Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Set
21
Sáb
Igreja/Património: «Itinerários da Fé» com visitas guiadas a Igrejas de Lisboa
Set 21 todo o dia

Lisboa, 12 jul 2019 (Ecclesia) – O Patriarcado de Lisboa promove, dia 21 de setembro, os percursos guiados «Itinerários da Fé» que proporcionam aos participantes, ao longo de uma manhã, a visita “a algumas das mais relevantes igrejas da baixa de Lisboa».

Nesta iniciativa, com a colaboração da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, os participantes iniciam o percurso da Sé de Lisboa, seguindo depois para a Igreja da Madalena, Igreja da Conceição Velha, Igreja de São Nicolau e Ermida de Nossa Senhora da Oliveira, lê-se no programa enviado à Agência ECCLESIA.

LFS

 

Igreja/Património: Visita guiada ao Convento de São Domingos em Lisboa
Set 21@10:00_12:00

Lisboa, 17 set 2019 (Ecclesia) – No âmbito do Open House Lisboa, o arquiteto João Alves da Cunha vai fazer, dia 21 deste mês, duas visitas guiadas ao Convento de São Domingos.

As visitas são às 10h00 e às 11h00  e o convento dos dominicanos, em Lisboa, é um projeto de Paulo Providência e José Fernando Gonçalves, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O Convento de São Domingos é um projeto de influência moderna – que lembra espaços do Convento de La Tourette – e de sensível detalhe construtivo, patentes na escolha e desenho do betão à vista, dos painéis de cobre, da madeira maciça e das serralharias em aço.

LFS

Lisboa: Festival diocesano da canção sobre «Liturgia #lugardeencontro»
Set 21@21:00

Lisboa, 16 set 2019 (Ecclesia) – O festival da canção do Patriarcado de Lisboa realiza-se a 21 deste mês, no Externato Marista, às 21h00, naquela cidade, e tem como tema «Liturgia #lugardeencontro».

Esta iniciativa – organizada pelo Serviço da Juventude do Patriarcado de Lisboa – pretende “incentivar a criação poético-musical como expressão da fé cristã; promover a canção cristã como instrumento de evangelização; possibilitar um encontro dos jovens da Diocese de Lisboa com Cristo e entre si”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Uma canção “não vive só da melodia, mas muito da mensagem, da profundidade e do alcance das palavras, da coerência com o tema proposto” por isso, a organização propõe aos autores das letras, que o processo “de criação seja acompanhado por um tempo de oração, de reflexão, de leitura da Palavra de Deus”.

LFS

Set
23
Seg
Lisboa: Curso «A Arte Moderna e a Arte da Igreja» na Capela do Rato
Set 23_Set 28 todo o dia

Lisboa, 23 set 2019 (Ecclesia) – O Artis – Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras, da Universidade de Lisboa, promove o curso livre ‘A Arte Moderna e a Arte da Igreja’, entre 23 e 28 de setembro, na Capela do Rato.

No programa enviado à Agência ECCLESIA pela Capela do Rato destaca-se a visita guiada à igreja de Moscavide, que tem obras de Manuel Cargaleiro, Lagoa Henriques, José Escada, Madalena Cabral, João de Almeida, pelo arquiteto João Alves da Cunha no último dia da formação, entre as 10h30 e as 12h30 de 28 de setembro.

Em cada um dos dias do curso diferentes oradores vão falar sobre diferentes tópicos, a começar pela “História”, com os coordenadores científicos desta iniciativa Maria João Baptista Neto e João Alves da Cunha, dos “protagonistas”, da “Igreja”, dos “curadores” e dos “artistas”, respetivamente de 23 a 27 de setembro, entre as 18h00 e as 20h00.

As vagas para o curso livre promovido pelo Artis ‘A Arte Moderna e a Arte da Igreja’ são limitadas e as inscrições encerram a 15 de setembro.

A formação toma o título do “expressivo do ensaio” do padre Manuel Mendes Atanázio que foi publicado há 60 anos e assinala também os 50 anos da conclusão do Movimento de Renovação da Arte Religiosa – MRAR.

“Se até ao século XX, a Arte sempre tivera um espaço privilegiado no seio da Igreja Católica, grande mecenas de artistas e programas arrojados, muitas dúvidas e receios ameaçaram, a partir das primeiras décadas de novecentos, essa relação intemporal”, assinala o Instituto de História da Arte.

Na nota recebida a organização recorda também o apelo do Papa Paulo VI aos artistas – “A Igreja tem necessidade de vós” (8 de dezembro de 1965) – e que eles responderam “dando origem a algumas das mais belas obras da história da Arte Moderna e da Arte da Igreja, de todos os tempos”.

CB

Set
25
Qua
Igreja/Sociedade: D. Manuel Clemente no almoço/debate da ACEGE
Set 25@12:30

Lisboa, 19 set 2019 (Ecclesia) – O cardeal patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, vai falar, dia 25 deste mês, na abertura do ano da Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE).

Esta iniciativa que abre o ano 2019/20 da ACEGE realiza-se na Igreja de São Nicolau, Lisboa, e tem como tema «Ser Cristo na Empresa», refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Antes do almoço, pelas 12h30, D. Manuel Clemente celebra naquela igreja para os participantes daquela atividade.

LFS

Set
28
Sáb
Lisboa: Abertura do ano pastoral do Instituto Diocesano da Formação Cristã
Set 28 todo o dia

Lisboa, 06 set 2019 (Ecclesia) – O Instituto Diocesano da Formação Cristã do Patriarcado de Lisboa realiza, dia 28 de setembro, na Igreja Paroquial de Nossa Senhora do Cabo (Linda-a-velha) o início do ano pastoral 2019/2020.

Na atividade, que começa às 10h00, vão ser apresentadas as atividades do Instituto Diocesano da Formação Cristã para este ano e de seguida vai ser proferida uma conferência sobre «Técnicas e desafios à formação no mundo digital”, lê-se num comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

Esta data coincide com a celebração dos 30 anos da Escola de Leigos, pelo que “será também um dia de festa” e no fim, em parceria com a Paulus Editora, vai ser apresentado o livro «Não eu, mas Deus – biografia espiritual de Carlo Acutis» da autoria do padre Ricardo Figueiredo.

LFS

Out
2
Qua
Igreja/Património: Exposição sobre a arquitetura religiosa moderna em Oeiras
Out 2@18:00

Oeiras, 30 set 2019 (Ecclesia) – Na Casa da Arquitetura de Oeiras vai ser inaugurada, dia 02 de outubro, às 18h00, uma exposição sobre a arquitetura religiosa moderna no concelho de Oeiras (Patriarcado de Lisboa).

Com apoio científico do arquiteto João Alves da Cunha, nesta iniciativa vai ser proferida uma conferência relativa ao tema da exposição, bem como o segundo lançamento do livro «A Igreja da Sagrada Família de Paço de Arcos, 1969-2019», refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

LFS

Out
5
Sáb
Irmãs Hospitaleiras: Clínica psiquiátrica de São José realiza «III Fátima ao Pé»
Out 5 todo o dia

Lisboa, 30 set 2019 (Ecclesia) – A Clínica psiquiátrica de São José (Lisboa) realiza, dia 05 de outubro, a peregrinação a pé ao Santuário de Fátima que reúne colaboradores, familiares, voluntários e irmãs hospitaleiras.

Para assinalar os 125 anos da presença das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus em Portugal, a Clínica Psiquiátrica de S. José, além das diversas atividades que tem desenvolvido, vai organizar o “III Fátima ao Pé” – peregrinação a pé ao Santuário de Fátima, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta iniciativa tem como objetivo juntar a comunidade hospitaleira, desde irmãs, colaboradores, voluntários, familiares e benfeitores para viver este tempo de festa e de ação de graças.

Este ano a peregrinação tem como lema “Com Maria, recriar o Amor… uma travessia em 3 séculos” e em vários momentos do dia (na celebração de envio, no percurso dos 15 km a pé e na eucaristia) a organização propõe acompanhar as primeiras três irmãs (Trinidad Franqueza, Maria da Luz Martins e Maria do Carmo Gil Manso) enviadas por São Bento Menni de Ciempozuelos, Madrid, a Lisboa, para darem os primeiros passos da Obra em Portugal.

A celebração dos 125 anos tem como tema: «Um Amor que recria».

O Instituto das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus é uma Instituição Particular de Solidariedade Social com fins de Saúde, que presta assistência e cuidados especializados no acompanhamento e tratamento integral da pessoa portadora de doença mental, deficiência física e/ou psíquica, ou outras patologias, tendo em conta as necessidades e urgências de cada tempo e lugar.

Em Portugal, o Instituto desenvolve a sua intervenção no âmbito da saúde em 12 estabelecimentos, 8 no Continente, 2 na Região Autónoma da Madeira e 2 na Região Autónoma dos Açores.

LFS

Vila Real: Dia diocesano do catequista em Vila Pouca de Aguiar
Out 5@9:00_16:00

Vila Real, 04 out 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Vila Real vai promover o dia diocesano do catequista, com o tema «Catequese e Missão» entre as 09h00 e as 16h00, este sábado, em Vila Pouca de Aguiar.

Os catequistas vão reunir-se na Igreja Matriz de Vila Pouca de Aguiar, durante a manhã, para conviver, refletir, e partilhar práticas relacionadas com a «Catequese e Missão» e dos trabalhos fazem parte sete temas/workshops, seguidos de um plenário, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Após o almoço convívio, os catequistas voltam a reunir-se às 15h00 para a celebração do compromisso e envio presidida pelo Bispo de Vila Real, D. António Augusto de Oliveira Azevedo.

LFS

Out
7
Seg
Igreja/Cultura: Inauguração da exposição «275 anos da Igreja Matriz de Oeiras»
Out 7@18:30

Oeiras, 02 out 2019 (Ecclesia) – A Paróquia de Nossa Senhora da Purificação em Oeiras (Patriarcado de Lisboa) promove, dia 07 de outubro, às 18h30, a inauguração da exposição «275 anos da Igreja Matriz de Oeiras».

Esta exposição vai percorrer “os diferentes espaços” do concelho partilhando, assim, a sua “história com toda a comunidade”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

O ponto de partida deste itinerário será o Centro Comercial Oeiras Parque.

LFS

Out
9
Qua
Lisboa: Ciclo de conferências sobre «A Emergência da Ética» com Bagão Félix
Out 9@18:30_19:30

Lisboa, 07 out 2019 (Ecclesia) – O economista António Bagão Félix vai ser o orador de um ciclo de conferências sobre «A Emergência da Ética» que se realizam no espaço comercial Corte Inglês, às 18h30, em Lisboa.

As conferências (09, 16, 30 deste mês e 06 de novembro) têm como tema «Emergência da Ética»; «Ética e bens públicos»; «Ética, trabalho e solidariedade» e «Ética e natureza», sublinha uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A regra de ouro no plano ético tem sido “frequentemente violada: para alguns, os fins justificam sempre qualquer tipo de meio”.

A verdadeira virtude e a liderança advêm da autoridade do exemplo, não do poder formal e efémero, lê-se

“Não há remédios técnicos para males éticos, esta é a mais séria e profunda reforma estrutural e geracional que urge concretizar”.

António Bagão Félix nasceu em Ílhavo em 1948 e é economista e professor universitário.

Foi ministro e secretário de Estado em vários governos nas áreas das Finanças, Segurança Social e Trabalho.

LFS

 

 

Out
10
Qui
Igreja/Cultura: Escritora Julia Kristeva recebe doutoramento honoris causa da UCP
Out 10@10:30

Lisboa, 09 out 2019 (Ecclesia) – A escritora búlgara, Julia Kristeva, vai receber, esta quinta-feira, às 10h30, na sede da Universidade Católica Portuguesa (auditório Cardeal Medeiros), em Lisboa, o grau de doutora Honoris Causa.

Julia Kristeva, escritora búlgara, psicanalista e professora emérita da Universidade Paris Diderot-Paris 7, uma das “mais importantes intelectuais da contemporaneidade”, recebe o doutoramento Honoris Causa pela Universidade Católica Portuguesa (UCP) na Sessão de Abertura do Ano Letivo 2019/20, por proposta da sua Faculdade de Ciências Humanas (FCH), realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O grau de doutora será atribuído a Julia Kristeva, numa cerimónia presidida pelo magno chanceler da UCP, D. Manuel Clemente, sobre o apadrinhamento de Luísa Leal de Faria, professora catedrática da FCH, e discurso inaugural da reitora da UCP, Isabel Capeloa Gil.

A escritora búlgara é uma das “mais importantes intelectuais da contemporaneidade, tendo o seu trabalho sobre a construção da linguagem poética sido um marco na formação estruturalismo”.

Em 2012 foi convidada pelo cardeal Gianfranco Ravasi para participar no espaço de diálogo entre crentes e não crentes, tendo colaborado na obra “O átrio dos gentios – Crentes e não-crentes perante o mundo de hoje”.

Autora de mais de 30 obras, traduzidas em mais de 15 línguas, incluindo português, Julia Kristeva é membro titular da Sociedade de Psicanálise de Paris e doutora Honoris Causa de várias Universidades nos Estados Unidos, Canadá e Europa.

LFS

Out
11
Sex
Igreja/Cultura: 12 concertos na edição da «Temporada Música em São Roque»
Out 11 todo o dia

Lisboa, 10 out 2019 (Ecclesia) – A 31ª edição da Temporada Música em Roque (TMSR) começa esta sexta-feira e vai ter 12 concertos “únicos e imperdíveis”, organizada pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

O maestro Filipe Carvalheiro é o diretor artístico deste evento, que decorre até ao dia 10 de novembro e que será composto por 12 concertos, que incluem algumas das orquestras e coros “mais conceituados do panorama da música clássica portuguesa”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A 31ª edição da Temporada Música em São Roque terá o Coro Gulbenkian a fazer as honras de abertura, com a «Petite Messe Solennelle», a pequena pérola religiosa de Gioachino Rossini, lê-se.

O Camerata Atlântica vai apresentar (13 outubro), em estreia mundial, a Sinfonietta para Cordas de Sérgio Azevedo, escrita a partir de esboços e andamentos inacabados que, por uma razão ou por outra, estavam “adormecidos em papel”.

O Coro Casa da Música leva (18 de outubro) à Igreja de São Roque a grandiosidade e serenidade das Vésperas de Claudio Monteverdi, enquanto que a Orquestra Orbis irá apresentar (19 de outubro) a obra-prima de André Caplet.

O Capella Joanina vai apresentar (20 de outubro) algumas obras do barroco ibérico que foram proibidas por decreto régio, e o grupo Divino Sospiro irá brindar (23 de outubro) o público com o “Passio Ibérica”, uma visão da piedade culta e popular do tema das Sete Palavras de Cristo na Cruz e do Stabat Mater, na tradição ibérica do século XVIII.

As Vozes Alfonsinas (25 de outubro) levarão ao Convento dos Cardaes as itinerâncias trovadorescas, através da redescoberta das cantigas medievais em Galego-Português; e o Concerto Campestre recordará (27 de outubro) o nascimento da Modinha em Portugal.

Os Ensemble MPMP irão apresentar (dia 01 de novembro) duas das maiores obras de João Domingos Bomtempo, a par com a estreia absoluta de uma obra de Hugo Ribeiro (que ganhou o prémio Musa 2019).

Vai ser também possível assistir (03 de novembro) ao concerto do grupo Cupertinos, que vai apresentar um programa baseado no seu 1º – e aclamado – trabalho discográfico, que representa uma incursão pela obra magistral de Manuel Cardoso.

Os Cupertinos são considerados os embaixadores da Polifonia Portuguesa e foram distinguidos recentemente pela revista britânica Gramophone, na categoria de Música Antiga.

Também faz parte do programa (08 de novembro) desta 31ª edição o grupo Sete Lágrimas que, este ano, comemora o seu 20º aniversário.

Já a fechar a temporada, e com o objetivo de encorajar o trabalho dos jovens músicos, vai estar presente (10 de novembro) a Orquestra Geração.

Os “palcos” dos concertos desta edição serão distribuídos pela Igreja de S. Roque, Igreja de São Pedro de Alcântara, Mosteiro de Santos-o-Novo e Convento dos Cardaes.

LFS

Publicações: Apresentação da obra «A Redenção do Coração – Celibato e Caráter Esponsal»
Out 11@19:00

Lisboa, 10 out 2019 (Ecclesia) – O livro «A Redenção do Coração – Celibato e Caráter Esponsal», da autoria de Miguel Pereira, vai ser apresentado esta sexta-feira, às 19h00, na Igreja Misericórdia, em Óbidos (Patriarcado de Lisboa).

Esta iniciativa, integrada no Festival Literário Internacional de Óbidos – F(O)LIO, conta com a presença de D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, monsenhor Duarte da Cunha, pároco de Santa Joana Princesa e o padre Ricardo Figueiredo, Pároco de Óbidos, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Uma investigação sobre o celibato “pelo reino dos céus diante do significado esponsal do corpo, no âmbito da Teologia do corpo de São João Paulo II”, lê-se no comunicado.

Esta obra, com a chancela da Universidade Católica Editora, versa sobre vários âmbitos em que a filosofia de Wojtyla se desenvolveu, com especial ênfase em São Tomás de Aquino e no personalismo.

A Universidade Católica Editora (UCE) está presente na edição deste ano do F(O)LIO com a apresentação de dois livros da área da Teologia.

LFS

Out
12
Sáb
Lisboa: Bairro Padre Cruz inaugura busto de D. António Francisco Marques
Out 12_Out 13 todo o dia

Lisboa, 10 out 2019 (Ecclesia) – O Bairro Padre Cruz (Lisboa) vai celebrar, dias 12 e 13 deste mês, a festa do bairro onde vai ser inaugurado um busto de homenagem a D. António Francisco Marques.

Na festa destinada aos moradores, no primeiro dia, às 16h00, o padre António Araújo, sacerdote que durante mais de 20 anos prestou assistência pastoral naquele bairro, faz uma conferência (Centro Cultural de Carnide) evocativa da história do Bairro Padre Cruz, refere o programa enviado à Agência ECCLESIA.

Na noite do dia 12 faz-se também uma procissão de velas com a Imagem de Nossa Senhora de Fátima, pelas ruas do Bairro e a participação da Banda da Charneca.

Pelas 11h00, do dia 13 deste mês, o bispo auxiliar de Lisboa, D. Joaquim Mendes preside à celebração com a tomada de posse do novo pároco.

Logo de seguida, às 12h00, faz-se a inauguração do busto de homenagem a D. António Francisco Marques (“Padre Francisco”) que foi o primeiro bispo de Santarém.

LFS