um encontro noturno para a comunidade.

Esta iniciativa consiste numa “caminhada solidária com o objetivo de homenagear e relembrar os migrantes de todo o mundo que tiveram que abandonar o seu lar”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Tal como o peditório público, que irá decorrer nos dias 21 e 24 de março, também a caminhada assenta na temática “Juntos numa só família humana” e tem como principal objetivo a sensibilização da comunidade em geral para um olhar mais humanizado sobre as pessoas em mobilidade, associando-nos aos seus sofrimentos e múltiplas dificuldades, lê-se.

A concentração será às 20h30 no Largo da Portagem, onde irá ser entregue a cada participante uma vela simbólica sob o mote de “acolher, proteger, promover e integrar os migrantes e refugiados”, promovendo desta forma uma oportunidade de diálogo e de encontro.

Às 21h00 será dado início à caminhada noturna com o percurso Parque Manuel Braga, Ponte Pedro e Inês e Mosteiro de Santa Clara, terminando aqui com um momento musical.

LFS

Mar
26
Ter
Viana do Castelo: D. António Couto orienta encontro preparatório para a Páscoa
Mar 26@21:10

Viana do Castelo, 14 mar 2019 (Ecclesia) – O Secretariado da Pastoral Litúrgica de Viana do Castelo organiza, dia 26 deste mês, às 21h10, naquela cidade (em Darque), um encontro de preparação para “uma melhor” vivência do tempo da Quaresma e Páscoa.

Esta iniciativa tem como orador D. António Couto, bispo de Lamego, que abordará o tema «As últimas palavras de Jesus na Cruz – Liturgia da Salvação», realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Natural da Diocese do Porto, António Couto entrou no Seminário de Tomar a 2 de outubro de 1963, da Sociedade Portuguesa das Missões Ultramarinas, hoje Sociedade Missionária da Boa Nova e foi ordenado em Cucujães, em 3 de dezembro de 1980.

Transferiu-se depois para Roma, para a Pontifícia Universidade Urbaniana, onde, em 1986, obteve a licenciatura canónica em Teologia Bíblica. Na mesma Universidade obteve, em 1989, o respetivo Doutoramento, depois da permanência de cerca de um ano em Jerusalém, no Studium Biblicum Franciscanum.

No dia 6 de julho de 2007 foi nomeado Bispo Auxiliar de Braga e a ordenação episcopal decorreu a 23 de setembro de 2007 em Cucujães.

O seu lema episcopal é: “Vejo um ramo de amendoeira” (Jer 1,11).

Desde 2012 que é o Bispo Diocesano de Lamego.

LFS

Mar
28
Qui
Coimbra: Conferências quaresmais sobre o acolhimento
Mar 28@21:00

Coimbra, 28 fev 2019 (Ecclesia) – O arciprestado de Coimbra Urbana promove, durante o tempo da Quaresma, reflexões sobre o tema bíblico «Acolhei-vos uns aos outros» que se realizam no salão de São José, às 21h00, naquela cidade.

A primeira conferência quaresmal, dia 14 de março, tem como tema «Acolher na comunidade cristã» e vai ser proferida pelo padre Amaro Gonçalo, da Diocese do Porto, sendo o segundo encontro (21 março) subordinado ao tema «Acolher o descartado» com entrevistas a Marta Neves (Associação Ergue-Te); Justina Dias (Equipamento Farol – Cáritas) e Ana Figueiredo (Associação Saúde em Português), refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

«Acolher o idoso» é o tema das entrevistas a Marisol Simões e Armando Garcia (Centro de acolhimento João Paulo II) e a Cristina Correia (Conferências Vicentinas de Coimbra) no dia 28 de março e o bispo emérito de Viseu, D. Ilídio Leandro, profere, dia 04 de abril, uma conferência sobre «Acolher a diferença em família».

No dia 11 de abril, D. Virgílio Antunes, bispo de Coimbra, preside à celebração do perdão, na Sé Nova de Coimbra.

LFS

Mar
29
Sex
Viana do Castelo: Retiro para jovens sobre «O amor é assim»
Mar 29_Mar 31 todo o dia

Viana do Castelo, 01 mar 2019 (Ecclesia) – O Secretariado da Pastoral Juvenil da Diocese de Viana do Castelo promove, de 29 a 31 de março, um retiro para jovens e animadores juvenis que tem como tema «O amor é assim».

Esta iniciativa destina-se a grupos de jovens; alunos de EMRC (9º anos e ensino secundário), catequese (9º e 10º anos) e é orientado pelo padre Nuno Ventura (Passionista) a partir do Hino à Caridade (1cor 13), lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

O retiro – o limite máximo de participantes é 40 – realiza-se no Centro Pastoral Paulo VI (Darque – Viana do Castelo).

LFS

Mar
30
Sáb
Quaresma: D. António Couto orienta retiro à comunidade académica de Coimbra
Mar 30@9:15_18:00

Coimbra, 15 mar 2019 (Ecclesia) – O bispo de Lamego, D. António Couto, vai orientar o retiro de Quaresma, dia 30 deste mês, à comunidade académica de Coimbra.

Esta iniciativa – das 09h15 às 18h00 – é promovida pelo Instituto Universitário Justiça e Paz (IUJP) e tem como tema «Cristãos enamorados – o encanto da revelação de Deus e a beleza da experiência crente», refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Natural da Diocese do Porto, António Couto entrou no Seminário de Tomar a 2 de outubro de 1963, da Sociedade Portuguesa das Missões Ultramarinas, hoje Sociedade Missionária da Boa Nova e foi ordenado em Cucujães, em 3 de dezembro de 1980.

Transferiu-se depois para Roma, para a Pontifícia Universidade Urbaniana, onde, em 1986, obteve a licenciatura canónica em Teologia Bíblica. Na mesma Universidade obteve, em 1989, o respetivo Doutoramento, depois da permanência de cerca de um ano em Jerusalém, no Studium Biblicum Franciscanum.

No dia 6 de julho de 2007 foi nomeado Bispo Auxiliar de Braga e a ordenação episcopal decorreu a 23 de setembro de 2007 em Cucujães.

O seu lema episcopal é: “Vejo um ramo de amendoeira” (Jer 1,11).

Desde 2012 que é o Bispo Diocesano de Lamego.

LFS