Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Mar
10
Dom
Quaresma: Abade beneditino prega retiro espiritual ao Papa e cúria romana
Mar 10_Mar 15 todo o dia

Cidade do Vaticano, 28 fev 2019 (Ecclesia) – O abade de São Miniato no Monte de Florença (Itália), D. Bernardo Francesco Maria Gianni, vai conduzir os exercícios espirituais da Quaresma, de 10 a 15 de março, para o Papa Francisco e a Cúria Romana.

Na Casa «Divino Mestre de Ariccia» (proximidades de Roma), o discípulo de São Bento vai refletir sobre «A cidade dos desejos ardentes. Para olhares e gestos pascais na vida do mundo», refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Os temas das dez meditações são os seguintes: “Estamos aqui para isto” (introdução dominical); “O sonho de La Pira” e “Estamos aqui para reacender as brasas com o nosso hálito” (segunda-feira);  “O presente de infâmia, de sangue, de indiferença” e “Recordai?” (terça-feira); “Os desejos ardentes” e “Suas Bandeiras de paz e de amizade” (quarta-feira); “Apertemo-nos as mãos” e “A noite estrelou forte” (quinta-feira); “A cidade colocada no monte” (conclusão de sexta-feira), lê-se no site VaticanNews.

Os exercícios começam no domingo, 10 de março, às 16h00, e de segunda a quinta-feira haverá duas meditações por dia, uma pela manhã, às 10h; e outra na parte da tarde, às 16h30.

O abade Bernardo Francesco nasceu em 1968 em Prato (região italiana da Toscana), e é  prior de São Miniato desde 2009 e abade desde 2015.

LFS

Mar
15
Sex
Coimbra: Cáritas partilha experiências na área da robótica
Mar 15 todo o dia

Coimbra, 28 fev 2019 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Coimbra vai participar, dia 15 de março, na Mostra de Soluções e Projetos Inovadores – Intervenção na Idade Adulta e Avançada, na sede do Núcleo de Coimbra da Liga dos Combatentes.

A Cáritas de Coimbra recebeu um convite para participar neste evento, que surge no âmbito das comemorações do 9º Aniversário do Centro de Apoio Médico, Psicológico e Social de Coimbra (CAMPS 4 – Coimbra), realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Ao longo dos anos, esta entidade, tem vindo a “desenvolver redes de apoio em parceria com diversas entidades com o objetivo de melhorar a saúde e qualidade de vida dos ex-combatentes portugueses da Liga dos Combatentes, prestando assim um apoio de proximidade a estes e aos seus familiares”, reforça o comunicado.

Neste sentido, a Cáritas de Coimbra vai partilhar as experiências resultantes do projeto de robótica GrowMeUp, que desenvolveu e aperfeiçoou um robô para apoiar pessoas com mais de 65 anos.

LFS

Educação: Simpósio sobre «Os desafios da multiculturalidade e do diálogo interreligioso»
Mar 15 todo o dia

Lisboa, 14 mar 2019 (Ecclesia) – O Comité Europeu para o Ensino Católico (CEEC) organiza, hoje e sexta-feira, em Bruxelas (Bélgica), o simpósio internacional «A Escola Católica e os desafios inter-religiosos e interculturais».

Antes da partida para Bruxelas, o participante no Simpósio, Fernando Moita, coordenador nacional da Escola católica no Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) considera a iniciativa “muito pertinente numa altura em que a Europa enfrenta uma das suas maiores crises de identidade com o fenómeno Brexit e uma resposta incapaz e ténue ao problema dos migrantes que aqui buscam melhores condições de vida”, refere o site Educris.

A iniciativa pretende “refletir e partilhar práticas de ensino e desafios que a interculturalidade traz hoje ao ensino católico de toda a europa” e a sessão inaugural vai contar com a apresentação da presidente austríaca da CEEC, Cristine Mann que apresenta o tema «O diálogo inter-religioso e intercultural e a sua relação com o ensino da religião nas Escolas católicas Europeias».

Ao longo dos dois dias várias experiências vão ser apresentadas como o caso da Albânia, com o tema, «Diálogo inter-religioso e intercultural na Albânia», ou a Suécia que através de Paddy Maguire apresenta o caso Sueco sob o tema «Uma escola universal – o caso da Suécia».

Francis Campbell traz à análise o tema «A educação católica no espaço público» e Myriam Gesché reflete sobre «A escola católica enquanto laboratório do diálogo intercultural e inter-religioso na Bélgica francófona»

O CEEC representa 35 mil escolas frequentadas por cerca de 8 milhões de estudantes em toda a Europa.

LFS

Pastoral Universitária: Estudantes da «Missão País» reúnem em «Missa de Ação de Graças»
Mar 15 todo o dia

Lisboa, 07 mar 2019 (Ecclesia) – O projeto católico ‘Missão País’ está a organizar Eucaristias para os seus estudantes universitários agradecerem “o Dom de Deus” e o que viveram durante a semana de missão, nas Diocese de Coimbra, Lisboa e Porto.

A primeira Missa está marcada para este domingo, dia 10 março, no Colégio Rainha Santa Isabel, na Diocese de Coimbra, e o programa, das 17h30 às 20h30, prevê a apresentação do Teatro ‘Missão País’.

Na próxima semana, é na igreja de São Domingos, no Patriarcado de Lisboa, que se vão reunir os missionários universitários num programa que inclui “adoração e Missa de ação de Graças”, respetivamente na sexta-feira e sábado, isto é, entre as 18h00, de 15 de março, até às 13h00 do dia seguinte.

A Sé do Porto recebe os seus estudantes para a ‘Missa de Ação de Graças Missão País’ a partir das 17h30 do domingo, dia 17 deste mês.

A ‘Missão País’ é um projeto católico de universitários que tem como objetivo “levar Jesus às Universidades e evangelizar Portugal” através do testemunho da fé, do serviço e da caridade.

‘E se conhecesses o dom de Deus’ foi o lema deste ano que mobilizou 3200 missionários em 55 missões.

As missões de cada faculdade são lideradas por uma equipa de chefes, responsáveis pelo projeto na sua faculdade e pelo grupo de 50 missionários, e ficam três anos em cada localidade.

A iniciativa do Movimento Apostólico de Schoenstatt, com o propósito de “inspirar gerações que vivam a fé Católica em Missão”, começou com 20 jovens missionários universitários em 2003; em 2015 foram 1800 os missionários organizados em 35 missões, realizadas a nível nacional.

Desde a sua criação já se realizaram 154 missões, segundo dados da Comissão Episcopal Laicado e Família, da Conferência Episcopal Portuguesa, de 2017.

CB

 

Portugal: A Missão País tem o poder de deixar um «legado de juventude católica»

Santarém: D. José Traquina orienta retiro de Quaresma
Mar 15_Mar 17 todo o dia

Santarém, 25 fev 2019 (Ecclesia) – O bispo de Santarém, D. José Traquina, vai orientar o retiro anual de Quaresma, de 15 a 17 de março, para as comunidades desta diocese, no Centro Diocesano de Pastoral daquela cidade.

Este retiro anual serve para preparar a “vivência da Quaresma e a celebração dos Mistérios Pascais”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

D.José Traquina (Alcobaça, 21 de janeiro de 1954) foi nomeado bispo de Santarém a 07 de outubro de 2017.

LFS

Quaresma: Bispo de Santarém orienta retiro para todos os diocesanos

Quaresma: E quando o bispo orienta o retiro quaresmal… – Emissão 14-03-2019

Santarém: Diocese «em missão, com Cristo na Cruz» na caminhada da Quaresma

Viana do Castelo: Ação de formação bíblica para professores de EMRC
Mar 15 todo o dia

Viana do Castelo, 14 mar 2019 (Ecclesia) – O Secretariado Diocesano da Educação Cristã (SDEC) de Viana do Castelo organiza, esta sexta-feira, uma ação de formação sobre «Os textos bíblicos no contexto da aula de EMRC».

A iniciativa, que espera “reunir cerca de 50 professores do grupo 290” pretende “ajudar os docentes a integrarem o texto Bíblico na sua prática”, disse ao site Educris Lígia Pereira do SDEC.

A formação inicia-se pelas 09h30 com uma “análise hermenêutica de textos bíblicos em contexto de aula de EMRC” e de tarde os trabalhos são orientados pelo padre Pablo Lima, com uma apresentação das “Últimas 7 palavras de Jesus Cristo” e possibilidade de “interpretação do texto Bíblico aos conteúdos e aprendizagens essenciais da disciplina”.

Para além dos docentes de EMRC, de tarde, juntam-se aos trabalhos “elementos da pastoral diocesana” numa partilha de abordagens hermenêuticas que “permite facilitar a distinção necessária na linguagem entre os diferentes campos da pastoral”, reforça a responsável.

A formação realiza-se no Instituto Católico de Viana do Castelo.

LFS

Açores: «A culpa é de Deus?» – pergunta a Ouvidoria da Horta no primeiro Colóquio Bíblico
Mar 15@20:00_Mar 16@18:00

Angra do Heroísmo, Açores, 14 mar 2019 (Ecclesia) – A Ouvidoria da Horta, na Diocese de Angra, vai promover um Colóquio Bíblico-Teológico sobre o tema ‘A Culpa é de Deus?’, esta sexta-feira e sábado, dias 15 e 16 de março, na ilha do Faial.

“Trata-se de um encontro de reflexão filosófica e teológica aberto a todos os interessados, crentes e não-crentes, acerca do problema moral do Mal, bem como nas situações de violência, terror e sofrimento que atemorizam a humanidade”, informa a organização, divulga o sítio online diocesano ‘Igreja Açores’.

Para o primeiro Colóquio Bíblico-Teológico foram convidados o frade Capuchinho Herculano Alves, Doutorado em Teologia Bíblica, e o padre José Júlio Rocha, Doutorado em Teologia Moral e professor no Seminário Episcopal de Angra.

Os dois sacerdotes vão orientar quatro conferências – O problema do Mal na Sagrada Escritura; Porque Deus permite o Mal?, A resposta de Jesus: O sentido cristão da dor; Deus também sofre -, entre as 10h00 e as 18h00, este sábado, no Centro Pastoral do Carmo.

O encontro, divulga a Diocese de Angra, começa já esta sexta-feira, com o filme ‘Silêncio’, do realizador Martin Scorsese, a partir das 20h00 no Auditório João José da Graça, da Biblioteca Pública e Arquivo Regional da Horta.

O filme inspira-se no romance histórico do japonês Shusaku Endo, que retrata a missão dos jesuítas portugueses no Japão no século XVII, centrado na figura do padre Rodrigues e no seu silêncio.

CB

 

Mar
16
Sáb
Bragança: Santuário de Cerejais recebe encontro interdiocesano de crianças
Mar 16 todo o dia

Bragança, 28 fev 2019 (Ecclesia) – O Santuário do Imaculado Coração de Maria, Cerejais (Alfândega da Fé) vai acolher, dia 16 de março, um encontro interdiocesano de crianças.

A iniciativa naquele santuário da Diocese de Bragança-Miranda é organizada pelo Movimento da Mensagem de Fátima e “prevê um conjunto de ações ao longo do dia”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Após o acolhimento matinal, o padre José António Machado, assistente diocesano do movimento, aborda de “forma dinâmica e interativa o papel dos pequenos mensageiros”, lê-se na nota.

Este encontro pretende “estimular nos mais novos, nos «pequenos mensageiros», tal como os pastorinhos, o gosto pela adoração eucarística”.

LFS

Évora: Dia diocesano do adolescente em Borba
Mar 16 todo o dia

Évora, 15 mar 2019 (Ecclesia) – O dia do adolescente da Diocese de Évora realiza-se na localidade de Borba, dia 16 deste mês, e os participantes vão andar nas aldeias vizinhas em missão.

Depois do acolhimento (09h30) no Pavilhão Gimnodesportivo (entrega de t-shirt), às 10h00 haverá uma celebração na Igreja matriz daquela localidade da Diocese de Évora, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Pelas 11h00 decorre a missão nas aldeias onde o acolhimento será feito pelos católicos de cada aldeia na igreja e decorre um momento de oração e uma breve explicação da aldeia, sublinha a nota.

Nesta missão vai ser distribuída uma pagela com mensagem do arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho e de saquinhos de biscoitos.

Depois os adolescentes voltam novamente a Borba e de tarde realizam-se diversos ateliers de caráter lúdico e cultural.

Pelas 16h00, D. Francisco Senra Coelho faz uma alocução e a atividade encerra com dança flash mob.

LFS

Igreja/Cultura: Início das comemorações centenárias de Frei Agostinho da Cruz
Mar 16 todo o dia

Setúbal, 01 mar 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Setúbal assinala, entre 2019 e 2020, o IV Centenário da morte de Frei Agostinho da Cruz e os 480 anos do seu nascimento, entre março de 2019 e maio de 2020.

As comemorações iniciam-se a 16 de março, com a eucaristia presidida por D. José Ornelas, na Paróquia da Anunciada, (Setúbal), seguindo-se, à noite, o lançamento de uma antologia organizada pelo Comissário das Comemorações, Ruy Ventura, salienta uma nota enviada à Agência ECCLESIA

Este evento terá lugar no auditório da Cúria Diocesana, espaço onde se situava a antiga enfermaria dos frades arrábidos, e onde veio a falecer Frei Agostinho da Cruz.

Figura marcante na literatura no nosso país e também na espiritualidade, “nomeadamente franciscana e arrábida”, a sua memória será lembrada entre este ano e 2020 (480 anos do seu nascimento) num conjunto de iniciativas, promovidas ou apoiadas pela Diocese de Setúbal.

Além desta edição vai realizar-se “um recital de poesia”, no Convento da Arrábida, a 23 de março, com a leitura de poemas de Frei Agostinho da Cruz e de outros autores que espelharam nos seus versos aquele sacro-monte.

No dia 01 de junho realiza-se um colóquio sobre a vida e obra do poeta, em Sintra, localidade onde viveu mais de quarenta anos.

Em janeiro de 2020, D. José Tolentino Mendonça profere, em Setúbal, uma conferência sobre o poeta.

Nascido em Ponte da Barca e falecido em Setúbal, junto à igreja da Anunciada, Agostinho Pimenta – o seu primeiro nome – foi noviço no convento de Santa Cruz, na serra de Sintra, passando a habitar a partir de 1605 numa cela na serra da Arrábida, como eremita.

LFS

 

Igreja/património: Exposição «Tecer a esperança» no Museu de São Roque
Mar 16 todo o dia

Lisboa, 15 mar 2019 (Ecclesia) – Para comemorar os 500 anos da “Igreja dos Italianos” de Lisboa (Igreja do Loreto), a exposição itinerante «Tecer a Esperança» vai estar patente ao público, de 16 de março a 19 de maio deste ano, no Museu de São Roque, em Lisboa.

Esta edição consagrada a Nossa Senhora de Loreto (a quem é dedicada a igreja fundada por mercadores italianos em 1518) é organizada pela Superintendência de Arqueologia, Belas Artes e Paisagem para as províncias de Frosinone, Latina e Rieti (Itália), em colaboração com o Parque Arqueológico do Coliseu (Itália), a Embaixada de Itália em Lisboa, o Instituto Italiano de Cultura de Lisboa e a Santa Casa da Misericórdia, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta exposição tem “vindo a apresentar, desde há cerca de dois anos, algumas criações artístico-artesanais de extraordinária execução destinadas a vestir as imagens de madeira presentes nos altares de várias igrejas italianas”.

“Trata-se de vestes que vão mudando de acordo com o calendário litúrgico e que assumem um aspeto ainda mais rico e magnífico por ocasião de certas datas e festividades, quando as imagens são levadas em procissão pelas ruas das aldeias”, sublinha o comunicado.

O título da exposição «Tecer a Esperança», quase idealmente, evoca a ideia de “tecer”, de “entrelaçar”, e também a de “esperança”, fundindo-as como que numa unidade espiritual e imaterial.

LFS

Pastoral Universitária: Estudantes da «Missão País» reúnem em «Missa de Ação de Graças»
Mar 16 todo o dia

Lisboa, 07 mar 2019 (Ecclesia) – O projeto católico ‘Missão País’ está a organizar Eucaristias para os seus estudantes universitários agradecerem “o Dom de Deus” e o que viveram durante a semana de missão, nas Diocese de Coimbra, Lisboa e Porto.

A primeira Missa está marcada para este domingo, dia 10 março, no Colégio Rainha Santa Isabel, na Diocese de Coimbra, e o programa, das 17h30 às 20h30, prevê a apresentação do Teatro ‘Missão País’.

Na próxima semana, é na igreja de São Domingos, no Patriarcado de Lisboa, que se vão reunir os missionários universitários num programa que inclui “adoração e Missa de ação de Graças”, respetivamente na sexta-feira e sábado, isto é, entre as 18h00, de 15 de março, até às 13h00 do dia seguinte.

A Sé do Porto recebe os seus estudantes para a ‘Missa de Ação de Graças Missão País’ a partir das 17h30 do domingo, dia 17 deste mês.

A ‘Missão País’ é um projeto católico de universitários que tem como objetivo “levar Jesus às Universidades e evangelizar Portugal” através do testemunho da fé, do serviço e da caridade.

‘E se conhecesses o dom de Deus’ foi o lema deste ano que mobilizou 3200 missionários em 55 missões.

As missões de cada faculdade são lideradas por uma equipa de chefes, responsáveis pelo projeto na sua faculdade e pelo grupo de 50 missionários, e ficam três anos em cada localidade.

A iniciativa do Movimento Apostólico de Schoenstatt, com o propósito de “inspirar gerações que vivam a fé Católica em Missão”, começou com 20 jovens missionários universitários em 2003; em 2015 foram 1800 os missionários organizados em 35 missões, realizadas a nível nacional.

Desde a sua criação já se realizaram 154 missões, segundo dados da Comissão Episcopal Laicado e Família, da Conferência Episcopal Portuguesa, de 2017.

CB

 

Portugal: A Missão País tem o poder de deixar um «legado de juventude católica»

Portalegre: Assembleia sobre o desafio da proximidade nas comunidades cristãs
Mar 16 todo o dia

Mação, 12 mar 2019 (Ecclesia) – O Secretariado da Pastoral Social e Mobilidade Humana da Diocese de Portalegre-Castelo Branco vai realizar, dia 16 deste mês, no auditório Elvino Pereira (Mação), uma assembleia sobre «Comunidades cristãs e ação social: o desafio aa proximidade».

Com este tema, o secretariado propõe uma reflexão sobre uma preocupação generalizada: o modelo de paróquia que temos; o lugar do acolhimento; o verdadeiro sentido de comunidade cristã; a participação e a corresponsabilidade dos leigos e o lugar da caridade organizada, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

«Novos horizontes da realidade paroquial» pelo padre Tiago Freitas (Arquidiocese de Braga) e «A ação social como proximidade: polo identitário das comunidades cristãs» por Juan Ambrósio (professor de Teologia na Universidade Católica Portuguesa) são os temas das conferências.

O encerramento dos trabalhos (às 16h30) é feito por D. Antonino Dias, bispo de Portalegre-Castelo Branco.

LFS

Aveiro: D. António Azevedo participa na formação para animadores de grupos de jovens
Mar 16@9:30_16:30

Aveiro, 13 mar 2019 (Ecclesia) – O Departamento da Pastoral Juvenil de Aveiro vai promover um dia de formação para animadores de grupos de jovens, com a participação do presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios, dia 16 de março, no seminário diocesano.

Segundo o programa divulgado do ‘Formar-te’, D. António Augusto Azevedo, bispo-auxiliar do Porto, vai dinamizar o wokshop sobre “acompanhamento”, a partir das 14h00, deste sábado, no Seminário de Aveiro.

“Ninguém melhor nos poderia dar ferramentas para este tema, contamos com algumas dicas práticas para o animador proporcionar esse acompanhamento aos jovens. Esperamos mesmo um workshop prático”, disse Sara Amaral, da equipa de formação do Departamento da Pastoral Juvenil de Aveiro, em declarações à Agência ECCLESIA.

D. António Augusto Azevedo, presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios da Igreja Católica em Portugal, participou no Sínodo dos Bispos dedicado à juventude, sobre ‘os jovens, a fé e o discernimento vocacional’, em outubro de 2018, no Vaticano.

O dia de formação para animadores de grupos de jovens de Aveiro, entre as 09h30 e as 16h00 do próximo dia 16, começa com o testemunho de “encontro com” por Emanuel Dias, estudante do Mestrado Integrado em Psicologia, e é da Diocese do Porto.

Ainda da parte da manhã, no encontro ‘Formar-te’ do Departamento da Pastoral Juvenil os participantes vão ouvir a cantora Claudine Pinheiro partilhar a “experiência pessoal com Deus”, a partir das 11h45, para depois “poderem proporcionar esse encontro aos jovens”.

Sara Amaral que também acompanha jovens salienta que o próprio animador “precisa de silêncio, de encontro com Deus”.

SN/CB

Quaresma: Um dia de formação para animadores de jovens – Emissão 12-03-2019

Igreja tem de valorizar os jovens para evitar que Sínodo seja «oportunidade perdida»

[Notícia atualizada às 12:46 de 14 março]

Guarda: Abrir horizontes novos no dia das famílias
Mar 16@9:30_15:30

Guarda, 13 mar 2019 (Ecclesia) – Em plena Quaresma, a diocese da Guarda celebra, dia 16 deste mês, no seminário daquela cidade, a jornada diocesana da família.

Com início às 09h30 e encerramento às 15h30, esta atividade vai ter como orador o padre Duarte da Cunha, sacerdote do Patriarcado de Lisboa, que terminou recentemente as funções de Secretário-Geral do Conselho das Conferências Episcopais da Europa, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O orador é autor de vários trabalhos relacionados com a família, e em 2015 publicou a obra «Só o amor gera a vida. Pessoa, família e sociedade».

Uma oportunidade para o Secretariado Diocesano da Família juntamente com os outros serviços diocesanos voltadas também para ela, como são o CPM e as Equipas de Nossa Senhora, poderem por um lado “abrir horizontes novos e por outro partilhar entre si preocupações e definir formas de colaboração adaptadas aos tempos que estamos a viver”, escreveu D. Manuel Felício, bispo da Guarda.

LFS