Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Jun
19
Qua
Igreja/Cultura: Conferência sobre o bispo madeirense D. Estêvão de Alencastre
Jun 19@18:00

Funchal, Madeira, 18 jun 2019 (Ecclesia) – O bispo madeirense D. Estêvão de Alencastre vai ser tema de uma preleção, esta terça-feira, às 18h00, no Teatro Municipal Dias (Funchal – Ilha da Madeira).

Esta iniciativa está integrada no ciclo «Conferências do Teatro – Madeira de A a Z» e tem como oradora Susana Caldeira, lê-se no programa enviado à Agência ECCLESIA.

Para além da abordagem sobre o bispo madeirense que exerceu o seu múnus episcopal no Havai, Gregório Gouveia falará com o tema «Advocacia».

O Bispo do Hawai, como ficou conhecido D. Estevão de Alencastre, nasceu na Ilha do Porto Santo (Bairro da Vila) no dia 3 de Novembro de 1876 e foi com os pais, tal como milhares de madeirenses, para o Havai.

D. Estevão de Alencastre teve um papel relevante na história da congregação missionária dos Sagrados Corações de Jesus e Maria.

O seu episcopado ficou marcado pelo “aumento dos clérigos e de paróquias em todos os distritos havaianos, pela construção de novas igrejas e pela remodelação da Catedral de Nossa Senhora da Paz em Honolulu, e ainda pelo seu empenho na educação e formação católica dos jovens residentes em Havai, independentemente da nacionalidade ou descendência”, realça a nota.

LFS

Jun
24
Seg
Coimbra: Jantar/debate da ACEGE com Joana Marques Vidal
Jun 24@20:00

Coimbra, 06 jun 2019 (Ecclesia) – O núcleo de Coimbra da ACEGE (Associação Cristã de Empresários e Gestores) em parceria com a Comissão Diocesana Justiça e Paz promove, dia 24 deste mês, às 20h00, naquela cidade, um jantar/debate com Joana Marques Vidal.

A convidada é magistrada do Ministério Público, e Procuradora-Geral da República entre 2012 e 2018 vai falar sobre «Ética e crime económico», refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA

O debate “pleno de atualidade jurídica, política, social e económica” realiza-se no restaurante do Instituto Universitário Justiça e Paz, em Coimbra.

LFS

Jun
26
Qua
Funchal: Coleção sobre o património religioso do concelho da Calheta
Jun 26 todo o dia

Funchal, Madeira, 24 jun 2019 (Ecclesia) – O Centro de Estudos e Desenvolvimento, Educação, Cultura e Social da Calheta (Diocese do Funchal) lança, dia 26 deste mês, uma “coleção inédita sobre o património religioso” daquele concelho.

O primeiro volume é referente à freguesia do Arco da Calheta, nomeadamente às paróquias do Loreto e do Arco da Calheta, intitula-se “Arco da Calheta, património religioso e alguns aspectos do quotidiano”, uma investigação do professor Paulo Ladeira, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A apresentação vai ser feita pelo bispo do Funchal, D. Nuno Brás, e pela historiadora do CLEPUL, Cristina Trindade, e conta com a presença do presidente da Câmara Municipal da Calheta, Carlos Teles e do secretário Regional da Educação, Jorge Carvalho

O lançamento, na igreja paroquial do Arco da Calheta, faz parte das comemorações dos 517 anos de elevação a Vila do Município da Calheta e no livro, ao longo de 25 capítulos e 336 páginas, ilustrado com fotografias e um mapa, é apresentado o resultado da investigação ao património religioso, edificado na freguesia, desde os finais do século XV até à actualidade.

Um dos capítulos do livro é de autoria do professor Manuel da Silva Leça e intitula-se “Arco da Calheta – costumes religiosos e sociais nesta freguesia, nos anos de 1930 a 1950”.

O prefácio é do bispo do Funchal, D. Nuno Brás, e o posfácio é do professor madeirense José Eduardo Franco, Diretor CIDH – Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização da Universidade Aberta/CLEPUL – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

LFS

Jun
30
Dom
Coimbra: Ordenação sacerdotal de João Nuno Castelhano
Jun 30@16:00

Coimbra, 25 jun 2019 (Ecclesia) – O diácono João Nuno Castelhano vai ser ordenado padre dia 30 deste mês, às 16h00, na Sé Nova de Coimbra, por D. Virgílio Antunes, bispo daquela diocese.

Natural de Seixo de Mira, o diácono João Nuno Castelhano estava a colaborar com o padre João Fernando Dias nas paróquias de Alvorge, Ansião, Degracias, Lagarteira, Pombalinho e Santiago da Guarda.

LFS

Jul
1
Seg
Funchal: Figuras católicas agraciadas no Dia da Região
Jul 1 todo o dia

DR

Funchal, Madeira, 25 jun 2019 (Ecclesia) – O padre salesiano Fernando Eusébio de Castro e as Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus vão ser galardoados, dia 01 de julho, pelo Governo Regional da Madeira no dia em que se celebra o Dia da Região.

Na cerimónia que decorre no Fórum Machico o padre salesiano Fernando Eusébio de Castro recebe, a título póstumo, a Insígnia Autonómica de Distinção, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Entre as 10 Insígnias Autonómica de Bons Serviços que serão impostas no próximo dia 1 de Julho, uma delas é atribuída às Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, nas duas instituições que gerem na Região (Casa de Saúde Câmara Pestana e Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família).

O historiador Alberto Vieira, falecido a 25 de fevereiro do corrente ano, receberá, a título póstumo, a mais alta condecoração regional: a Insígnia Autonómica de Valor.

As Insígnias Honoríficas Madeirenses, cujo regime jurídico foi aprovado em 2003, visam distinguir, em vida ou a título póstumo, os cidadãos, coletividades ou instituições que se notabilizarem por méritos pessoais ou institucionais, atos, feitos cívicos ou serviços prestados à Região.

Desde então, por ocasião das comemorações do «Dia da Região e das Comunidades Madeirenses», assinalado a 01 de julho de cada ano, são distinguidos pelo Governo Regional aqueles que, de acordo com o que está definido na referida legislação, deram o seu contributo à Madeira e à sua população.

LFS

 

Jul
10
Qua
Cinema: «Periferias» é o tema para o ciclo «Curtas com conversas» no Seminário Maior de Coimbra
Jul 10@21:00_23:00

Sessões vão decorrer na segunda quarta-feira de cada mês, entre março e julho

Coimbra, 06 mar 2019 (Ecclesia) – O Seminário Maior de Coimbra vai promover um ciclo de apresentação de curtas metragens comentadas por um convidado sobre o tema “periferias” com o objetivo de “ser mais um contributo” na construção da cidade.

“Não queremos ser apenas mais um olhar entre outros, mas um olhar específico – o olhar cristão”, refere um comunicado enviado à Agência ECCLESIA pelo Seminário Maior de Coimbra.

O ciclo de curtas metragens segue a proposta do Papa Francisco de “recolocar no centro as periferias”, sejam “geográficas, sociais e existenciais”.

“Um tema que ganha hoje novos contornos”, lembra o comunicado,  acrescentando que hoje é possível “descobrir periferias no centro”.

O Seminário Maior de Coimbra indica que o ciclo de curtas metragens quer ir “ao encontro de algumas periferias”, “pensar as periferias que habitam a cidade, a comunidade, a cultura, o corpo, o território e a nossa realidade interior”.

O ciclo de curtas metragens vai ser apresentado no Salão de São Tomás, no Seminário Maior de Coimbra, na segunda quarta-feira de cada mês, depois das 21h00 e até às 23h00, seguindo um esquema geral de exibição do filme durante 45 minutos, no máximo, e outro tanto para o diálogo, no mínimo.

Dia 13 de março é apresentado o tema “biodiversidade, clima e reflorestação” com Pedro Bingre, a partir do filme “O homem que plantava árvores”, de Frédéric Back.

Dia 10 de abril o tema “Corpo, sofrimento e esperança” é analisado com Carlos Saraiva, a partir do filme “Roda no Ar”, de Henrique Manuel Pereira, que estará presente na sessão.

A 8 de maio, a “Liberdade e prisões que nos habitam” é o tema para o diálogo com Laborinho Lúcio a partir do filme “Arena”, de João Salaviza.

O ciclo “Curtas com conversas” tem previsto ainda mais duas apresentações, nos dias 12 de junho e 10 de julho, com temas a indicar na página da internet do Seminário Maior de Coimbra.

PR

Coimbra: Pedro Mexia na última sessão do ciclo «Curtas com Conversa»
Jul 10@21:21

Coimbra, 09 jul 2019 (Ecclesia) – O Seminário Maior de Coimbra vai realizar na esta quarta-feira, 10 de julho, às 21h21, no Salão de São Tomás, a última sessão do ciclo «Curtas com Conversa» que terá a participação de Pedro Mexia.

No início desta sessão será apresentada uma curta-metragem de Pier Paolo Pasoli, «La Ricotta», lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

As sessões (cinco no total) têm sido muito frequentadas ao longo do ano pastoral.

LFS

Cinema: «Periferias» é o tema para o ciclo «Curtas com conversas» no Seminário Maior de Coimbra

Jul
13
Sáb
Coimbra: Festival Internacional de Polifonia Portuguesa
Jul 13 todo o dia

Coimbra, 01 jul 2019 (Ecclesia) – A Fundação Cupertino de Miranda promove, dia 13 deste mês, um conjunto de iniciativas culturais, no Mosteiro de Santa Cruz (Coimbra) no âmbito do Festival Internacional de Polifonia Portuguesa.

O programa contempla um seminário, a partir das 14h30, sobre «O Barroco e a Polifonia em Portugal”, pelas 18h00 uma visita guiada ao Mosteiro de Santa Cruz, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O seminário que se realiza na sala do capítulo do mosteiro tem uma conferência de José Manuel Tedim (Universidade Portucalense) que falará sobre «Nicolau Nasoni: cenógrafo do barroco portuense» e Eduardo Pires Oliveira (Universidade de Lisboa) aborda o tema «André Soares (1720-1769). Um homem entre o Barroco, o Rococó e o Tardobarroco», lê-se.

Ainda durante a tarde, intervêm também José Abreu (Universidade de Coimbra) que reflete sobre «A arte composicional no repertório polifónico – os modelos de Francisco Guerreiro (1528-1599) na música de Duarte Lobo (1565-1646)».

LFS

Jul
16
Ter
Coimbra: Seminário recorda lançamento da primeira pedra com várias atividades
Jul 16 todo o dia

Coimbra, 16 jul 2019 (Ecclesia) – No Seminário Maior de Coimbra estão a decorrer, ao longo do dia de hoje, várias atividades para comemorar o lançamento da primeira pedra, há 271 anos, daquela instituição.

Durante a manhã realizam-se várias atividades para crianças que são orientadas por Diana Fonseca e das 11h00 às 18h00, Carolina Ferreira e Cidália Santos fazem visitas guiadas ao Seminário Maior de Coimbra, refere o programa enviado à Agência ECCLESIA.

O reitor do seminário, padre Nuno Santos, celebra, às 16h00, a eucaristia na igreja da instituição e, uma hora depois, vai ser inaugurado o espaço museológico Póvoa dos Reis com conferência de Jorge Paiva e Fátima Sales.

O concerto de órgão de tubos com Paulo Bernardino é às 19h00 e meia hora depois Jaime Castelo Branco e Miguel Figueiredo levam à cena a peça de teatro: Contos de Fajão.

LFS

Coimbra: Era preciso «refundar» a identidade do Seminário Maior para chegar «mais longe» – Padre Nuno Santos

 

Jul
18
Qui
Porto: Cáritas Diocesana de Coimbra participa no Congresso «Alimentação na(s) Deficiência(s)»
Jul 18_Jul 19 todo o dia

Coimbra, 05 jul 2019 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Coimbra vai “participar ativamente” no Congresso ‘Alimentação na(s) Deficiência(s)’, nos dias 18 e 19 de julho, no Centro de Congressos, na Alfândega do Porto.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, a Cáritas de Coimbra informa que vai estar representada pela nutricionista Liliana Ferreira, que vai moderar a mesa redonda ‘Disfagia’, às 09h00 do segundo e ultimo dia de congresso, a 19 de julho.

Segundo o programa nesta mesa redonda vão ser apresentados três temas – ‘Sem videofluroscopia? Como diagnosticar a disfagia’, ‘Está na hora de uniformizar, IDDSI’ e ‘Espessantes industriais vs alimentares’ – por convidados portugueses; Ao longo do encontro as comunicações são em português ou inglês, sem tradução simultânea.

Durante dois dias, um “vasto grupo” de profissionais e especialistas vai para abordar, “de forma global e abrangente”, todas as questões da alimentação de pessoas com deficiência(s).

O congresso, contextualiza a Cáritas de Coimbra, surge na sequência da “importância e dos objetivos” definidos pelo projeto ‘Alimentação na(s) Deficiência(s)’, que dá nome ao evento e cujos resultados preliminares vão ser apresentados às 16h15, uma hora antes do showcooking ‘Receitas de textura adaptada’ com o Chef Hélio Loureiro, que é limitado a 50 inscrições.

Uma iniciativa organizada pela Associação do Porto de Paralisia Cerebral, com o apoio da Direção Geral da Saúde e com diversas entidades parceiras – Ordem dos Nutricionistas, Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e a Associação Portuguesa de Nutrição.

CB

Jul
20
Sáb
Fátima: Diocese de Coimbra peregrina com o lema «Celebrar e Acolher»
Jul 20 todo o dia

Coimbra, 15 jul 2019 (Ecclesia) – A peregrinação da Diocese de Coimbra ao Santuário de Fátima realiza-se no dia 20 de julho (sábado) sob o tema do ano pastoral «Celebrar e Acolher».

O bispo diocesano, D. Virgílio Antunes, preside à peregrinação que começa, pelas 10h00, com a recitação do terço na Capelinha das Aparições e pelas 11h00, o prelado preside à eucaristia na Basílica da Santíssima Trindade, lê-se no programa enviado à Agência ECCLESIA.

De tarde realiza-se uma assembleia diocesana na Basílica da Santíssima Trindade.

Os movimentos, confrarias, irmandades, misericórdias levam os seus estandartes, que utilizarão na procissão desde da capelinha até a basílica para a celebração da eucaristia.

LFS

Jul
24
Qua
Férias: Juventude convidada a viver um «verão hospitaleiro» com S. João de Deus
Jul 24_Jul 31 todo o dia

«Compromisso, solidariedade, serviço, oração» são as propostas para os Campos de Férias

Lisboa, 04 jul 2019 (Ecclesia) – A Juventude Hospitaleira vai promover campos de férias onde os jovens podem experimentar algo que “os ajude a ver o mundo de forma diferente”, durante as férias de verão, entre julho e setembro, em Portugal continental e ilhas.

“No programa há várias dinâmicas que contagiam o jovem com o vírus da hospitalidade, sobretudo o contacto real com pessoas diferentes ao mesmo tempo iguais, algo que entusiasma muito os jovens que se deixam tocar pelo sofrimento do outro”, disse o padre Alberto Mendes em declarações à Agência ECCLESIA.

O sacerdote explica que na iniciativa ‘Verão Hospitaleiro com S. João de Deus’ os jovens vão “descobrindo como é bom estar inteiramente para o outro que precisa” e, normalmente, os participantes querem “repetir a experiência e até a viver mais a hospitalidade no seu dia-a-dia”.

A Juventude Hospitaleira informa que ‘compromisso, solidariedade, serviço, oração’ são palavras-chave para os campos de férias que vão tornar o “verão inesquecível” e a primeira semana, entre 24 e 31 de julho, é na Casa de Saúde do Telhal, no Concelho de Sintra, e “há sempre surpresas” no programa da iniciativa que vai ser replicada na Arquidiocese de Braga, regressa ao Patriarcado de Lisboa e realiza-se também nas Dioceses de Angra e Funchal.

“No Telhal, concretamente, temos a oportunidade de ter instalações próprias, um centro da juventude, mesmo ao lado das pessoas que precisam da ajuda voluntária e solidária dos jovens, onde podem fazer o seu dia-a-dia durante uma semana sem ir a casa”, assinala o padre Alberto Mendes.

Os jovens vão participar em atividades de voluntariado com doentes de foro psiquiátrico, “concretamente de animação, convívio e ajuda em pequenas atividades” e o sacerdote dos Irmãos de São João de Deus acrescenta que também há “momentos de formação, oração e partilha com dinâmicas”.

A Juventude Hospitaleira, movimento juvenil católico, foi fundada pelos Irmãos de São João de Deus e pelas Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, em 1988, e, segundo o entrevistado, o carisma da hospitalidade “continua a ser muito importante” no mundo.

“Através de pequenos gestos podemos fazer a diferença tornando-nos mais próximos das pessoas, dando mais sentido a muitas vidas que, por vezes, parece que andam sem norte”, salientou o padre Alberto Mendes.

CB/

Jul
27
Sáb
Funchal: Bispo preside à ordenação de dois sacerdotes
Jul 27@10:00

Foto Diocese do Funchal

Funchal, 09 jul 2019 (Ecclesia) – O bispo do Funchal, D. Nuno Brás, vai presidir à celebração da ordenação sacerdotal de André João Freitas Pinheiro e Marco Augusto Barros de Abreu, no próximo dia 27, a partir das 10h00 na Sé.

A Diocese do Funchal informa que dois dias antes da ordenação presbiteral, a 25 de julho, vai ser celebrada uma Vigília de Oração pelos futuros jovens sacerdotes às 20h00, na igreja do Colégio.

André João Freitas Pinheiro vai celebrar a sua Missa nova no domingo a seguir à ordenação (dia 28 de julho), às 16h00, na igreja paroquial de Santo António

O diácono André Pinheiro depois de ter estudado um ano de Enfermagem, na Escola Superior de Enfermagem de S. José de Clunny, entrou para o Seminário Diocesano do Funchal e foi estudar para o Patriarcado de Lisboa, a 10 de setembro de 2012 para frequentar o ano Propedêutico.

Já Marco Augusto Barros de Abreu celebra a sua Missa nova dia 4 de agosto, às 16h00, na igreja paroquial do Curral das Freiras; Entrou para o seminário diocesano a 19 de setembro de 2008, para o 9.º ano de escolaridade, e passados quatro anos, em 2012, também foi estudar para Lisboa, informa a Diocese do Funchal.

CB

Ago
2
Sex
Coimbra: D. Virgílio Antunes orienta retiro de verão em Penacova
Ago 2_Ago 4 todo o dia

Coimbra, 27 jun 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Coimbra vai promover, de 2 a 4 de agosto, na Casa de Retiros de Penacova, um retiro de verão que será orientado pelo bispo diocesano, D. Virgílio Antunes.

Este retiro tem como destino todos os agentes que trabalham na pastoral da diocese, paróquias, secretariados, movimentos e “que queiram fazer do tempo de férias um tempo de Deus”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A Diocese de Coimbra propõe desta forma um “tempo para reencontrar-se consigo e com Deus, aproveitando aquela magnífica paisagem e silêncio que aquele espaço proporciona”, lê-se.

LFS

Ago
28
Qua
Santo Agostinho: Celebração do padroeiro principal da Diocese de Coimbra
Ago 28 todo o dia

Coimbra, 18 jul 2019 (Ecclesia) – O bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, vai celebrar, dia 28 de agosto, 18h30, na Igreja de Santa Cruz, a festa do padroeiro principal da diocese: Santo Agostinho.

As comemorações incluem também o concerto «Cantata de Santo Agostinho», às 21h30 na mesma igreja daquela cidade.

LFS