Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Jul
25
Qui
JOC: Encontro europeu de militantes realiza-se no Porto
Jul 25_Jul 29 todo o dia

Porto, 17 jul 2019 (Ecclesia) – A Juventude Operária Católica (JOC) promove, de 25 a 29 de julho, na cidade do Porto o encontro europeu de militantes que tem como tema «Dar esperança aos jovens no futuro do trabalho depois da Laudato Si».

Esta atividade vai realizar-se no Centro Escutista de São Mamede de Infesta e inclui seminários e workshops de desenvolvimento, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Com a presença de aproximadamente 120 jovens vindos de Portugal, Espanha, França, Itália, Malta, Hungria, Inglaterra, Irlanda e Escócia, o encontro tem como objetivos «Promover o trabalho digno e a dignidade da pessoa humana» e «Partilhar e trocar experiências e expressar a preocupação de jovens trabalhadores», lê-se no comunicado.

«Aspirar os jovens trabalhadores a trabalhar por um futuro melhor»; «Trabalhar a “Laudato si” com as atuais realidades dos jovens trabalhadores»; «Formar jovens trabalhadores a serem protagonistas nas suas próprias vidas» e «Promover os benefícios de usar o método da JOC (Revisão de Vida Operária) e também comprometer-se com a responsabilidade pessoal, regional e nacional pela missão da JOC» são também as propostas deste encontro europeu.

LFS

Nov
10
Dom
Vocações: «Para quem sou eu?» – Igreja interpela os jovens a responder à pergunta do Papa
Nov 10_Nov 17 todo o dia

D. António Augusto Azevedo pede «a todos os cristãos um especial apoio e carinho», na Semana dos Seminários

Lisboa, 09 nov 2019 (Ecclesia) – A Igreja Católica em Portugal vai promover a partir de domingo a Semana de Oração pelos Seminários 2019, que procura “animar os jovens” e “refletir na centralidade da questão vocacional e para um renovado compromisso”.

“É oportunidade para animar os jovens que fazem parte dos vários seminários do nosso país e reconhecer o precioso trabalho das equipas formadoras e de todos os que colaboram na vida dos seminários”, escreve D. António Augusto Azevedo, presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios.

Na mensagem enviada à Agência ECCLESIA, o bispo de Vila Real. assinala que a “todos os jovens” se renova o apelo do Papa Francisco para que cada um saiba responder à pergunta: «Para quem sou eu?»,

O responsável observa que “hoje é mais difícil de escutar e entender” “chamamento atrativo e fascinante” de Jesus pelos jovens porque são “bombardeados por uma variedade de estímulos e uma multiplicidade de propostas geradoras de muito ruído e dispersão”

A vocação significa antes de mais um dom, um presente, simultaneamente o mais precioso e o mais exigente”, assinala, e abrir-se a esse dom “implica um caminhar juntos com Cristo, na amizade e na liberdade”.

O presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios, que foi reitor do Seminário Maior do Porto, explica que estas casas são o espaço necessário para o “discernimento e para uma sólida configuração com Cristo”, um discernimento “favorecido pela vida comunitária” que ajuda cada um “na descoberta de si mesmo e do outro”.

“O Seminário é também o tempo indispensável para que o percurso de discernimento seja devidamente acompanhado, pessoal e comunitariamente”, acrescenta.

‘Cristo não pensa apenas naquilo que tu és mas naquilo que poderás chegar a ser’, é o lema da Semana dos Seminários 2019, que foi inspirado na Exortação Apostólica Pós-Sinodal ‘Christus Vivit’.

“Os últimos capítulos deste texto que surge na sequência do último Sínodo dos Bispos sobre os jovens, a fé e o discernimento vocacional, correspondem à visão atual do magistério sobre o tema da vocação e concretamente da vocação ao ministério sacerdotal”, assinala D. António Augusto Azevedo.

A todos os cristãos, destaca, “é pedido, durante esta semana e sempre, um especial apoio e carinho” pelos seminários que se pode manifestar “na oração e na ajuda material”.

Os diversos materiais e subsídios para a Semana dos Seminários 2019 foram preparados pela Diocese de Aveiro e para animar e celebrar este período específico, para além do cartaz e da mensagem, existem um guião, uma pagela de oração, os mistérios do terço e a sugestão de uma vigília de oração, preces para a Oração Universal nas Missas e atividades dedicadas à infância, para os adolescentes e para os jovens, bem como um hino.

CB