Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Set
24
Ter
Santarém: Jornadas de formação do clero rumo ao cinquentenário da diocese
Set 24_Set 26 todo o dia

Santarém, 17 set 2019 (Ecclesia) – O bispo de Santarém, D. José Traquina, faz a conferência de encerramento, dia 26 deste mês, nas jornadas de formação do clero desta diocese,

As jornadas de formação do clero da Diocese de Santarém realizam-se de 24 a 26 deste mês (Centro Diocesano de Pastoral) e a primeira conferência tem como tema «“À porta com Jesus” (Mc 1,33). O acolhimento pastoral nos Evangelhos» e proferida pelo padre Mário Sousa (Diocese do Algarve), refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

«Identidade e Missão dos fiéis leigos no pontificado do Papa Francisco» pelo padre Arlindo Miguel (Diocese de Santarém) e «Ecologia Integral: desafios da Laudato si» por Margarida Alvim (Associação Casa Velha – Ecologia e Espiritualidade) são os temas a refletir também no primeiro dia.

No segundo dia, Graça Franco (Rádio Renascença) fala sobre «Um olhar sobre a Europa» e o padre Joaquim Ganhão (Diocese de Santarém) aborda a temática «O desafio missionário da Iniciação cristã: Catecumenado de adultos», lê-se.

Para além da conferência final, o padre jesuíta Lourenço Eiró reflete, no último dia, sobre «O discernimento espiritual como instrumento da ação pastoral» e A liderança a Missionário».

LFS

Leiria: Conferência de imprensa para apresentar o fórum sobre os jovens
Set 24@14:30_15:30

Leiria, 17 set 2019 (Ecclesia) – A diocese de Leiria-Fátima vai realizar uma conferência de imprensa, dia 24 de setembro, das 14h30 às 15h30, no Seminário da cidade, para apresentar o fórum sobre os jovens a realizar em outubro.

Nesta atividade, conta com a presença do cardeal António Marto, Bispo da Diocese da Leiria-Fátima, vão ser também divulgados outros eventos previstos para o ano 2019-2020.

A Diocese de Leiria-Fátima promove, dia 05 de outubro, no Seminário Diocesano de Leiria, um fórum sobre «Jovens: Oportunidades e Caminhos».

LFS

Set
26
Qui
Media: Jornadas de Comunicação debatem importância da «imagem» e utilização do Instagram
Set 26_Set 27 todo o dia

Iniciativa do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais e da Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal vai decorrer nos dias 26 e 27 de setembro

Lisboa, 11 set 2019 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional das Comunicações Sociais e a Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal vão promover, a 26 e 27 de setembro, uma nova edição das Jornadas de Comunicação, dedicadas ao tema “O impacto da imagem”.

“O objetivo destas Jornadas é aprofundar o tema da comunicação na perspetiva dos jovens, na qual a imagem tem um papel preponderante; por isso, a Rede Social em destaque é o Instagram”, assinala um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

A iniciativa, que vai decorrer na ‘Domus Carmeli’, em Fátima, integra pelo segundo ano consecutivo as Jornadas Nacionais de Comunicação Social, promovidas pelo Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, e as IV Jornadas de Comunicação Digital, promovidas pela Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal.

O programa inclui reflexões sobre os desafios da comunicação da Igreja aos jovens, estratégias de comunicação de eventos, marcas e pessoas e como usar o Instagram na comunicação de uma instituição eclesial.

A conferência inicial, ‘Imagem – Um canal de comunicação com o homem da era digital’, é proferida por monsenhor Lucio Adrian Ruiz, secretário do Dicastério para a Comunicação (Santa Sé).

Na tarde de quinta-feira, o primeiro painel debate sobre ‘Comunicar um evento, um produto, uma pessoa, com a participação de Ricardo Florêncio, responsável da comunicação do Rock in Rio, e de Fábio Lopes, conhecido como Conguito, locutor na Rádio Mega Hits.

‘Comunicar na era da convergência multimédia’ e ‘Comunicar no Instagram’ são os temas que encerram o primeiro dia de trabalhos.

A sexta-feira começa com uma conferência sobre ‘Instagram: a influência e o poder da imagem – Estratégias e Práticas’, por Paulo Salgado, docente da Universidade do Minho, antes da elaboração das conclusões.

Acrescentando uma vertente mais prática às Jornadas, o programa prevê, na tarde de sexta-feira, 27 de setembro, dois workshops sobre Design de comunicação de eventos (cartazes, posts para várias Redes Sociais) e captação e elaboração de pequenos vídeos institucionais, breves declarações ou entrevistas.

O encontro destina-se comunicadores católicos e outros interessados; o programa das Jornadas de Comunicação e os formulários para inscrição estão disponíveis na página www.ecclesia.pt/jornadas2019.

PR/OC

Set
27
Sex
Solidariedade: Primeiro concerto pela paz em Portugal a favor da «Scholas Occurrentes»
Set 27@19:00

Lisboa, 18 set 2019 (Ecclesia) – O primeiro “Concerto pela Paz” em Portugal a favor da «Scholas Occurrentes» realiza-se dia 27 de setembro nos jardins do Sheraton Cascais Resort, unindo a voz de Cuca Roseta aos acordes clássicos da OCCO (Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras).

A «Scholas Occurrentes» – fundação mundial sem fins lucrativos apoiada e fundada pelo Papa Francisco – sediada em Cascais e com presença em 190 países, afirma-se “como escola para a cidadania e desenvolve um projeto educativo dirigido a jovens estudantes”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta iniciativa visa proporcionar “a sua integração na comunidade através da articulação entre arte, desporto e tecnologia de modo a que a educação seja uma cultura de encontro”.

Sendo a arte, e a música em particular, uma das ferramentas principais da «Scholas Occurrentes», nasceu a ideia de criar, a nível mundial, um roteiro de “Concertos pela Paz” com o objetivo de divulgar a sua missão e contribuir para a implementação de uma cultura de encontro e de paz.

Previamente ao concerto solidário realiza-se um jantar com início às 19h00, sendo que o arranque do espetáculo está previsto para as 21h30. A receita dos bilhetes para o concerto revertem, na totalidade, para a Scholas Occurrentes.

Este concerto solidário é promovido pela Câmara Municipal de Cascais, Sheraton Cascais Resort, a fadista Cuca Roseta, a Fundação Mirpuri, a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras e o Grupo Chiado, com colaboração da PG Booking que cede a artista para esta causa.

LFS

Algarve: Diocese dinamiza testemunhos sobre a Jornada Mundial da Juventude 2019
Set 27@21:00

Faro, 27 fev 2019 (Ecclesia) – Os jovens da Diocese do Algarve que participaram na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Panamá começam hoje, um mês depois desse encontro, a dar testemunho dessa vivência num périplo mensal por todas as paróquias.

Na informação enviada hoje à Agência ECCLESIA, o ‘Folha do Domingo’ adianta que os participantes algarvios da JMJ 2019 começam “encontros mensais de testemunho” do que foi a sua experiência, um mês após o final do encontro no Panamá.

O primeiro encontro, esta noite, realiza-se na igreja matriz da Paróquia de Vila Real de Santo António, e o jornal diocesano  indica que os encontros vão realizar-se mensalmente, sempre no dia 27, pelas 21h00, até de janeiro de 2020.

O próximo encontro é Olhão (abril), Faro (maio), Quarteira (junho), Loulé (julho), Ferreiras (agosto), Portimão (setembro), Paderne (outubro), Silves (novembro) e Monchique (dezembro), e terminam com um encontro diocesano na Sé de Faro (janeiro 2020).

Os encontros mensais vão ter um momento de ambientação, uma catequese sobre um tema da Doutrina Social da Igreja, um testemunho de um participante na JMJ e por um momento de oração, baseado na vida de um dos oito santos patronos da JMJ, com adoração ao Santíssimo Sacramento.

A JMJ realizou-se pela primeira vez na América Central, mais concretamente na Cidade do Panamá, onde estiveram 25 jovens do Algarve, onde também se contava um casal, de nove paroquias – Silves (9), Paderne (4), Quarteira (3), São Pedro de Faro (2), Ferreiras (3), Portimão (1), Tavira (1), Loulé (1) e Olhão (1) – para além do assistente do Setor Diocesano da Pastoral Juvenil, o padre Nelson Rodrigues, e mais dois sacerdotes, Tiago Veríssimo, pároco de Monchique, e Adelino Ferreira, pároco de Vila Real de Santo António.

O jornal ‘Folha do Domingo’ realça ainda que todos os participantes já deram testemunho da JMJ 2019 em Eucaristias nas suas paróquias de origem após o regresso do Panamá.

‘Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua Palavra’ foi o tema do 34.º encontro mundial de jovens que terminou há um mês, a 27 de janeiro, e foi presidido pelo Papa Francisco.

Na Missa de encerramento do encontro foi anunciado que a próxima edição internacional realiza-se em Portugal, mais concretamente no Patriarcado de Lisboa, em 2022.

Estiveram no Panamá, 300 portugueses de 12 dioceses e de seis congregações e movimentos, seis bispos e 30 voluntários.

As JMJ nasceram por iniciativa de São João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude; são um acontecimento religioso e cultural que reúne jovens de todo o mundo durante uma semana.

Cada JMJ realiza-se, anualmente, a nível diocesano no Domingo de Ramos, alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos numa grande cidade: em 1987, Buenos Aires (Argentina); em 1989, Santiago de Compostela (Espanha); em 1991, Czestochowa (Polónia); em 1993 em Denver (EUA); em 1995, Manila (Filipinas); em 1997, Paris (França); em 2000, Roma (Itália); em 2002, Toronto (Canadá); em 2005, Colónia (Alemanha); em 2008, Sidney (Austrália); em 2011, Madrid (Espanha); Rio de Janeiro (Brasil), em 2013; e Cracóvia (Polónia), em 2016.

CB

[Notícia atualizada a 1 de março]

Set
28
Sáb
Coimbra: Jornadas de pastoral sobre «Comunicar a fé na era digital»
Set 28 todo o dia

Coimbra, 09 set 2019 (Ecclesia) – As jornadas de pastoral da Diocese de Coimbra realizam-se a 28 deste mês, no seminário daquela cidade, e têm como tema «Comunicar a fé na era digital».

Na manhã desse dia, Pedro Gil falará sobre «A Comunicação da fé» e de seguida os participantes podem dialogar com o orador, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

«A Comunicação da fé em diferentes contextos» é o tema do painel que começa às 14h30 e vai abordar «Paróquia e liturgia» (padre Hermenegildo Faria); «Catequese e família» (Cristina Sá Carvalho) e «Media e redes sociais» (padre António Valério).

LFS

Lisboa: Abertura do ano pastoral do Instituto Diocesano da Formação Cristã
Set 28 todo o dia

Lisboa, 06 set 2019 (Ecclesia) – O Instituto Diocesano da Formação Cristã do Patriarcado de Lisboa realiza, dia 28 de setembro, na Igreja Paroquial de Nossa Senhora do Cabo (Linda-a-velha) o início do ano pastoral 2019/2020.

Na atividade, que começa às 10h00, vão ser apresentadas as atividades do Instituto Diocesano da Formação Cristã para este ano e de seguida vai ser proferida uma conferência sobre «Técnicas e desafios à formação no mundo digital”, lê-se num comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

Esta data coincide com a celebração dos 30 anos da Escola de Leigos, pelo que “será também um dia de festa” e no fim, em parceria com a Paulus Editora, vai ser apresentado o livro «Não eu, mas Deus – biografia espiritual de Carlo Acutis» da autoria do padre Ricardo Figueiredo.

LFS

Portugal: Pastoral Familiar promove jornada nacional com preocupação de «discernir o acompanhamento dos casais novos»
Set 28 todo o dia

Lisboa, 26 ago 2019 (Ecclesia) – O Departamento Nacional da Pastoral Familiar vai dinamizar a sua jornada nacional, no dia 28 de setembro, propondo o tema ‘discernir o acompanhamento dos casais novos’, no Centro Paulo VI, em Fátima.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, o departamento informada que o encontro tem como objetivo “sensibilizar para a importância, a necessidade e a urgência” do acompanhamento dos casais jovens a partir da “criação de estruturas paroquiais e outras” sustentadas por casais de vida cristã com “capacidade para acolher, acompanhar e inserir” na vida da Igreja.

Segundo o Departamento Nacional da Pastoral Familiar, este acompanhamento realiza-se em “linha com as preocupações” do Papa Francisco e da Conferência Episcopal Portuguesa e a jornada aborda o capítulo VI da Exortação Apostólica ‘Amoris Laetitia’, publicada depois do Sínodo dos Bispos dedicado ao tema da família.

O programa ‘Discernir o acompanhamento dos casais novos’ conta, por exemplo, com a conferência ‘Acompanhamento dos primeiros anos de vida matrimonial’, pelo padre Miguel Almeida, da Companhia de Jesus (Jesuítas), e ‘experiências de acompanhamento de casais jovens’ que finaliza com o testemunho de um casal jovem que beneficiou desse serviço.

A organização destaca também a intervenção ‘a arte de ajudar os casais jovens: acolher – motivar – envolver”, pelo padre e psicólogo João de Deus Costa Jorge, a partir de três momentos que os casais jovens procuram a Igreja: Pelo matrimónio, para pedir o batismo para o filhos e para a primeira comunhão.

A jornada que começa com o acolhimento às 09h30 vai terminar com a síntese pastoral, envio e encerramento por D. Armando Domingues, bispo auxiliar do Porto e vogal da Comissão Episcopal Laicado e Família.

O Departamento Nacional da Pastoral Familiar informa que as inscrições para o encontro devem ser efetuadas nos secretariados diocesanos deste serviço até dia 15 de setembro.

CB/OC

Salesianos: Edição do «E-vangelizar» sobre o lema «Levanta-te»
Set 28 todo o dia

Lisboa, 16 jul 2019 (Ecclesia) – As «Edições Salesianas» e a «Fundação Salesianos» organizam a 11ª edição do «E-vangelizar», um “mega evento de formação pastoral”, que se realiza a 28 de setembro em Lisboa e a 05 de outubro no Porto.

A Escola Salesiana do Estoril (Lisboa) e a Escola Salesiana do Porto acolhem este evento dirigido aos agentes evangelizadores (animadores, catequistas, consagrados, professores) que “querem melhorar as suas competências pastorais”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

O lema deste ano é «Levanta-te», um slogan que convida à ação e que encontra inspiração no itinerário formativo das próximas Jornadas Mundiais da Juventude.

Esta proposta formativa distingue-se “pela possibilidade de serem os próprios participantes a elaborar o seu currículo formativo”, refere.

Perante uma oferta de 20 a 30 workshops diferentes, os inscritos podem frequentar o máximo de cinco, conforme as suas preferências e necessidades.

Os ateliês têm a duração de 75 minutos e abrangem diferentes áreas, desde a Psicologia à Música, da Liturgia às Artes Plásticas, salienta a nota.

Em 2018, o «E-vangelizar» mobilizou mais de 1000 agentes pastorais de todo país, número que a organização gostaria de ver aumentado.

LFS

Viana do Castelo: Abertura do ano pastoral sobre «Somos Igreja que acolhe, sob a proteção de Santa Maria Maior»
Set 28 todo o dia

Viana do Castelo, 16 set 2019 (Ecclesia) – A abertura do ano pastoral na Diocese de Viana do Castelo realiza-se a 28 deste mês, no Centro Pastoral Paulo VI, em Darque, e é o terceiro ano de um triénio subordinado ao tema «Viana do Castelo em Júbilo – 40 anos de Diocese».

Neste ano (2019/20), a “atenção dos diocesanos” centra-se na temática «Somos Igreja que acolhe, sob a proteção de Santa Maria Maior», realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Na abertura do ano pastoral, na qual estará presente o bispo diocesano, D. Anacleto Oliveira, além da apresentação do subtema para este ano será apresentado o calendário diocesano, no qual consta a programação e calendarização das atividades pastorais com impacto diocesano de cada movimento.

Este tema geral «Viana do Castelo em Júbilo – 40 Anos de Diocese» foi desenvolvido, concretizado e vivido, ao longo do ano pastoral 2017/18, sob o mote: «Somos Igreja que agradece, sob a proteção dos Santos Bartolomeu dos Mártires e Paulo VI».

No último Ano Pastoral (2018/19), o lema foi «Somos Igreja que Evangeliza, sob a proteção de São Teotónio».

LFS

Portugal: Jornadas missionárias dedicadas à «missão evangelizadora do cristão»
Set 28@10:00_Set 29@13:00

Lisboa, 12 ago 2019 (Ecclesia) – As Obras Missionárias Pontifícias (OMP) – Portugal vão promover a sua jornada de estudos, com o tema ‘Batizados e enviados – A missão evangelizadora do cristão’, nos dias 28 e 29 de setembro, no Seminário Verbo Divino, em Fátima.

A OMP Portugal informa que as jornadas missionárias nacionais têm como objetivo “avaliar o percurso missionário feito” e “incendiar de espírito missionário” do novo ano pastoral que começa, ” às portas de outubro, mês Missionário por excelência”.

O encontro começa com a intervenção do presidente da Comissão Episcopal Missão e Nova Evangelização, D. Manuel Linda, que vau apresentar o tema ‘Batizados e Enviados. A Igreja de Cristo em Missão no mundo. Porquê? Para quê?’, às 10h15.

Às 11h45, o padre Eloy Bueno de la Fuente, professor catedrático da Facultade de Teologia de Burgos, vai falar da Missão como “intimidade itinerante”(EG 23) nas igrejas locais com vista à construção de “uma nova terra e novos céus”(Ap 21).

No dia 28 de setembro, há mais duas intervenções, da parte da tarde, com o padre José Antunes da Silva – ‘Missão intercultural. Como derrubar os muros da hostilidade que nos separam? (cf. Ef 2,14)’ – às 16h00, e depois o bispo de Lamego, D. António Couto, vai explicar ‘como recuperar o eco de Pentecostes? O Espírito que se manifesta como força que convida a ir sempre mais além’, a partir das 17h30ç.

O programa do segundo e último dia de jornadas conta com uma intervenção de D. José Cordeiro, bispo de Bragança-Miranda, com o tema ‘Da Eucaristia à Missão. Para uma Pastoral missionária “em saída”’, às 10h15, e termina com a Eucaristia de envio e apresentação de conclusões, que começa às 11h45.

As Obras Missionárias Pontifícias informam que o dia 16 de setembro é a data limite para as inscrições nas Jornadas Missionárias 2019.

CB

Beja: Ordenação de diácono na Sé
Set 28@10:30

Beja, 10 set 2019 (Ecclesia) – Na Sé de Beja vai ser, dia 28 deste mês, ordenado diácono o candidato ao presbitério Francisco Diogo Costa Molho.

A celebração, pelas 10h30, vai ser presidida por D. João Marcos, bispo de Beja, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Após a Eucaristia será servido o almoço no refeitório do Seminário de Beja.

LFS

Set
29
Dom
Porto: Ordenação episcopal de D. Vitorino José Pereira Soares
Set 29 todo o dia

Porto, 17 set 2019 (Ecclesia) – O novo bispo auxiliar do Porto, D. Vitorino José Pereira Soares, vai receber a ordenação episcopal a 29 deste mês, às 16h00, na Sé do Porto.

Natural da Diocese do Porto, D. Vitorino Soares nasceu em Penafiel, a 19 de outubro de 1960, foi ordenado sacerdote a 14 de julho de 1985 e é o mais velho de cinco irmãos, um dos quais também sacerdote, o padre Avelino Jorge Pereira Soares, pároco em Rio Tinto.

Sobre o futuro da sua missão, o novo bispo auxiliar do Porto realça o exemplo que tem encontrado no trabalho de D. Manuel Linda e também no pontificado do Papa Francisco.

O Papa argentino que propõe como modelo de bispo alguém que “muitas vezes vai à frente do povo para apontar uma estrada, manter uma esperança viva, outras vezes é alguém que vai no meio do povo de forma simples e misericordiosa, e finalmente alguém que vai atrás, acompanhando os últimos, aqueles que têm mais dificuldade em andar”, recorda D. Vitorino Soares.

Na saudação à Diocese do Porto, D. Vitorino Soares expressou alegria e “sentido de responsabilidade” pela nomeação do Papa Francisco, que considera um “dom” e um “desafio”.

LFS

Igreja: Papa nomeou D. Vitorino Soares bispo auxiliar do Porto (c/vídeo)

 

Viana do Castelo: Assembleia diocesana de Catequese
Set 29 todo o dia

Viana do Castelo, 12 set 2019 (Ecclesia) – Na Escola Superior de Ciências Empresarias, em Valença, vai realiza-se, dia 29 deste mês, a assembleia de catequese da Diocese de Viana do Castelo.

“Novos desafios para a Catequese” é o tema da assembleia e também o tema da reflexão de D. Anacleto Oliveira, bispo de Viana do Castelo, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Pela primeira vez, para além de todos os párocos e de todos os catequistas da diocese, a assembleia é “aberta às famílias que queiram associar-se, particularmente as que já estão envolvidas na catequese familiar, modelo que tem vindo a substituir a tradicional catequese da infância”, lê-se.

Ainda de manhã, será exibido um documentário sobre o objeto do encontro, “a que se seguirá informação muito relevante acerca da preparação dos adolescentes para as Jornadas Mundiais da Juventude, a realizar em Lisboa em 2022, através do projeto “Say Yes”, que arranca já este ano pastoral”.

De tarde vai ser apresentado o programa do Secretariado Diocesano da Catequese para 2019-2020 e um “conjunto de interessantes testemunhos e memórias”.

LFS

Out
2
Qua
Fátima: Exposição «Capela-Múndi» encerra com conferência de Artur Goulart
Out 2@21:15

Fátima, 17 set 2019 (Ecclesia) – A última visita temática à exposição temporária comemorativa do centenário da construção da Capelinha das Aparições «Capela-Múndi», vai ter como tema «A museologia e a missão cultural da Igreja», dia 2 de outubro, pelas 21h15, e será conduzida por Artur Goulart, poeta, historiador e antigo diretor do Museu de Évora.

A exposição temporária «Capela-Múndi» registou “mais de 254.449 visitantes, um recorde anual em relação à última exposição temporária”, afirma o diretor do Museu do Santuário de Fátima e comissário da exposição, Marco Daniel Duarte.

O comissário da exposição considera que os visitantes ficaram sobretudo “surpreendidos pela narrativa que cruzava elementos históricos com a linguagem poética que fala de um dos lugares mais importantes do catolicismo atual”.

Esta exposição, composta por nove núcleos, está patente ao público desde do dia 02 de janeiro de 2019, é são asseguradas diariamente visitas guiadas às 11h30 e às 15h30.

Na primeira quarta feira de cada mês, entre maio e outubro, foram realizadas visitas temáticas, com um orador convidado.

Esta última visita será conduzida pelo especialista em História da Arte, Artur Goulart. Natural dos Açores, completou o curso de Teologia no Seminário de Angra e licenciou-se em Arqueologia no Pontifício Istituto di Archeologia Cristiana, em Roma, Itália.

Esta exposição temporária assenta numa aturada pesquisa histórica que procura ler a Capelinha das Aparições como um dos mais importantes ícones do Santuário de Fátima.

LFS