Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Abr
24
Qua
Guarda: 25 anos da Casa de Saúde Bento Menni
Abr 24 todo o dia

Guarda, 24 abr 2019 (Ecclesia) – A Casa de Saúde Bento Menni, das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, assinala esta quarta-feira, o 25º aniversário de atividade na Guarda.

“A celebração pretende distinguir este marco histórico junto da comunidade da Guarda, renovando os votos de continuar a prestar um serviço de saúde diferenciador junto da população em que se encontra inserida”, explica Rui Pinto, diretor gerente da Casa de Saúde Bento Menni, ao jornal «A Guarda».

As festividades dos 25 anos da Casa de Saúde Bento Menni começam com uma Eucaristia e a partir das 14h00 decorre uma conferência onde se faz a retrospetiva histórica do centro.

Pelas 15h30 vai ser abordado o tema «25 anos da psiquiatria em Portugal» pela assessora do Programa Nacional para a Saúde Mental, Paula Domingos e as comemorações terminam com a inauguração da exposição «Casa de Saúde Bento Menni – 25 anos na imprensa local».

A Casa de Saúde Bento Menni, na Guarda, presta cuidados em saúde mental, apoiando doentes e famílias que necessitam de serviços especializados nesta área e iniciou a sua atividade em abril de 1994

É gerido pelo Instituto das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) e está vocacionado para a prestação de cuidados em saúde mental, integrando as áreas de psiquiatria, psicogeriatria e deficiência mental, com uma afincada preocupação pela prevenção, tratamento e reabilitação das pessoas que recorrem aos seus serviços, em sintonia com o modelo hospitaleiro.

LFS

Abr
26
Sex
Guarda: Conferências de Primavera dedicadas ao «Ano Missionário»
Abr 26@21:30

Guarda, 26 abr 2019 (Ecclesia) – Os Arciprestados de Seia e Gouveia, na Diocese da Guarda, vão dedicar o Ciclo de Conferências de Primavera 2019 ao Ano Missionário, a partir de hoje e até 30 de maio, em cinco suas igrejas paroquiais.

A Diocese da Guarda informa que a iniciativa das paróquias de São Martinho, Santa Marinha, Paços da Serra, Moimenta da Serra e Mangualde da Serra faz parte da sua oferta formativa e este ano vão refletir sobre como “Deus convida todos e em tudo à missão”.

A quinta edição do Ciclo de Conferências de Primavera começa esta sexta-feira, às 21h30, com uma conferência do bispo diocesano, D. Manuel Felício, que vai falar sobre a nota ‘Todos, Tudo e Sempre em Missão’, da Conferência Episcopal Portuguesa para o Ano Missionário e o Mês Missionário Extraordinário, em Santa Marinha.

O pároco de Nossa Senhora da Hora, em Matosinhos – Diocese do Porto, o padre Amaro Gonçalo, vai apresentar o tema ‘Paróquias missionárias! Como?’, a 2 de maio, na paróquia de São Martinho.

O terceiro orador convidado é o diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, o padre Filipe Diniz, com o tema ‘Os discípulos de Emaús e a missão da Igreja junto dos Jovens’, a 17 de maio, na Paróquia de Paços da Serra.

As duas últimas Conferências de Primavera dos Arciprestados de Seia e Gouveia vão refletir sobre ‘A missão das redes sociais à comunidade humana’ e ‘A vocação e missão da Igreja no mundo da saúde’, respetivamente com o padre Francisco Barbeira, diretor do jornal ‘A Guarda’, a 24 de maio, em Mangualde da Serra, e a médica Ana Castro, religiosa da Aliança de Santa Maria, dia 30 de maio, em Moimenta da Serra.

A Conferência Episcopal Portuguesa está a promover um Ano Missionário especial em todas as dioceses católicas do país, até outubro deste ano, respondendo a uma iniciativa do Papa Francisco.

“Acolhendo com alegria a proposta do Papa Francisco de um Mês Missionário Extraordinário para toda a Igreja, nós, Bispos portugueses, propomo-nos ir mais longe e celebraremos esse mês como etapa final de um Ano Missionário em todas as nossas Dioceses, de outubro de 2018 a outubro de 2019”, informou a CEP.

CB

Abr
27
Sáb
Gouveia: Missionário apresenta livro «Missão em África: Lançar sementes, colher sorrisos» para apoiar Moçambique
Abr 27@11:00_16:00

Obra do padre Carlos Jacob, dos Missionários de São João Batista, vai ser apresentada por Paulo Macedo, no dia em que é ordenado um diácono da congregação

Foto: O padre Carlos Jacob, em missão em Moçambique, Créditos António Alçada

Gouveia, Guarda, 26 abr 2019 (Ecclesia) – O padre Carlos Jacob, dos Missionários de São João Batista, apresenta este sábado, dia 27 de abril, o livro ‘Missão em África: Lançar sementes, colher sorrisos’, cuja venda vai reverter a favor do trabalho da congregação em Moçambique.

O lançamento deste projeto, que conta com o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos, está marcado para as 15h30 deste sábado, no Seminário de Gouveia, da Diocese da Guarda.

O autor, o padre português Carlos Jacob, de 59 anos, integra a congregação dos Missionários de São João Batista, que está presente em Portugal mas também em outros países como é o caso de Moçambique, onde aquele sacerdote tem colaborado em várias missões.

As atenções estão agora voltadas para a tragédia que atingiu aquele país lusófono há cerca de um mês, com a passagem do ciclone Idai, que provocou mais de 600 mortos, 70 mil desalojados e deixou pelo menos de 350 mil  em risco de vida.

Fundada em 1948 na Alemanha, a congregação dos Missionários de São João Batista dedica-se ao apoio dos mais pobres e desfavorecidos e ao aprofundamento e anúncio da fé cristã junto das comunidades.

Em Portugal estão atualmente presentes nas dioceses de Lisboa e da Guarda, neste último caso em Gouveia, onde o padre Carlos Jacob trabalha também na Escola Apostólica de Cristo-Rei, uma instituição dedicada à formação de jovens.

Ainda este sábado, mas a partir das 11h00, na capela da Escola Apostólica de Cristo-Rei, os Missionários de São João Batista vão estar em festa com a ordenação de um novo diácono para a congregação, Adelino Manuel Mano.

Uma celebração que vai ser presidida pelo bispo da Guarda, D. Manuel Felício.

JCP

Mai
2
Qui
Guarda: Conferências de Primavera dedicadas ao «Ano Missionário»
Mai 2@21:30

Guarda, 26 abr 2019 (Ecclesia) – Os Arciprestados de Seia e Gouveia, na Diocese da Guarda, vão dedicar o Ciclo de Conferências de Primavera 2019 ao Ano Missionário, a partir de hoje e até 30 de maio, em cinco suas igrejas paroquiais.

A Diocese da Guarda informa que a iniciativa das paróquias de São Martinho, Santa Marinha, Paços da Serra, Moimenta da Serra e Mangualde da Serra faz parte da sua oferta formativa e este ano vão refletir sobre como “Deus convida todos e em tudo à missão”.

A quinta edição do Ciclo de Conferências de Primavera começa esta sexta-feira, às 21h30, com uma conferência do bispo diocesano, D. Manuel Felício, que vai falar sobre a nota ‘Todos, Tudo e Sempre em Missão’, da Conferência Episcopal Portuguesa para o Ano Missionário e o Mês Missionário Extraordinário, em Santa Marinha.

O pároco de Nossa Senhora da Hora, em Matosinhos – Diocese do Porto, o padre Amaro Gonçalo, vai apresentar o tema ‘Paróquias missionárias! Como?’, a 2 de maio, na paróquia de São Martinho.

O terceiro orador convidado é o diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, o padre Filipe Diniz, com o tema ‘Os discípulos de Emaús e a missão da Igreja junto dos Jovens’, a 17 de maio, na Paróquia de Paços da Serra.

As duas últimas Conferências de Primavera dos Arciprestados de Seia e Gouveia vão refletir sobre ‘A missão das redes sociais à comunidade humana’ e ‘A vocação e missão da Igreja no mundo da saúde’, respetivamente com o padre Francisco Barbeira, diretor do jornal ‘A Guarda’, a 24 de maio, em Mangualde da Serra, e a médica Ana Castro, religiosa da Aliança de Santa Maria, dia 30 de maio, em Moimenta da Serra.

A Conferência Episcopal Portuguesa está a promover um Ano Missionário especial em todas as dioceses católicas do país, até outubro deste ano, respondendo a uma iniciativa do Papa Francisco.

“Acolhendo com alegria a proposta do Papa Francisco de um Mês Missionário Extraordinário para toda a Igreja, nós, Bispos portugueses, propomo-nos ir mais longe e celebraremos esse mês como etapa final de um Ano Missionário em todas as nossas Dioceses, de outubro de 2018 a outubro de 2019”, informou a CEP.

CB

Mai
10
Sex
EMRC: «Prende-te para novos desafios!» – Diocese da Guarda organiza encontro do 9.º ano
Mai 10 todo o dia

Guarda, 06 abr 2019 (Ecclesia) – A disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica na Diocese da Guarda está a organizar um encontro para o 9.º ano, intitulado ‘EMRC-(Des) prende-te para novos desafios!’, onde se destaca “um projeto de vida com sentido”, em Trancoso.

“É pelo segundo ano que se vai realizar, achamos por bem fazer este encontro específico porque os alunos do 9.º ano são adolescentes, têm características precisas, estão a fazer escolhas, a tomar decisões. É importante trabalhar com eles de outra maneira”, disse a professora Estela Brito em declarações à Agência ECCLESIA.

‘EMRC-(Des) prende-te para novos desafios!’ é o tema escolhido pelo Departamento Diocesano do Ensino Religioso Escolar da Diocese da Guarda para encontro no dia 10 de maio, em Trancoso, depois de uma primeira edição na Covilhã centrados na “felicidade”.

A professora Estela Brito realça o convite a desprenderem-se “para o bem comum” num programa para vai ter como conferência com o Paulo Azevedo, o ator que nasceu sem braços nem pernas.

“Uma experiência que pode tocar no que é o projeto de vida e que é a valorização. A importância que podemos dar às coisas na nossa vida, às vezes as coisas simples, do bem e do mal, e do que não tem preço, é fútil”, explicou a docente.

A professora de EMRC destaca a “idade de decisão, de definição de projeto de vida consistente baseado em valores” dos alunos do 9.º ano do terceiro ciclo do ensino básico para construírem este “encontro só para eles”, independente do interescolas diocesano realizado esta semana.

Do programa faz parte também um pedy papper pela cidade, cada escola foi convidada também a “partilhar alguma coisa com uma instituição de Trancoso”, e e termina com concerto e envio.

A professora Estela Brito explica que a disciplina de EMRC na Diocese da Guarda está em 10 agrupamentos do 1.º ciclo do Ensino Básico, onde estão “a fazer caminho” e depois é lecionada em todas as escolas básicas e secundárias.

A oferta de Educação Moral e Religiosa Católica é obrigatória mas de frequência facultativa e este ano letivo 2018/2019 trouxe a “nova realidade” de chegar às turmas das Escolas Profissionais e já estão em três escolas.

“O objetivo é expandir, para que outras escolas possam contemplar EMRC nos cursos profissionais”, salientou Estela Brito.

A disciplina é uma componente do currículo nacional apresentando como objetivos fundamentais “educar para a dimensão moral e religiosa e para a compreensão dos elementos mais profundos da cultura nacional, necessariamente aberta ao mundo”.

CB

Mai
17
Sex
Guarda: Conferências de Primavera dedicadas ao «Ano Missionário»
Mai 17@21:30

Guarda, 26 abr 2019 (Ecclesia) – Os Arciprestados de Seia e Gouveia, na Diocese da Guarda, vão dedicar o Ciclo de Conferências de Primavera 2019 ao Ano Missionário, a partir de hoje e até 30 de maio, em cinco suas igrejas paroquiais.

A Diocese da Guarda informa que a iniciativa das paróquias de São Martinho, Santa Marinha, Paços da Serra, Moimenta da Serra e Mangualde da Serra faz parte da sua oferta formativa e este ano vão refletir sobre como “Deus convida todos e em tudo à missão”.

A quinta edição do Ciclo de Conferências de Primavera começa esta sexta-feira, às 21h30, com uma conferência do bispo diocesano, D. Manuel Felício, que vai falar sobre a nota ‘Todos, Tudo e Sempre em Missão’, da Conferência Episcopal Portuguesa para o Ano Missionário e o Mês Missionário Extraordinário, em Santa Marinha.

O pároco de Nossa Senhora da Hora, em Matosinhos – Diocese do Porto, o padre Amaro Gonçalo, vai apresentar o tema ‘Paróquias missionárias! Como?’, a 2 de maio, na paróquia de São Martinho.

O terceiro orador convidado é o diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, o padre Filipe Diniz, com o tema ‘Os discípulos de Emaús e a missão da Igreja junto dos Jovens’, a 17 de maio, na Paróquia de Paços da Serra.

As duas últimas Conferências de Primavera dos Arciprestados de Seia e Gouveia vão refletir sobre ‘A missão das redes sociais à comunidade humana’ e ‘A vocação e missão da Igreja no mundo da saúde’, respetivamente com o padre Francisco Barbeira, diretor do jornal ‘A Guarda’, a 24 de maio, em Mangualde da Serra, e a médica Ana Castro, religiosa da Aliança de Santa Maria, dia 30 de maio, em Moimenta da Serra.

A Conferência Episcopal Portuguesa está a promover um Ano Missionário especial em todas as dioceses católicas do país, até outubro deste ano, respondendo a uma iniciativa do Papa Francisco.

“Acolhendo com alegria a proposta do Papa Francisco de um Mês Missionário Extraordinário para toda a Igreja, nós, Bispos portugueses, propomo-nos ir mais longe e celebraremos esse mês como etapa final de um Ano Missionário em todas as nossas Dioceses, de outubro de 2018 a outubro de 2019”, informou a CEP.

CB

Mai
19
Dom
Guarda: Dia da Família realiza-se no Santuário de Nossa Senhora dos Prazeres
Mai 19@14:30

Guarda, 17 mai 2019 (Ecclesia) – O Santuário de Nossa Senhora dos Prazeres, no Soito, no Arciprestado do Sabugal (Diocese da Guarda), acolhe, este domingo, o dia diocesano da família.

Esta atividade diocesana está integrada na Semana da Vida com o tema «Há Vida, Há Futuro».

O objetivo deste dia é “proporcionar às famílias cristãs da diocese um tempo festivo e de convívio com outras famílias”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O Dia Diocesano da Família vai servir para partilhar experiências, preocupações, anseios, bem como para conviver e festejar.

Os casais que este ano celebram as “bodas de prata ou ouro vão ser agraciados com uma bênção especial no jubileu dos vinte e cinco ou cinquenta anos do seu matrimónio”.

O programa começa às 14h30 horas com o acolhimento e inscrição dos casais que celebram 25 ou 50 anos de Matrimónio e às 15h00 horas está marcada a Eucaristia com bênção para os casais em jubileu, presidida pelo bispo da diocese, D. Manuel Felício.

LFS

Mai
24
Sex
Guarda: Conferências de Primavera dedicadas ao «Ano Missionário»
Mai 24@21:30

Guarda, 26 abr 2019 (Ecclesia) – Os Arciprestados de Seia e Gouveia, na Diocese da Guarda, vão dedicar o Ciclo de Conferências de Primavera 2019 ao Ano Missionário, a partir de hoje e até 30 de maio, em cinco suas igrejas paroquiais.

A Diocese da Guarda informa que a iniciativa das paróquias de São Martinho, Santa Marinha, Paços da Serra, Moimenta da Serra e Mangualde da Serra faz parte da sua oferta formativa e este ano vão refletir sobre como “Deus convida todos e em tudo à missão”.

A quinta edição do Ciclo de Conferências de Primavera começa esta sexta-feira, às 21h30, com uma conferência do bispo diocesano, D. Manuel Felício, que vai falar sobre a nota ‘Todos, Tudo e Sempre em Missão’, da Conferência Episcopal Portuguesa para o Ano Missionário e o Mês Missionário Extraordinário, em Santa Marinha.

O pároco de Nossa Senhora da Hora, em Matosinhos – Diocese do Porto, o padre Amaro Gonçalo, vai apresentar o tema ‘Paróquias missionárias! Como?’, a 2 de maio, na paróquia de São Martinho.

O terceiro orador convidado é o diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, o padre Filipe Diniz, com o tema ‘Os discípulos de Emaús e a missão da Igreja junto dos Jovens’, a 17 de maio, na Paróquia de Paços da Serra.

As duas últimas Conferências de Primavera dos Arciprestados de Seia e Gouveia vão refletir sobre ‘A missão das redes sociais à comunidade humana’ e ‘A vocação e missão da Igreja no mundo da saúde’, respetivamente com o padre Francisco Barbeira, diretor do jornal ‘A Guarda’, a 24 de maio, em Mangualde da Serra, e a médica Ana Castro, religiosa da Aliança de Santa Maria, dia 30 de maio, em Moimenta da Serra.

A Conferência Episcopal Portuguesa está a promover um Ano Missionário especial em todas as dioceses católicas do país, até outubro deste ano, respondendo a uma iniciativa do Papa Francisco.

“Acolhendo com alegria a proposta do Papa Francisco de um Mês Missionário Extraordinário para toda a Igreja, nós, Bispos portugueses, propomo-nos ir mais longe e celebraremos esse mês como etapa final de um Ano Missionário em todas as nossas Dioceses, de outubro de 2018 a outubro de 2019”, informou a CEP.

CB

Mai
30
Qui
Guarda: Conferências de Primavera dedicadas ao «Ano Missionário»
Mai 30@21:30

Guarda, 26 abr 2019 (Ecclesia) – Os Arciprestados de Seia e Gouveia, na Diocese da Guarda, vão dedicar o Ciclo de Conferências de Primavera 2019 ao Ano Missionário, a partir de hoje e até 30 de maio, em cinco suas igrejas paroquiais.

A Diocese da Guarda informa que a iniciativa das paróquias de São Martinho, Santa Marinha, Paços da Serra, Moimenta da Serra e Mangualde da Serra faz parte da sua oferta formativa e este ano vão refletir sobre como “Deus convida todos e em tudo à missão”.

A quinta edição do Ciclo de Conferências de Primavera começa esta sexta-feira, às 21h30, com uma conferência do bispo diocesano, D. Manuel Felício, que vai falar sobre a nota ‘Todos, Tudo e Sempre em Missão’, da Conferência Episcopal Portuguesa para o Ano Missionário e o Mês Missionário Extraordinário, em Santa Marinha.

O pároco de Nossa Senhora da Hora, em Matosinhos – Diocese do Porto, o padre Amaro Gonçalo, vai apresentar o tema ‘Paróquias missionárias! Como?’, a 2 de maio, na paróquia de São Martinho.

O terceiro orador convidado é o diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, o padre Filipe Diniz, com o tema ‘Os discípulos de Emaús e a missão da Igreja junto dos Jovens’, a 17 de maio, na Paróquia de Paços da Serra.

As duas últimas Conferências de Primavera dos Arciprestados de Seia e Gouveia vão refletir sobre ‘A missão das redes sociais à comunidade humana’ e ‘A vocação e missão da Igreja no mundo da saúde’, respetivamente com o padre Francisco Barbeira, diretor do jornal ‘A Guarda’, a 24 de maio, em Mangualde da Serra, e a médica Ana Castro, religiosa da Aliança de Santa Maria, dia 30 de maio, em Moimenta da Serra.

A Conferência Episcopal Portuguesa está a promover um Ano Missionário especial em todas as dioceses católicas do país, até outubro deste ano, respondendo a uma iniciativa do Papa Francisco.

“Acolhendo com alegria a proposta do Papa Francisco de um Mês Missionário Extraordinário para toda a Igreja, nós, Bispos portugueses, propomo-nos ir mais longe e celebraremos esse mês como etapa final de um Ano Missionário em todas as nossas Dioceses, de outubro de 2018 a outubro de 2019”, informou a CEP.

CB

Jun
1
Sáb
Igreja: Encontro dos antigos alunos dos Seminários do Fundão e da Guarda
Jun 1@10:30_18:30

Guarda, 31 mai 2019 (Ecclesia) – A Associação dos Antigos Alunos dos Seminários do Fundão e da Guarda dinamiza este sábado, 1 de junho, um encontro de confraternização, entre as 10h30 e as 18h00, no Fundão.

“O convívio que perdura entre nós, antigos alunos dos Seminários do Fundão e da Guarda, cimenta os valores pessoais na seiva vivificante que dimana daqueles inolvidáveis tempos”, assinala o presidente da associação, Jorge Simão, numa carta a todos os associados.

Um comunicado enviado à Agência ECCLESIA, pela Diocese da Guarda, informa que o encontro no Seminário do Fundão vai começar com uma assembleia geral da Associação dos Antigos Alunos, às 10h30, seguida de Eucaristia, na capela, a partir das 12h00.

Para a tarde deste sábado está previsto um momento cultural, a partir das 15h00, com a apresentação da obra Cultural e Literária do padre Manuel Alberto Pereira de Matos, vigário-geral da Diocese da Guarda; O encontro termina às 18h00.

A Associação dos Antigos Alunos dos Seminários do Fundão e da Guarda quer reunir um grande número de antigos alunos e o ano que estiver “em maior número” vai receber “uma caixa de cerejas” e a mesma oferta vai ser feita ao “companheiro mais maduro” e ao “mais jovem”.

CB

Jun
7
Sex
Vila Real: CNIS promove Festa da Solidariedade
Jun 7 todo o dia

Vila Real, 28 mai 2019 (Ecclesia) – A Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS) promove, dia 07 de junho, em Vila Real, no âmbito da XIII Festa da Solidariedade, o seminário «Garantir os Valores com Sustentabilidade Financeira – Desafio para as Instituições».

O evento, que decorre na parte da manhã nos claustros do edifício do antigo Governo Civil de Vila Real (Largo Conde de Amarante), conta com a participação de Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Henrique Rodrigues, assessor da direção da CNIS, Marco António Costa, ex-Secretário de Estado da Segurança Social e Nuno Mota Pinto, vogal da Comissão Executiva do Banco Montepio, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

LFS

Jun
23
Dom
Guarda: Diocese vive ordenação sacerdotal de Daniel Barroso
Jun 23@16:00

Guarda, 22 jun 2019 (Ecclesia) – A Diocese da Guarda vai viver este domingo a celebração da ordenação sacerdotal do diácono Daniel Barroso, a partir das 16h00, na Sé.

“Procuro viver estes últimos dias junto da família e das pessoas que me acompanharam neste percurso. Vivo este momento no encontro pessoal com Deus, agradecendo as maravilhas que Ele realizou no meu percurso e na minha vida”, disse o futuro presbítero em entrevista enviada à Agência ECCLESIA.

Daniel Barroso que procura ainda viver esta etapa segundo o lema que o “vai acompanhar ao longo do mistério sacerdotal – “Eis-me aqui, eu venho, ó Deus, para fazer a tua vontade” – fez o seu retiro de preparação para a ordenação sacerdotal, de 9 a 14 de junho.

“Aceitar um desafio nunca é fácil, principalmente quando vem de Deus. Não se trata de uma opção, trata-se de um caminho e realmente um caminho muito desafiante: Temos de ter coragem de arriscar e de nos entregarmos nas mãos de Deus”, disse sobre o sacerdócio.

Segundo Daniel Barroso a coragem de arriscar “é possível porque primeiro Deus se dá” e “nunca deixa sozinhos”, chamando “sempre” à felicidade.

Ao longo do atual ano pastoral, sob orientação do padre José Manuel Martins de Almeida, colaborou na ação pastoral do Arciprestado de Celorico da Beira e em várias paróquias.

“Nestes últimos meses, senti-me em casa. A experiência de trabalhar neste arciprestado de Celorico da Beira, mais propriamente em algumas paróquias, fez-me perceber a necessidade de trilhar caminhos novos para anunciar e testemunhar o Evangelho e que temos de ser pastores com vontade de arriscar e de não ter medo de estarmos próximos das pessoas”, desenvolveu.

Neste contexto, revela que sentiu que “as pessoas têm sede de Deus”, procuram novos caminhos de encontro, “mais atraentes” e sensibilizou-se com “o acolhimento e a forma como muitas aceitavam os desafios que lhes eram colocados”.

Com 26 anos de idade, Daniel Lopes Barroso que vai ser ordenado presbítero este domingo, a partir das 16h00, na Sé da Diocese da Guarda, nasceu em Cantar-Galo, no Concelho da Covilhã.

“A festa não é só minha, mas de toda a comunidade que me viu nascer. E não só a Vila do Carvalho, mas também a Paróquia de São José, Penedos Altos, que me ajudaram a descobrir o meu caminho vocacional, me viram crescer e sempre me apoiaram neste meu “SIM” ao desafio de Deus”, disse na entrevista ao jornal ‘A Guarda’.

CB

Jun
28
Sex
Guarda: Programa pastoral em destaque na reunião do Conselho Presbiteral
Jun 28@10:00_16:00

Guarda, 24 jun 2019 (Ecclesia) – O Conselho Presbiteral da Diocese da Guarda vai reunir e o programa pastoral para os próximos três anos é um dos pontos em destaque da agenda esta sexta-feira, entre as 10h00 e as 16h00, no seminário diocesano.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, a Diocese da Guarda informa que os próximos três anos vão incidir sobre a Família e os Jovens, a partir das sugestões da assembleia de serviços diocesanos, dos dois últimos Sínodos dos Bispos (Família em 2015/2016 e jovens em 2018) e edição internacional da Jornada Mundial da Juventude, que vai ter lugar em Lisboa, em 2022.

Esta sexta-feira, o Conselho Presbiteral vai também referir-se à reorganização pastoral da diocese com base no ‘Relatório final dos contributos enviados à Diocese’ a partir das reflexões feitas nos Conselhos Pastorais Arciprestais, outras instâncias, e o Conselho Pastoral Diocesano.

A diocese informa que este conselho, presidido pelo D. Manuel Felício, e conta com “membros natos” – vigário-geral, reitor do seminário, coordenador da pastoral, vigário judicial e ecónomo –, os eleitos pelos 14 arciprestados e os religiosos, bem como elementos designados pelo bispo diocesano (Espiritualidade Diocesana, Colégio dos Consultores, Comunicação Social, Pastoral de Cidade e Economia Diocesana).

CB

Jun
30
Dom
Vila Real: Apresentação de D. António Augusto Azevedo à diocese
Jun 30 todo o dia

Vila Real, 27 jun 2019 (Ecclesia) – O novo bispo da Diocese de Vila Real, D. António Augusto Azevedo, vai tomar posse, dia 30 de junho, às 16h00, naquela diocese do norte de Portugal.

No final da eucaristia, D. António Azevedo fica na Sé a receber os cumprimentos das autoridades e convidados, lê-se no comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

O Papa Francisco nomeou D. António Augusto Azevedo bispo da Diocese de Vila Real, a 11 de maio.

Na saudação dirigida aos novos diocesanos, D. António Augusto Azevedo considera “uma grande honra” e “motivo de alegria” ser bispo das gentes de Trás-os-Montes e Alto Douro por quem tem “admiração pelo caráter e a cultura”.

Natural de Avioso, (concelho da Maia – Porto), D. António Augusto Azevedo tem 56 anos, foi ordenado padre a 13 de julho de 1986 e, após o curso de Teologia, estudou Filosofia na Universidade Pontifícia Gregoriana, de Roma.

Antes de ser nomeado bispo auxiliar do Porto, no dia 9 de janeiro de 2016, o sacerdote lecionou na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa (UCP), no Centro de Cultura Católica e no Curso de Pastoral do Seminário Maior, sempre no Porto, tendo colaborado ainda com a Escola de Direito e da Faculdade de Educação e Psicologia da UCP.

O bispo auxiliar do Porto sucede a D. Amândio Tomás, bispo de Vila Real desde maio de 2011, onde foi também, durante três anos, coadjutor.

LFS

Igreja/Portugal: D. António Augusto Azevedo é o novo bispo de Vila Real

Jul
29
Seg
Guarda: «Missão Play» é o tema do campo de férias jovem
Jul 29_Ago 2 todo o dia

Guarda, 18 jul 2019 (Ecclesia) – A Pastoral Juvenil Universitária Vocacional da Diocese da Guarda promove, de 29 de julho a 02 de agosto, um campo de férias jovem no Parque de Campismo de São Gião.

Com o tema «Missão Play», este campo de férias destina-se a jovens com idades entre os 15 e 30 anos e realiza-se no Parque de Campismo da Fundação Albino Mendes da Silva, em São Gião, arciprestado de Seia e concelho de Oliveira do Hospital, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Os participantes vão ter momentos de descontração, oração e compromisso com as comunidades locais.

As inscrições decorrem até ao dia 25 de Julho através do link, disponível na página da Pastoral Juvenil Universitária Vocacional da Diocese da Guarda e têm o custo de 35 euros e inclui refeições, acampamento e algum material para o campo de férias.

O campo de férias será em regime de acampamento pelo que “cada participante deve providenciar tenda, colchão e saco cama, bem como toalha e calção de banho, material de higiene pessoal, roupa e calçado confortável”, lê-se.

LFS