Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Jul
27
Sáb
Igreja/Sociedade: Movimento «Metanoia» reflete sobre «Cristianismo intercultural»
Jul 27_Jul 30 todo o dia

Leiria, 05 jun 2019 (Ecclesia) – O Movimento Católico de Profissionais (Metanoia) vai realizar, de 27 a 30 de julho, um encontro de reflexão teológica sobre «Lavrar a Terra – O desafio do Cristianismo intercultural».

O encontro decorre em Leiria, no seminário da cidade, e tem com orador o padre Adelino Ascenso, Superior geral da Sociedade Missionária Boa Nova, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Aberto a todos os interessados, associados ou não, esta iniciativa convoca os participantes à reflexão, à partilha e ao convívio.

Os mais novos vão dispor de uma “dinâmica própria”, integrada no tema e nas atividades do grupo geral.

LFS

Publicações: Lançamento da obra «A Missão de Servir» do padre Tony Neves
Jul 27 todo o dia

Porto, 22 jul 2019 (Ecclesia) – A obra «A Missão de Servir» da autoria do padre Tony Neves vai ser apresentado dia 27 deste mês na sua terra natal, Gondomar, Diocese do Porto.

Neste livro, o autor oferece uma seleção de artigos, conferências e reportagens que foi escrevendo e publicando durante o seu serviço como Superior da Província Portuguesa da Congregação dos Espiritanos, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A obra é apresentada pelo padre Tony Neves e serve também para “agradecer a Deus os seus 30 anos de sacerdócio”.

O título diz que a missão é servir, pois diz respeito ao período em que foi confiado ao autor o serviço de animação dos Espiritanos em Portugal, responsabilidade que nem por isso o limitou na vontade de colocar a comunicação ao serviço do anúncio do Evangelho.

Esta publicação tem um fim solidário: os lucros que se obtiverem com ela serão todos entregues ao CEPAC, uma obra que, bem dentro do carisma espiritano, apoia os imigrantes, uma das franjas mais frágeis e abandonadas da nossa sociedade, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

LFS

Funchal: Bispo preside à ordenação de dois sacerdotes
Jul 27@10:00

Foto Diocese do Funchal

Funchal, 09 jul 2019 (Ecclesia) – O bispo do Funchal, D. Nuno Brás, vai presidir à celebração da ordenação sacerdotal de André João Freitas Pinheiro e Marco Augusto Barros de Abreu, no próximo dia 27, a partir das 10h00 na Sé.

A Diocese do Funchal informa que dois dias antes da ordenação presbiteral, a 25 de julho, vai ser celebrada uma Vigília de Oração pelos futuros jovens sacerdotes às 20h00, na igreja do Colégio.

André João Freitas Pinheiro vai celebrar a sua Missa nova no domingo a seguir à ordenação (dia 28 de julho), às 16h00, na igreja paroquial de Santo António

O diácono André Pinheiro depois de ter estudado um ano de Enfermagem, na Escola Superior de Enfermagem de S. José de Clunny, entrou para o Seminário Diocesano do Funchal e foi estudar para o Patriarcado de Lisboa, a 10 de setembro de 2012 para frequentar o ano Propedêutico.

Já Marco Augusto Barros de Abreu celebra a sua Missa nova dia 4 de agosto, às 16h00, na igreja paroquial do Curral das Freiras; Entrou para o seminário diocesano a 19 de setembro de 2008, para o 9.º ano de escolaridade, e passados quatro anos, em 2012, também foi estudar para Lisboa, informa a Diocese do Funchal.

CB

Algarve: Diocese dinamiza testemunhos sobre a Jornada Mundial da Juventude 2019
Jul 27@21:00

Faro, 27 fev 2019 (Ecclesia) – Os jovens da Diocese do Algarve que participaram na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Panamá começam hoje, um mês depois desse encontro, a dar testemunho dessa vivência num périplo mensal por todas as paróquias.

Na informação enviada hoje à Agência ECCLESIA, o ‘Folha do Domingo’ adianta que os participantes algarvios da JMJ 2019 começam “encontros mensais de testemunho” do que foi a sua experiência, um mês após o final do encontro no Panamá.

O primeiro encontro, esta noite, realiza-se na igreja matriz da Paróquia de Vila Real de Santo António, e o jornal diocesano  indica que os encontros vão realizar-se mensalmente, sempre no dia 27, pelas 21h00, até de janeiro de 2020.

O próximo encontro é Olhão (abril), Faro (maio), Quarteira (junho), Loulé (julho), Ferreiras (agosto), Portimão (setembro), Paderne (outubro), Silves (novembro) e Monchique (dezembro), e terminam com um encontro diocesano na Sé de Faro (janeiro 2020).

Os encontros mensais vão ter um momento de ambientação, uma catequese sobre um tema da Doutrina Social da Igreja, um testemunho de um participante na JMJ e por um momento de oração, baseado na vida de um dos oito santos patronos da JMJ, com adoração ao Santíssimo Sacramento.

A JMJ realizou-se pela primeira vez na América Central, mais concretamente na Cidade do Panamá, onde estiveram 25 jovens do Algarve, onde também se contava um casal, de nove paroquias – Silves (9), Paderne (4), Quarteira (3), São Pedro de Faro (2), Ferreiras (3), Portimão (1), Tavira (1), Loulé (1) e Olhão (1) – para além do assistente do Setor Diocesano da Pastoral Juvenil, o padre Nelson Rodrigues, e mais dois sacerdotes, Tiago Veríssimo, pároco de Monchique, e Adelino Ferreira, pároco de Vila Real de Santo António.

O jornal ‘Folha do Domingo’ realça ainda que todos os participantes já deram testemunho da JMJ 2019 em Eucaristias nas suas paróquias de origem após o regresso do Panamá.

‘Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua Palavra’ foi o tema do 34.º encontro mundial de jovens que terminou há um mês, a 27 de janeiro, e foi presidido pelo Papa Francisco.

Na Missa de encerramento do encontro foi anunciado que a próxima edição internacional realiza-se em Portugal, mais concretamente no Patriarcado de Lisboa, em 2022.

Estiveram no Panamá, 300 portugueses de 12 dioceses e de seis congregações e movimentos, seis bispos e 30 voluntários.

As JMJ nasceram por iniciativa de São João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude; são um acontecimento religioso e cultural que reúne jovens de todo o mundo durante uma semana.

Cada JMJ realiza-se, anualmente, a nível diocesano no Domingo de Ramos, alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos numa grande cidade: em 1987, Buenos Aires (Argentina); em 1989, Santiago de Compostela (Espanha); em 1991, Czestochowa (Polónia); em 1993 em Denver (EUA); em 1995, Manila (Filipinas); em 1997, Paris (França); em 2000, Roma (Itália); em 2002, Toronto (Canadá); em 2005, Colónia (Alemanha); em 2008, Sidney (Austrália); em 2011, Madrid (Espanha); Rio de Janeiro (Brasil), em 2013; e Cracóvia (Polónia), em 2016.

CB

[Notícia atualizada a 1 de março]

Jul
28
Dom
Açores: D. João Lavrador nas comemorações dos 150 anos da Igreja de Santana
Jul 28 todo o dia

DR

Ponta Delgada, Açores, 24 jul 2019 (Ecclesia) – O bispo de Angra, D. João Lavrador, vai presidir, este domingo, às celebrações dos 150 anos da Igreja de Santana – Nordeste (Ilha de São Miguel – Açores) sendo a Eucaristia às 12h00 e pelas 20h00 a procissão pelas ruas da localidade.

As comemorações começam esta quarta-feira com duas conferências sobre esta efeméride por José Carlos Carneiro e Francisco Resendes e abertura de uma exposição fotográfica onde estão patentes registos dos padres que estiveram naquela paróquia e de algumas alfaias litúrgicas, refere o programa enviado à agência ECCLESIA.

As festividades naquela localidade da Ilha de São Miguel realizam-se de 24 a 31 deste mês e têm atividades lúdicas, desportivas e religiosas.

LFS

Publicações: Apresentação da obra «Caminhos na minha terra. Uma história do Pai Américo»
Jul 28@16:00

Coimbra, 27 jun 2019 (Ecclesia) – A obra «Caminhos na minha terra. Uma história do Pai Américo» vai ser apresentada dia 28 de julho, às 16h00, no Seminário Maior de Coimbra, e o texto é da autoria do padre José Alfredo, reitor do Seminário Maior do Porto, e as ilustrações do pintor Avelino Leite.

A história divide-se em 9 capítulos curtos e o fio da narrativa é conduzido “por um pequeno de nome Francisco, natural de Campo, o local onde se deu o fatídico acidente de viação que viria a vitimar, dois dias depois (16 de Julho de 1956), o Pai Américo”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta biografia do Padre Américo (1887-1956), em formato infanto-juvenil, é editada pela Editora Letras e Coisas.

Nesse dia, celebram-se os 90 anos de ordenação presbiteral de Américo Monteiro de Aguiar, por D. Manuel Luís Coelho da Silva, Bispo de Coimbra e o padre Américo foi o fundador da Obra da Rua e a sua Causa de Beatificação segue o seu curso na Congregação para as Causas dos Santos, em Roma.

O livro terá uma distribuição pelas várias vigararias da Diocese do Porto, mas não só, e tem o apoio integral à edição da Irmandade dos Clérigos.

LFS

Évora: Escuteiros organizam acampamento regional
Jul 28@21:30

Évora, 28 jul 2019 (Ecclesia) – O arcebispo de Évora vai presidir à Eucaristia de abertura do acampamento regional (ACAREG) da Junta de Évora do Corpo Nacional de Escutas, pelas 21h30, deste domingo, em Ferreira do Zêzere.

A Arquidiocese de Évora informa que D. Francisco Senra Coelho vai presidir à Missa de abertura do XIX ACAREG que vai decorrer até 3 de agosto, no campo da região de Lisboa, o Centro de Atividades Escutistas de Ferreira do Zêzere.

O acampamento da Junta Regional de Évora do Corpo Nacional de Escutas (CNE – Escutismo Católico Português)  “deverá congregar cerca de 900 escuteiros” dos vários agrupamentos da diocese que vão ‘Unir a Terra Média’.

Esta região do CNE atualmente conta com 21 agrupamentos e as primeiras promessas na arquidiocese alentejana realizaram-se a 12 de julho de 1936, na igreja de São Francisco, mas a “primeira tentativa de fundação de um grupo do Corpo Nacional de Scouts em Évora data de 1929”, informa a junta regional na sua página na rede social Facebook.

O Corpo Nacional de Escutas – Escutismo Católico Português foi fundado em 27 de maio de 1923 e é a maior associação de juventude em Portugal, com cerca de 72 mil Escuteiros, distribuídos por cerca de 1030 Agrupamentos, em todas as regiões do país.

A associação de educação não-formal tem como finalidade “a formação integral de crianças e jovens de ambos os géneros” tornando-os em cidadãos ativos, “sempre com o apoio de voluntários e à luz do Evangelho de Jesus Cristo e segundo a doutrina da Igreja Católica Romana que a associação professa, assume e difunde”.

CB

Jul
29
Seg
Fátima: Santuário propõe aos jovens uma «imersão de voluntariado» com o projeto «SETE»
Jul 29_Ago 4 todo o dia

Fátima, 10 jul 2019 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima propõe aos jovens uma “imersão de voluntariado”, com o seu projeto ‘SETE’ que convida a uma “dinâmica de aprofundamento espiritual”, e vai ter cinco sessões entre 29 de julho a 1 de setembro.

A organização explica que este projeto de voluntariado “poderá ajudar” os participantes “a descobrirem quem são e “para que” são, agora que, “sendo jovem, a vida se apresenta como uma aventura em aberto a pedir discernimento e decisões”.

“Se és cristão ou te interrogas sobre o sentido da vida, a grande descoberta que o Projeto SETE te poderá oferecer será, talvez, que a vida toda se transfigura quando te descobres parte de um projeto maior, o de Deus, que tem sobre ti, como disse o Anjo aos Pastorinhos, «desígnios de misericórdia”, lê-se no sítio online do Santuário de Fátima.

O projeto ‘SETE’ destina-se a jovens entre os 18 e os 35 anos, com cinco turnos de sete ou 14 dias, de 29 de julho a 1 de setembro; Entre 12 e 25 de agosto o turno é em português e inglês.

Os jovens vão poder participar em “várias experiências de acolhimento, oração e partilha” em diversos espaços, na Cova da Iria, Aljustrel e nos Valinhos: Acolhimento dos peregrinos; encontro com as crianças; contacto com peregrinos mais frágeis; orientações e informação; apelo ao silêncio; visitas acompanhadas, entre outras.

O nome ‘SETE’ deste projeto situa os voluntários no contexto da mensagem de Fátima, mais concretamente na “sétima aparição da Senhora a Lúcia, no dia 15 de junho de 1921”, quando o bispo de Leiria tinha “confiado a Lúcia a missão de deixar a Cova da Iria”.

O Santuário de Fátima informa que as inscrições devem ser feitas, no máximo, até 15 dias antes do turno pretendido através de um formulário online.

CB

Voluntariado: Santuário de Fátima propõe um encontro entre jovens e peregrinos com o «Projeto Sete»

Guarda: «Missão Play» é o tema do campo de férias jovem
Jul 29_Ago 2 todo o dia

Guarda, 18 jul 2019 (Ecclesia) – A Pastoral Juvenil Universitária Vocacional da Diocese da Guarda promove, de 29 de julho a 02 de agosto, um campo de férias jovem no Parque de Campismo de São Gião.

Com o tema «Missão Play», este campo de férias destina-se a jovens com idades entre os 15 e 30 anos e realiza-se no Parque de Campismo da Fundação Albino Mendes da Silva, em São Gião, arciprestado de Seia e concelho de Oliveira do Hospital, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Os participantes vão ter momentos de descontração, oração e compromisso com as comunidades locais.

As inscrições decorrem até ao dia 25 de Julho através do link, disponível na página da Pastoral Juvenil Universitária Vocacional da Diocese da Guarda e têm o custo de 35 euros e inclui refeições, acampamento e algum material para o campo de férias.

O campo de férias será em regime de acampamento pelo que “cada participante deve providenciar tenda, colchão e saco cama, bem como toalha e calção de banho, material de higiene pessoal, roupa e calçado confortável”, lê-se.

LFS

Setúbal: Celebração do aniversário de nascimento do Servo de Deus Padre Cruz
Jul 29@10:30

Alcochete, 22 jul 2019 (Ecclesia) – Por ocasião do 160.º Aniversário do nascimento do Servo de Deus Padre Cruz, no dia 29 de julho, vai ser celebrada missa na Igreja Paroquial de Alcochete (Diocese de Setúbal), pelas 10h30, presidida por D. José Ornelas e abre-se o jazigo da Companhia de Jesus, onde estão os restos mortais do Padre Cruz, para visita e oração.

Este ano, a Causa de Beatificação e Canonização do Padre Cruz reparte as celebrações entre Alcochete, terra que viu nascer o Servo de Deus, em 1859 e Lisboa, onde faleceu, a 1 de outubro de 1948, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O Padre Francisco Rodrigues da Cruz, quarto filho de Manuel da Cruz e Catarina de Oliveira da Cruz, era natural da vila de Alcochete, onde nasceu a 29 de Julho de 1859. Os pais, “temendo pela sua frágil vida, chamaram um sacerdote para que fosse batizado em casa, sendo as cerimónias do batismo apenas completadas em fevereiro do ano seguinte”, lê-se

Concluídos os estudos secundários, seguiu para Coimbra, onde se formou em Teologia na Universidade de Coimbra em 1880, ordenando-se sacerdote em 1882. Entrou para a Companhia de Jesus a 3 de dezembro de 1940, após ver indeferido por diversas vezes o seu pedido para entrar na Companhia, por falta de saúde.

O Processo Informativo Diocesano sobre a Fama de Santidade e das Virtudes do Padre Cruz foi enviado para a Santa Sé em 1965 e os escritos do Padre Cruz (recolha de correspondência, notas e orações) aprovados por Decreto promulgado pela Congregação das Causa dos Santos em 1971.

A Vice-postulação da Causa de Beatificação e Canonização do Padre Cruz e a nova Comissão Histórica, nomeada no início de 2019, trabalham para que avance o que falta no processo e este dê entrada na Santa Sé, com vista à Beatificação do Padre Cruz, refere o comunicado enviado à Agência ECCLESIA

LFS

Jul
30
Ter
Pastoral Juvenil: Jovens da vigararia de Alcobaça e Nazaré fazem missão nos Açores
Jul 30_Ago 8 todo o dia

Alcobaça, 25 jul 2019 (Ecclesia) – Uma dezena e meia de jovens da Vigararia de Alcobaça – Nazaré (Patriarcado de Lisboa) vão realizar, de 30 de julho a 08 de agosto, uma missão na Ilha de São Jorge (Arquipélago dos Açores).

Com o lema «São Jorge 2019 – Onde Deus te levar», esta iniciativa da pastoral juvenil daquela vigararia é marcada pela “missão porta a porta, missões de rua, missão à divina providência (sem dinheiro, sem comida, sem telemóvel) e pelos momentos de oração e eucaristia diária”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Os participantes vão ser acompanhados pelo bispo auxiliar de Lisboa, D. Daniel Batalha, e pelo padre Ivo Santos.

Ao longo dos dias, os 15 jovens de Alcobaça e Nazaré vão “ter encontros com outros jovens, crianças e idosos da Santa Casa da Misericórdia da Calheta” e pessoas das paróquias da Ilha de São Jorge.

Em 2018, a pastoral juvenil daquela vigararia organizou uma missão na Ilha do Pico.

LFS

 

Especial: Vigararia de Alcobaça-Nazaré dinamizou missão jovem no ponto mais alto de Portugal (C/fotos)

Jul
31
Qua
Lamego: Exposição «Diocese, imagem e memória» no Museu Diocesano
Jul 31 todo o dia

Lamego, 17 jul 2019 (Ecclesia) – O Museu Diocesano de Lamego tem patente ao público, até 31 de julho, uma exposição «Diocese, Imagem e Memória» onde se revela o núcleo de fotografias de D. João Campos Neves e de D. António José Rafael, acompanhado da exibição de artigos e reportagens jornalísticas de «Voz de Lamego» dirigido pelo célebre cónego Correia de Noronha.

A exposição atravessa o final da primeira metade e princípio da segunda metade do século XX, sobretudo durante o priorado de D. João, conduzindo a narrativa da situação política e religiosa internacional, espelhada na diocese e cidade de Lamego, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A iniciativa tem 7 expositores fotográficos distribuídos pela galeria, alinhados a um cubo central representativo da narrativa no tempo do acontecimento diocesano, nacional e internacional.

LFS

Voluntariado: «Intrarail Missionário» marcou o início dos projetos de verão dos Jovens sem Fronteiras
Jul 31@15:02_16:02

Lisboa, 29 jul 2019 (Ecclesia) – Os Jovens Sem Fronteiras (JSF) promovem neste verão quatro iniciativas missionárias em Portugal, tendo começado com o “Intrarail Missionário”, e realizam uma missão ao longo do mês de agosto em São Tomé e Príncipe.

De acordo com a informação divulgada na página da internet dos Missionários Espiritanos, congregação missionária que acompanha os projetos dos JSF, o lema para as várias iniciativas é “Todos, tudo e sempre em missão”.

O primeiro projeto dos JSF decorreu entre os dias 18 e 18 de julho e consistiu num “

Intrarail Missionário” na Linha do Oeste, com paragens em Malveira, Telhal, Torres Vedras e Marrazes.

Entre os dias 31 de julho e 31 de agosto, os JSF promovem a “Ponte Missionária”, em em Ribeira Afonso, São Tomé e Príncipe.

Os JSF realizam também neste mês de agosto três semanas missionárias, a primeira entre os dias 2 e 12, em Vila Nova de Santo André (Santiago do Cacém), depois entre os dias 16 e 26, em Irivo (Penafiel) e também em Santa Catarina da Serra (Leiria).

PR

Ago
2
Sex
Coimbra: D. Virgílio Antunes orienta retiro de verão em Penacova
Ago 2_Ago 4 todo o dia

Coimbra, 27 jun 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Coimbra vai promover, de 2 a 4 de agosto, na Casa de Retiros de Penacova, um retiro de verão que será orientado pelo bispo diocesano, D. Virgílio Antunes.

Este retiro tem como destino todos os agentes que trabalham na pastoral da diocese, paróquias, secretariados, movimentos e “que queiram fazer do tempo de férias um tempo de Deus”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A Diocese de Coimbra propõe desta forma um “tempo para reencontrar-se consigo e com Deus, aproveitando aquela magnífica paisagem e silêncio que aquele espaço proporciona”, lê-se.

LFS

Voluntariado: «Intrarail Missionário» marcou o início dos projetos de verão dos Jovens sem Fronteiras
Ago 2@15:02_16:02

Lisboa, 29 jul 2019 (Ecclesia) – Os Jovens Sem Fronteiras (JSF) promovem neste verão quatro iniciativas missionárias em Portugal, tendo começado com o “Intrarail Missionário”, e realizam uma missão ao longo do mês de agosto em São Tomé e Príncipe.

De acordo com a informação divulgada na página da internet dos Missionários Espiritanos, congregação missionária que acompanha os projetos dos JSF, o lema para as várias iniciativas é “Todos, tudo e sempre em missão”.

O primeiro projeto dos JSF decorreu entre os dias 18 e 18 de julho e consistiu num “

Intrarail Missionário” na Linha do Oeste, com paragens em Malveira, Telhal, Torres Vedras e Marrazes.

Entre os dias 31 de julho e 31 de agosto, os JSF promovem a “Ponte Missionária”, em em Ribeira Afonso, São Tomé e Príncipe.

Os JSF realizam também neste mês de agosto três semanas missionárias, a primeira entre os dias 2 e 12, em Vila Nova de Santo André (Santiago do Cacém), depois entre os dias 16 e 26, em Irivo (Penafiel) e também em Santa Catarina da Serra (Leiria).

PR