Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Dez
6
Sex
Igreja/Natal: Exposição «Presépios do mundo – O imaginário Sul-Americano»
Dez 6@17:00

Sardoal, 28 nov 2019 (Ecclesia) – A Câmara Municipal do Sardoal promove a exposição «Presépios do mundo – O imaginário Sul-Americano» que vai ser inaugurada, às 17h00, do dia 06 de dezembro.

Após a concentração, às 17h00, no edifício da câmara municipal, os participantes podem visualizar os presépios nas capelas daquela vila da Diocese de Portalegre – Castelo Branco, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A mostra «Presépios do mundo – O imaginário Sul-Americano» vai estar patente, até 11 de janeiro, no Centro Cultural Gil Vicente (Sardoal) e fazem parte da coleção Rui Sequeira.

LFS

Dez
8
Dom
Igreja/Natal: Exposição de presépios «Encontrareis um Menino» no Crato
Dez 8 todo o dia

Crato, 03 dez 2019 (Ecclesia) – A Casa Museu Padre Belo no Crato (Diocese de Portalegre – Castelo Branco) vai ter exposto, de 08 de dezembro a 06 de janeiro de 2020, a exposição de presépios «Encontrareis um Menino».

Naquele espaço, de terça-feira a domingo, vão estar patentes presépios das coleções Padre Belo e Rui Sequeira, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta iniciativa é promovida pela Santa Casa da Misericórdia do Crato e pela Comissão de Gestão do Património Religioso da Diocese de Portalegre – Castelo Branco.

LFS

Jan
6
Seg
Igreja/Natal: Mostra de presépios e meninos Jesus, em Alcains
Jan 6 todo o dia

Alcains, 02 dez 2019 (Ecclesia) – O Museu do Canteiro em Alcains (Diocese de Portalegre – Castelo Branco) tem patente ao público, até 06 de janeiro de 2020, uma mostra de presépios e meninos Jesus.

«É Natal, nasceu o Deus Menino» é o mote desta exposição, inaugurada a 23 de novembro, que assinala a época natalícia e conta este ano com “um valioso espólio cultural e religioso” da diocese, nomeadamente das 10 paróquias do Arciprestado de Castelo Branco, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A exposição integra “22 imagens de Jesus Menino e algumas vestes e adereços religiosos”, datados na sua maioria dos séculos XIX e XX.

Além das diversas imagens do Menino Jesus, também estão de volta os presépios mais recentes da coleção inacabada do obstetra Francisco Elias que, desde 2006 surpreende a cada ano.

Entre os que compra e os que recebe, contam-se peças do artesanato tradicional ao contemporâneo, de Portugal, mas também das mais variadas partes do mundo.

LFS